De ma­las pron­tas

Correio da Bahia - - Vida -

Eu já vi­nha fa­zen­do mú­si­ca pa­ra a The Finds em co­que­téis, e sem­pre in­cor­po­ra­va uma coi­sa di­fe­ren­te, co­mo Jus­tin Bi­e­ber e Mi­cha­el Jackson em sam­ba-reg­gae. Elas (Ca­ro­li­na e Lys) me cha­ma­ram pa­ra uma reu­nião e fa­la­ram que que­ri­am uma tri­lha pa­ra a lo­ja. E que se­ria em vi­nil. Eu fi­quei: “hã? Dei­xa eu me sen­tar” (ri­sos). Foi no vi­nil e na fi­ta cas­se­te que eu co­me­cei. Per­gun­tei o que elas que­ri­am, co­mo que­ri­am. Fa­zer um dis­co com no­mes con­cei­tu­a­dos é mui­to di­fí­cil. Di­re­ci­o­nei en­tão pa­ra o Bahia Bass. Acho que é a pri­mei­ra co­le­tâ­nea em vi­nil fei­ta em par­ce­ria pa­ra uma lo­ja do Bra­sil.

Eu cha­mei uma ga­le­ra e pe­di tri­lhas au­to­rais. Mas di­re­ci­o­na­do pa­ra uma lo­ja feminina, jo­vem, co­lo­ri­da, tro­pi­cal. Não po­dia ser mú­si­ca de pis­ta. Fa­lei que ti­ves­se uma li­nha no cli­ma sun­set, tro­pi­cal, bei­ra-mar, e fui se­le­ci­o­nan­do. Al­guns par­cei­ros fi­ze­ram do zero. Acho que é por­que, ho­je, não sou só mais um DJ. Te­nho uma vi­são aber­ta, sem­pre pen­so o que não an­do to­can­do e acres­cen­to. Fa­ço mis­tu­ras. Sin­to o que a pis­ta pe­de, tem que ha­ver um fe­e­ling. A mes­ma ba­ti­da do co­me­ço ao fim fi­ca cha­ta. O DJ tem que pen­sar pa­ra fren­te, ser vi­si­o­ná­rio. Gos­ta de flash­back? Ok, mas va­mos dar uma ca­ra no­va. Eu já fui até cha­ma­do de ma­lu­co pe­las mi­nhas mis­tu­ras. Mas é um ris­co que eu cor­ro. Se não for as­sim, não me re­a­li­zo. O ca­ra quer a re­a­ção do pú­bli­co, a re­a­li­za­ção de fa­lar que ele é mas­sa. E que­ro co­lo­car coi­sas bra­si­lei­ras, va­lo­ri­zar nos­so país. Se não nos va­lo­ri­zar­mos, quem vai? Par­ti­ci­pei de fes­ti­vais im­por­tan­tes. Al­guns de mú­si­ca ele­trô­ni­ca de Be­lo Ho­ri­zon­te; o Fes­ti­val San­gue No­vo, na Bahia; No­vas Frequên­ci­as e In­va­são Bai­a­na, no Rio; o Satélite 061, em Bra­sí­lia. E, re­cen­te­men­te, fui di­re­tor mu­si­cal da Olim­pía­da 2016 na Are­na Fon­te No­va. Fi­quei res­pon­sá­vel pe­la so­no­plas­tia e par­te da mú­si­ca dos jo­gos de fu­te­bol do es­tá­dio du­ran­te o even­to.

de­sem­bar­ca ho­je na Ci­da­de do Mé­xi­co. O can­tor es­ta­rá por lá pa­ra a elei­ção da no­va di­re­to­ria da Al­cam - a Ali­an­ça La­ti­no-Ame­ri­ca­na de Au­to­res e Com­po­si­to­res de Mú­si­ca. Um dos di­re­to­res da União Bra­si­lei­ra de Com­po­si­to­res (UBC), ele se­gue no lu­gar até o dia 15, par­ti­ci­pan­do de pa­les­tras e de­ba­tes.

Man­no Góes: de­ba­tes, pa­les­tra e elei­ção da Al­cam, na Ci­da­de do Mé­xi­co

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.