STF dei­xa em aber­to si­tu­a­ção de apo­sen­ta­dos que mu­da­ram pen­são

Correio da Bahia - - Economia -

DE­SA­PO­SEN­TA­ÇÃO O Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) pre­fe­riu dei­xar em aber­to a si­tu­a­ção dos apo­sen­ta­dos que já ob­ti­ve­ram pensões mai­o­res na Jus­ti­ça com ba­se no re­cál­cu­lo fei­to a par­tir das con­tri­bui­ções do pe­río­do em que con­ti­nu­a­ram tra­ba­lhan­do. Com is­so, quem tem ações con­ti­nua sem sa­ber se te­rá ou não de de­vol­ver o va­lor re­ce­bi­do a mais com a de­sa­po­sen­ta­do­ria. Na quar­ta-fei­ra, a mai­o­ria dos mi­nis­tros bar­rou a pos­si­bi­li­da­de de um apo­sen­ta­do que con­ti­nua tra­ba­lhan­do re­que­rer uma apo­sen­ta­do­ria me­lhor. On­tem, a pre­si­den­te do STF, mi­nis­tra Cár­men Lú­cia, dis­se que as dú­vi­das que sur­gi­rem po­de­rão ser es­cla­re­ci­das por meio da apre­sen­ta­ção de em­bar­gos de de­cla­ra­ção, que são re­cur­sos pa­ra es­cla­re­ci­men­to de al­gum pon­to da de­ci­são con­si­de­ra­do con­tra­di­tó­rio, omis­so ou du­vi­do­so. Pa­ra que o re­cur­so se­ja apre­sen­ta­do, é ne­ces­sá­rio que a de­ci­são do jul­ga­men­to (acor­dão) se­ja pu­bli­ca­da no Diá­rio da Jus­ti­ça, o que de­ve ocor­rer em até 60 di­as. Os mi­nis­tros do STF fi­xa­ram on­tem a te­se do jul­ga­men­to da de­sa­po­sen­ta­ção, que é uma es­pé­cie de re­su­mo do en­ten­di­men­to so­bre o te­ma. Mas não abor­da­ram a ques­tão dos apo­sen­ta­dos que con­se­gui­ram be­ne­fí­cio me­lhor por meio de li­mi­na­res ou tran­si­ta­das em jul­ga­do (sem pos­si­bi­li­da­de de re­cur­sos) ou ain­da da­que­las que es­tão em tra­mi­ta­ção. Pa­ra o mi­nis­tro Ri­car­do Lewan­dows­ki, que vo­tou a fa­vor da de­sa­po­sen­ta­ção, hou­ve “per­ple­xi­da­de” com o re­sul­ta­do do jul­ga­men­to por par­te de quem já te­ve o be­ne­fí­cio ga­ran­ti­do por de­ci­sões ju­di­ci­ais. Se­gun­do Cár­men Lú­cia, o INSS não vai to­mar ne­nhu­ma ati­tu­de sem o co­nhe­ci­men­to do tri­bu­nal. A ad­vo­ga­da-ge­ral da União, Gra­ce Men­don­ça, dis­se que o go­ver­no ava­lia pe­dir a de­vo­lu­ção do di­nhei­ro re­ce­bi­do a mais por quem te­ve a apo­sen­ta­do­ria re­cal­cu­la­da.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.