Bra­sil per­deu 2,2 mi­lhões de va­gas em 12 me­ses

Correio da Bahia - - Economia -

PNAD O mer­ca­do de tra­ba­lho vol­tou a pi­o­rar no ter­cei­ro tri­mes­tre do ano. Em re­la­ção ao se­gun­do tri­mes­tre, 963 mil pes­so­as per­de­ram seus em­pre­gos, ele­van­do pa­ra 12 mi­lhões o nú­me­ro de de­sem­pre­ga­dos. Na aná­li­se mais de­ta­lha­da, iden­ti­fi­ca-se que fo­ram ex­tin­tos 2,255 mi­lhões de pos­tos no pe­río­do de um ano, o pi­or re­sul­ta­do da sé­rie den­tro da Pes­qui­sa Na­ci­o­nal por Amos­tra de Do­mi­cí­li­os Con­tí­nua (Pnad Con­tí­nua), do Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca (IBGE), ini­ci­a­da em 2012. A ta­xa de de­sem­pre­go no Bra­sil man­te­ve-se em 11,8%, tam­bém o mai­or pa­ta­mar re­gis­tra­do. Pa­ra os ana­lis­tas, o fun­do do po­ço po­de ain­da es­tar lon­ge. “A in­dús­tria já de­via es­tar li­gan­do as tur­bi­nas pa­ra aten­der às de­man­das do fim do ano. Is­so não acon­te­ceu”, dis­se Ci­mar Aze­re­do, co­or­de­na­dor de Tra­ba­lho e Rendimento do IBGE. So­men­te a in­dús­tria fe­chou 1,301 mi­lhão de pos­tos de tra­ba­lho no pe­río­do de um ano. Hou­ve de­mis­são de fun­ci­o­ná­ri­os mes­mo na com­pa­ra­ção com o se­gun­do tri­mes­tre de 2016: fo­ram 84 mil va­gas cor­ta­das, que­da de 0,7% no to­tal de ocu­pa­dos na ati­vi­da­de. O re­sul­ta­do con­tra­ria uma ten­dên­cia sa­zo­nal de ge­ra­ção de pos­tos de tra­ba­lho nes­sa épo­ca do ano e po­de­ria ter si­do ain­da mais gra­ve não fos­se a de­sis­tên­cia de um nú­me­ro ex­pres­si­vo de pes­so­as em in­te­grar a for­ça de tra­ba­lho. A po­pu­la­ção ina­ti­va tam­bém re­gis­trou re­cor­de com a quan­ti­da­de de 64,642 mi­lhões.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.