‘Pri­ma­ve­ra Se­cun­da­ris­ta’: es­tu­dan­tes ocu­pam es­co­las

Correio da Bahia - - Mais -

Des­de o iní­cio de ou­tu­bro, se­cun­da­ris­tas em to­do o Bra­sil ocu­pam es­co­las e cam­pi de uni­ver­si­da­des pa­ra pro­tes­tar con­tra a re­for­ma do en­si­no mé­dio e a PEC do Te­to dos Gas­tos Pú­bli­cos. Se­gun­do a União Bra­si­lei­ra dos Es­tu­dan­tes Se­cun­da­ris­tas (Ubes), o nú­me­ro de es­co­las ocu­pa­das che­gou a 1,2 mil no país.

Na Bahia, fo­ram ocu­pa­dos cam­pi dos ins­ti­tu­tos fe­de­rais da Bahia (If­ba) e Bai­a­no (If Bai­a­no), além de uni­ver­si­da­des pú­bli­cas. Es­ta se­ma­na, a Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Fei­ra de San­ta­na (Uefs) sus­pen­deu o ca­len­dá­rio aca­dê­mi­co de­vi­do às ocu­pa­ções.

“A gen­te per­ce­be que aque­le pro­je­to não foi fei­to nem pa­ra se­cun­da­ris­ta, nem pa­ra pro­fes­sor de en­si­no mé­dio ler. Vo­cê po­de até achar que vai ser a sal­va­ção da edu­ca­ção, que de fa­to pre­ci­sa de uma re­for­ma”, diz a es­tu­dan­te Adé­lia Al­cân­ta­ra, di­re­to­ra da Ubes e alu­na do Co­lé­gio Es­ta­du­al Má­rio Au­gus­to Tei­xei­ra de Frei­tas. “Mas uma escola da pe­ri­fe­ria não tem con­di­ções de ofe­re­cer to­das as áre­as. Elas vão op­tar pe­lo en­si­no téc­ni­co, que vai le­var a uma escola ca­da vez mais sem sen­so crí­ti­co”.

Pa­ra o es­tu­dan­te Ra­mon Mot­ta, 19, alu­no do Co­lé­gio Es­ta­du­al Ma­no­el De­vo­to e di­re­tor da Ubes, as ocu­pa­ções são uma men­sa­gem. “Não é só con­tra a re­for­ma, mas con­tra a PEC. Jun­tou es­se pa­co­te e os es­tu­dan­tes es­tão ocu­pan­do por­que não aguen­tam mais. A edu­ca­ção pú­bli­ca já não é boa e vai dei­xar de ter in­ves­ti­men­to por 20 anos”.

Escola do fu­tu­ro, a Con­cept co­me­ça a fun­ci­o­nar em Pi­a­tã, no pró­xi­mo ano, e te­rá men­sa­li­da­de de R$ 3 mil

Não há fi­las de car­tei­ras nas sa­las, mas am­bi­en­tes mo­du­la­res ade­qua­dos se­gun­do a di­nâ­mi­ca de ca­da au­la

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.