Dis­pu­ta vo­to a vo­to nos EUA

Correio da Bahia - - Mais - Da Re­da­ção re­da­cao@cor­rei­o24ho­ras.com.br

Trump e Hil­lary os­ci­lam du­ran­te apu­ra­ção de elei­ção aper­ta­da

Du­ran­te to­da a cam­pa­nha, as elei­ções nos Es­ta­dos Uni­dos nun­ca es­ti­ve­ram de­fi­ni­das. A de­mo­cra­ta Hil­lary Clin­ton e o re­pu­bli­ca­no Do­nald Trump sem­pre se­gui­ram la­do a la­do nas pes­qui­sas, nu­ma de­mons­tra­ção de que o plei­to se­ria dis­pu­ta­do vo­to a vo­to.

Du­ran­te as apu­ra­ções, o ce­ná­rio não mu­dou. Em­bo­ra pes­qui­sas de bo­ca de ur­na si­na­li­zas­sem pa­ra uma vi­tó­ria da de­mo­cra­ta, os elei­to­res fi­ca­ram com o co­ra­ção aper­ta­do du­ran­te to­da a con­ta­gem de vo­tos. Até o fe­cha­men­to des­ta edi­ção, às 23h, o re­sul­ta­do ain­da não ti­nha si­do de­fi­ni­do.

A apu­ra­ção co­me­çou com Trump na van­ta­gem. Di­fe­ren­te do Bra­sil, nos Es­ta­dos Uni­dos o que ele­ge o pre­si­den­te não é o vo­lu­me de vo­tos po­pu­la­res, mas sim o nú­me­ro de de­le­ga­dos que ele con­quis­ta pa­ra o co­lé­gio elei­to­ral. E es­se nú­me­ro de de­le­ga­dos de­pen­de da re­pre­sen­ta­ti­vi­da­de, do pe­so que tem ca­da es­ta­do em que o can­di­da­to for o mais vo­ta­do pe­los elei­to­res. Pa­ra ga­nhar o plei­to, é ne­ces­sá­rio con­quis­tar 270 vo­tos dos de­le­ga­dos.

En­quan­to Trump ini­ci­ou a con­ta­gem ga­ran­tin­do o vo­to de 24 de­le­ga­dos, Hil­lary ti­nha ape­nas 3. Lo­go de­pois, a de­mo­cra­ta abriu uma van­ta­gem de 11 vo­tos con­tra o con­cor­ren­te. Ela pas­sou a con­ta­bi­li­zar o vo­to de 44 de­le­ga­dos, en­quan­to ele ti­nha 31. Mi­nu­tos de­pois o jo­go vi­rou mais uma vez e Trump vol­tou à li­de­ran­ça, com o vo­to de 51 de­le­ga­dos, con­tra 44 de Hil­lary. Pa­ra de­cep­ção dos elei­to­res da de­mo­cra­ta, a par­ci­al se­guin­te não trou­xe re­sul­ta­dos ani­ma­do­res. Em vez de Hil­lary se apro­xi­mar do con­cor­ren­te ou abrir uma van­ta­gem com re­la­ção a ele, Trump con­ti­nu­ou cres­cen­do.

Com a aber­tu­ra de no­vas ur­nas, o ce­ná­rio foi vol­tan­do a fi­car a fa­vor de Hil­lary. Por vol­ta das 22h30, ela ti­nha 58 vo­tos e ele 48. A de­mo­cra­ta saiu na fren­te em Ver­mont (3), Mas­sa­chus­sets (11), Rho­de Is­land (4), No­va Jer­sey (14), Mary­land (10), Dis­tri­to de Co­lúm­bia (3), De­lawa­re (3), Il­li­nois (20). Já Trump ven­ceu em Ten­nes­see (11), Mis­sis­sip­pi (6), Oklaho­ma (7), Vir­gí­nia Oci­den­tal (5), In­di­a­na (11) e Ke­tucky (8).

Hil­lary acom­pa­nha­va o re­sul­ta­do no Cen­tro de Con­ven­ções Ja­cob K. Ja­vits, per­to do Rio Hud­son, en­quan­to Trump es­co­lheu o Ho­tel Hil­ton, em Ma­nhat­tan, pa­ra acom­pa­nhar a apu­ra­ção.

A to­ta­li­za­ção dos vo­tos co­me­çou pe­la cos­ta les­te, que es­tá três ho­ras atrás do ho­rá­rio de Brasília, e se­guiu ca­mi­nhan­do pa­ra o oes­te até que Hil­lary ou Trump con­si­ga 270 vo­tos no co­lé­gio elei­to­ral, o nú­me­ro má­gi­co pa­ra ocu­par a ca­dei­ra da Ca­sa Bran­ca.

On­tem, a cam­pa­nha de Trump abriu um pro­ces­so con­tra au­to­ri­da­des do con­da­do de Clark, em Ne­va­da, por ter dei­xa­do as ur­nas aber­tas du­as ho­ras além do tem­po pre­vis­to.

ANTECIPAÇÃO

Ao me­nos 46,27 mi­lhões de ame­ri­ca­nos vo­ta­ram an­te­ci­pa­da­men­te na elei­ção pa­ra pre­si­den­te, um re­cor­de nos Es­ta­dos Uni­dos, se­gun­do con­ta­gem da agên­cia de no­tí­ci­as As­so­ci­a­ted Press.

O nú­me­ro de vo­tos an­te­ci­pa­dos po­de che­gar a 50 mi­lhões e re­pre­sen­tar até 40% do elei­to­ra­do. Nú­me­ros re­cor­des de vo­ta­ção an­te­ci­pa­da fo­ram re­gis­tra­dos em 28 Es­ta­dos e no Dis­tri­to de Co­lum­bia (se­de da ca­pi­tal, Washing­ton). A le­gis­la­ção elei­to­ral dos EUA per­mi­te que o vo­to se­ja an­te­ci­pa­do em lo­cais de vo­ta­ção ou por cor­reio. A me­di­da é uma for­ma de fa­ci­li­tar a par­ti­ci­pa­ção, o que é im­por­tan­te em um país on­de o vo­to não é obri­ga­tó­rio. Na elei­ção de 2012, fo­ram re­gis­tra­dos 46,22 mi­lhões de vo­tos an­te­ci­pa­dos (35% do elei­to­ra­do).

A Ca­ro­li­na do Nor­te de­ve adi­ar a co­me­mo­ra­ção de de­mo­cra­tas ou re­pu­bli­ca­nos por mais tem­po. Is­so por­que o con­da­do de Durham, on­de Ba­rack Oba­ma te­ve seu me­lhor de­sem­pe­nho (76% dos vo­tos) em 2012, pe­diu que a vo­ta­ção fos­se es­ten­di­da por mais uma ho­ra e meia, até as 21h (meia-noi­te em Brasília) por cau­sa de pro­ble­mas com o sis­te­ma ele­trô­ni­co de iden­ti­fi­ca­ção dos elei­to­res.

Hil­lary dei­xa seu lo­cal de vo­ta­ção, em No­va York, com o ma­ri­do Bill

Do­nald Trump tam­bém vo­ta em es­co­la de No­va York, com a fa­mí­lia

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.