Trans­por­te es­co­lar ganha no­vas re­gras

Correio da Bahia - - Mais - Cla­ris­sa Pa­che­co cla­ris­sa.pa­che­co@re­de­bahia.com.br

A par­tir de ago­ra, quem qui­ser tra­ba­lhar com trans­por­te es­co­lar em Sal­va­dor te­rá que se ca­das­trar na Se­cre­ta­ria Mu­ni­ci­pal da Mobilidade (Se­mob). O pre­fei­to ACM Ne­to (DEM) as­si­nou on­tem o de­cre­to mu­ni­ci­pal que re­gu­la­men­ta a ati­vi­da­de e de­ter­mi­na nor­mas pa­ra o fun­ci­o­na­men­to do ser­vi­ço. As re­gras pas­sam a va­ler ime­di­a­ta­men­te.

Atu­al­men­te, mais de mil mo­to­ris­tas são cre­den­ci­a­dos pe­la pre­fei­tu­ra pa­ra trans­por­tar es­tu­dan­tes em Sal­va­dor. Ape­sar da obri­ga­to­ri­e­da­de da re­gu­la­ri­za­ção, não ha­ve­rá um li­mi­te de veí­cu­los ca­das­tra­dos pa­ra ofe­re­cer o ser­vi­ço.

“O li­mi­te é aten­der aos re­qui­si­tos que são exi­gi­dos pe­lo re­gu­la­men­to de se­gu­ran­ça dos veí­cu­los e dos con­du­to­res”, dis­se o se­cre­tá­rio mu­ni­ci­pal de Mobilidade, Fá­bio Mo­ta. Sem um re­gu­la­men­to pró­prio, os trans­por­ta­do­res es­co­la­res se­gui­am, por ana­lo­gia, o re­gu­la­men­to dos ta­xis­tas.

Com as no­vas re­gras, eles te­rão que aten­der a uma pa­dro­ni­za­ção no veí­cu­lo, cir­cu­lar com equi­pa­men­tos de GPS e fa­zer du­as vis­to­ri­as anu­ais no veí­cu­lo, ca­da uma cus­ta R$ 47. “As es­pe­ci­fi­ca­ções es­ta­rão no re­gu­la­men­to, que se­rá pu­bli­ca­do no Diá­rio Ofi­ci­al”, dis­se Mo­ta.

A pre­fei­tu­ra tam­bém irá ve­ri­fi­car o cer­ti­fi­ca­do de an­te­ce­den­tes cri­mi­nais do mo­to­ris­ta e de even­tu­ais au­xi­li­a­res e exi­gi­rá ates­ta­do mé­di­co que com­pro­ve con­di­ções fí­si­cas e men­tais pa­ra con­du­zir o veí­cu­lo.

O pre­fei­to ACM Ne­to des­ta­cou que, pe­la pri­mei­ra vez, Sal­va­dor vai ter a re­gu­la­men­ta­ção do trans­por­te es­co­lar.

Car­ros te­rão equi­pa­men­tos de GPS e se­rão pa­dro­ni­za­dos

SE­GU­RAN­ÇA

“Uma re­gu­la­men­ta­ção que, aci­ma de tu­do, vem pa­ra tra­zer se­gu­ran­ça pa­ra as cri­an­ças que são trans­por­ta­das di­a­ri­a­men­te em nos­sa ci­da­de”, dis­se.

Ele in­for­mou ain­da que, a par­tir de ago­ra, os con­du­to­res vão ser fis­ca­li­za­dos. “Va­mos acom­pa­nhar o his­tó­ri­co de ca­da con­du­tor pa­ra sa­ber, por exem­plo, se ele não tem an­te­ce­den­tes cri­mi­nais, se ele es­tá com a sua ha­bi­li­ta­ção em dia e po­de, por­tan­to, con­du­zir”.

Os veí­cu­los ca­das­tra­dos te­rão va­ga es­pe­ci­al pa­ra es­ta­ci­o­nar pró­xi­mo às es­co­las – de­man­da da ca­te­go­ria – e, em ca­so de trans­por­te de cri­an­ças me­no­res de 7 anos, se­rá ne­ces­sá­ria a pre­sen­ça de um mo­ni­tor com ida­de igual ou su­pe­ri­or a 18 anos.

“Do pú­bli­co, a prin­ci­pal de­man­da era a se­gu­ran­ça de sa-

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.