Mais va­gas

Correio da Bahia - - Front Page - CLARISSA PACHECO

Com ape­nas 2 anos, Le­an­dra Pra­tes se pre­pa­ra­va, há dois me­ses, pa­ra uma es­pe­ra lon­ga e do­lo­ro­sa. Com uma hér­nia um­bi­li­cal, te­ria que aguar­dar até agos­to de 2017 pe­la ci­rur­gia no Hos­pi­tal Mar­ta­gão Ges­tei­ra, es­pe­ci­a­li­za­do no aten­di­men­to in­fan­til. Mas a es­pe­ra che­gou ao fim . A me­ni­na foi uma das pri­mei­ras pa­ci­en­tes ope­ra­das no ane­xo da ins­ti­tui­ção, inau­gu­ra­do on­tem, no bair­ro de Ro­ma.

A no­va uni­da­de, que fun­ci­o­na co­mo Hos­pi­tal Dia, te­rá ca­pa­ci­da­de pa­ra re­a­li­zar 300 ci­rur­gi­as por mês e re­ce­ber 14 pa­ci­en­tes por dia. Inau­gu­ra­da pe­la Liga Ál­va­ro Bahia em par­ce­ria com a pre­fei­tu­ra de Sal­va­dor, a uni­da­de cus­ta­rá R$ 215 mil por mês à pre­fei­tu­ra, so­man­do R$ 2,6 mi­lhões por mês pa­ra to­do o Mar­ta­gão – por ano, o mu­ni­cí­pio já pos­sui um con­tra­to de R$ 31 mi­lhões com o hos­pi­tal.

“Ti­ve­mos a dá­di­va de ter es­se ane­xo. Se­ri­am no­ve me­ses de es­pe­ra e eu con­se­gui mar­car com me­nos de dois me­ses”, dis­se a avó de Le­an­dra, Ro­sa­na Ma­ci­el. Se­gun­do o pre­si­den­te da Liga Ál­va­ro Bahia, Car­los Ema­nu­el Me­lo, a uni­da­de re­duz a “com­pe­ti­ção” das ci­rur­gi­as mais sim­ples com as mais com­pli­ca­das.

“Ela vem pa­ra de­sa­fo­gar uma fi­la de es­pe­ra pa­ra ope­rar no Mar­ta­gão, e que com­pe­te com as ci­rur­gi­as mais com­ple­xas. Ti­ve­mos a par­ce­ria da so­ci­e­da­de ci­vil, que nos per­mi­tiu me­lho­rar a es­tru­tu­ra fí­si­ca e equi­par, e (a par­ce­ria) da pre­fei­tu­ra, que es­tá ga­ran­tin­do o cus­teio da ope­ra­ção, com R$ 215 mil por mês”, dis­se.

En­quan­to a uni­da­de do To­ro­ró se con­cen­tra em ca­sos de al­ta com­ple­xi­da­de, o ane­xo fa­rá pro­ce­di­men­tos mais sim­ples e aju­da­rá, tam­bém, a de­sa­fo­gar as Uni­da­des de Pron­to Aten­di­men­to (UPAs) de Sal­va­dor. Con­sul­tó­ri­os es­ta­rão à dis­po­si­ção dos pa­ci­en­tes pa­ra acom­pa­nha­men­to pós-ci­rúr­gi­co. A uni­da­de co­me­ça a fun­ci­o­nar com no­ve lei­tos, mas de­ve che­gar a 15.

Lá se­rão fei­tos pro­ce­di­men­tos co­mo pos­tec­to­mia (ci­rur­gia de fi­mo­se), her­ni­or­ra­fia um­bi­li­cal e in­gui­nal (cor­re­ção ci­rúr­gi­ca de hér­nia), po­li­dac­ti­lia (re­mo­ção de de­dos ex­tras), re­vi­são de cis­tos e plás­ti­cas em “Z”.

“A gen­te fi­ca mui­to fe­liz, por­que é mais uma uni­da­de to­tal­men­te pú­bli­ca de aten­ção às cri­an­ças que mais pre­ci­sam e 300 cri­an­ças se­rão aten­di­das por mês aqui na Ci­da­de Bai­xa. O con­tra­to que te­mos per­mi­te o fun­ci­o­na­men­to des­sa uni­da­de e é is­so que re­com­pen­sa to­do um es­for­ço de in­ves­tir na saú­de”, dis­se o pre­fei­to ACM Ne­to (DEM).

O se­cre­tá­rio mu­ni­ci­pal da Saú­de de Sal­va­dor, Jo­sé Antô­nio Ro­dri­gues Al­ves, des­ta­cou a im­por­tân­cia do tra­ba­lho do Mar­ta­gão. “É re­fe­rên­cia pa­ra o es­ta­do. O con­tra­to que nós te­mos per­mi­te que o hos­pi­tal pos­sa ga­ran­tir, co­mo sem­pre, o me­lhor aten­di­men­to”.

Em ju­lho, o Mar­ta­gão anun­ci­ou a sus­pen­são de al­guns aten­di­men­tos por con­ta de uma sé­ria cri­se fi­nan­cei­ra – a dí­vi­da do hos­pi­tal era, na oca­sião, de R$ 25 mi­lhões. A uni­da­de cus­ta, men­sal­men­te, R$ 4,2 mi­lhões. Até agos­to, os con­vê­ni­os com pre­fei­tu­ra e go­ver­no do es­ta­do ga­ran­ti­am R$ 3,7 mi­lhões men­sais. O dé­fi­cit de R$ 500 mil men­sais pro­vo­cou, se­gun­do a ad­mi­nis­tra­ção, a ne­ces­si­da­de de sus­pen­der al­guns aten­di­men­tos. No úl­ti­mo fi­nal de se­ma­na, Ive­te San­ga­lo fez dois shows e a ren­da ob­ti­da foi re­ver­ti­da pa­ra o Mar­ta­gão.

Cri­an­ça, que es­pe­ra­va há dois me­ses, con­se­guiu fa­zer a ci­rur­gia na no­va uni­da­de

Uni­da­de em Ro­ma te­rá ca­pa­ci­da­de de re­a­li­zar 300 ci­rur­gi­as por mês

ACM Ne­to co­me­mo­ra mais uma uni­da­de de as­sis­tên­cia às cri­an­ças

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.