Rio anun­cia al­ta de im­pos­tos e cor­te de des­pe­sas

Correio da Bahia - - Brasil -

GO­VER­NO Em es­ta­do de ca­la­mi­da­de pú­bli­ca, o go­ver­no do Rio de Ja­nei­ro anun­ci­ou, on­tem, uma sé­rie de me­di­das pa­ra ten­tar atin­gir o equi­lí­brio fis­cal. Ca­so se­jam apro­va­das, as me­di­das vão ge­rar um resultado po­si­ti­vo de R$ 13,3 bi­lhões em 2017 e R$ 14,6 bi­lhões em 2018, um to­tal de R$ 27,9 bi­lhões. Sem as me­di­das, o dé­fi­cit do es­ta­do atin­gi­rá R$ 52 bi­lhões até de­zem­bro de 2018. O go­ver­no en­vi­ou on­tem 22 pro­je­tos de lei à As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va (Alerj) com o pa­co­te de me­di­das a se­rem apro­va­das. No cam­po pre­vi­den­ciá­rio vão ge­rar um in­cre­men­to de R$ 5,5 bi­lhões em 2017 e R$ 8,3 bi­lhões em 2018. O es­ta­do pro­põe a cri­a­ção de uma alí­quo­ta pre­vi­den­ciá­ria tem­po­rá­ria, que se­rá apli­ca­da por pe­lo me­nos 16 me­ses, se apro­va­da. Ela va­le­rá pa­ra ati­vos, ina­ti­vos e pen­si­o­nis­tas. Es­ses dois úl­ti­mos, ho­je isen­tos, pas­sa­rão a pa­gar alí­quo­ta de 30%. Os ser­vi­do­res ati­vos te­rão sua alí­quo­ta ma­jo­ra­da de 11% pa­ra 14% e pa­ga­rão co­mo alí­quo­ta ex­tra­or­di­ná­ria 16%. O go­ver­na­dor Luiz Fer­nan­do Pe­zão anun­ci­ou uma re­du­ção do nú­me­ro de se­cre­ta­ri­as de 20 pa­ra 12. O go­ver­no cor­ta­rá em 30% o to­tal de car­gos em co­mis­são e 50% das gra­ti­fi­ca­ções pa­gas. Tam­bém fa­zem par­te das me­di­das de aus­te­ri­da­de o fim dos pro­gra­mas so­ci­ais Alu­guel So­ci­al, Ren­da Me­lhor e Ren­da Me­lhor Jo­vem. O go­ver­no tam­bém es­tá pro­pon­do au­men­to de alí­quo­tas do Im­pos­to so­bre a Cir­cu­la­ção de Mer­ca­do­ri­as (ICMS) e a me­lho­ria em pro­ces­sos da Re­cei­ta es­ta­du­al. A lis­ta de au­men­tos in­clui ener­gia elétrica, ser­vi­ços de co­mu­ni­ca­ção, ga­so­li­na, fu­mo, cer­ve­jas e re­fri­ge­ran­tes. A ex­pec­ta­ti­va é de um au­men­to de R$ 1,4 bi­lhão.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.