Em­pre­sas apos­tam no so­ci­al co­mo di­fe­ren­ci­al com­pe­ti­ti­vo

Correio da Bahia - - Mais -

Pa­ra se trans­for­mar em uma em­pre­sa que tra­ba­lha pa­ra um mun­do me­lhor, reú­na uma ideia ori­gi­nal, ob­je­ti­vos cla­ros e par­cei­ros, mui­tos par­cei­ros. Es­sa foi a tô­ni­ca do pai­nel “Em­pre­sas B: co­mo ser uma em­pre­sa me­lhor pa­ra o mun­do”, par­te da pro­gra­ma­ção do Agen­da Bahia. A ati­vi­da­de con­tou com bai­a­nos que es­tão fa­zen­do a di­fe­ren­ça em um ba­te-pa­po me­di­a­do pe­lo pre­si­den­te do Sis­te­ma B, Mar­cel Fu­kaya­ma.

O só­cio da mar­ca Eu­za­ria, Zé Pi­men­ta, de­fen­deu o ca­pi­ta­lis­mo cons­ci­en­te. “A gen­te per­ce­be que as pes­so­as não que­rem só sair da cri­se, que­rem tam­bém tra­ba­lhar na­qui­lo que acre­di­tam”, afir­mou. Já a em­pre­en­de­do­ra Ca­mi­la Go­di­nho é oti­mis­ta em re­la­ção à mu­dan­ça do per­fil so­ci­al das em­pre­sas. Ela es­tá à fren­te da Ser, uma in­cu­ba­do­ra de em­pre­sas so­ci­al­men­te res­pon­sá­veis. “O mais vá­li­do é per­ce­ber co­mo es­se é um mo­vi­men­to sem vol­ta. É um di­fe­ren­ci­al com­pe­ti­ti­vo e o con­su­mi­dor es­tá ca­da vez mais cons­ci­en­te”.

As­sim co­mo a em­pre­sa de Ca­mi­la, a Ze­bu Mí­di­as Sus­ten­tá­veis foi ou­tra em­pre­sa cer­ti­fi­ca­da pe­lo Sis­te­ma B no pai­nel. A Ze­bu tem co­mo só­cio um bai­a­no ra­di­ca­do no Rio de Ja­nei­ro, Amon Pin­to. Ele exem­pli­fi­cou co­mo pen­sar nos de­ta­lhes aju­da a se tor­nar uma em­pre­sa me­lhor. A Ze­bu con­fec­ci­o­na um car­tão de vi­si­ta bi­o­de­gra­dá­vel pro­du­zi­do com bam­bu e tin­ta tér­mi­ca que vi­ra adu­bo. Qu­em tam­bém exem­pli­fi­cou a pos­si­bi­li­da­de de ações sus­ten­tá­veis foi Adri­a­no Meyer, do Gru­po Au­ran­ti­a­ca, que tem en­tre su­as mar­cas a água de co­co Obri­ga­do!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.