Con­ci­li­a­ção ofe­re­ce des­con­tos de até 70%

Correio da Bahia - - Economia -

ICMS Mais de mil em­pre­sá­ri­os bai­a­nos de­vem com­pa­re­cer, até a pró­xi­ma quin­ta-fei­ra, à se­de do Tri­bu­nal de Jus­ti­ça da Bahia (TJ-BA), no Cen­tro Ad­mi­nis­tra­ti­vo da Bahia (CAB), em Sal­va­dor, pa­ra re­ne­go­ci­ar dí­vi­das de Im­pos­to so­bre Cir­cu­la­ção de Mer­ca­do­ri­as e Pres­ta­ção de Serviços (ICMS). Se­rão cer­ca de 1,2 mil pro­ces­sos de co­bran­ça ju­di­ci­al aten­di­dos du­ran­te a Se­ma­na Na­ci­o­nal de Con­ci­li­a­ção, que acon­te­ce na ca­pi­tal e nas uni­da­des de Jus­ti­ça do in­te­ri­or do es­ta­do. Os em­pre­sá­ri­os que op­ta­rem por re­gu­la­ri­zar a si­tu­a­ção jun­to ao fis­co re­ce­be­rão des­con­tos que va­ri­am en­tre 30% e 70% em ju­ros e mul­tas, além de te­rem a op­ção de re­a­li­zar o pa­ga­men­to à vis­ta ou o par­ce­la­men­to em 12 ou 24 me­ses. É pos­sí­vel fa­zer a si­mu­la­ção e ge­rar a do­cu­men­ta­ção ne­ces­sá­ria pa­ra o pa­ga­men­to via web, no site: www.se­faz.ba.gov.br. Mas, mes­mo re­a­li­zan­do o pa­ga­men­to, o con­tri­buin­te de­ve es­tar ci­en­te que a qui­ta­ção se­rá vá­li­da ape­nas após ho­mo­lo­ga­ção por um juiz. A ini­ci­a­ti­va é re­sul­ta­do de par­ce­ria en­tre o TJ-BA e a Se­cre­ta­ria da Fa­zen­da (Se­faz-BA), além da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral do Es­ta­do (PGE) e do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co es­ta­du­al. A par­ce­ria en­tre o Exe­cu­ti­vo e Ju­di­ciá­rio tem o ob­je­ti­vo de dar mais ra­pi­dez no jul­ga­men­to des­tas ques­tões e di­mi­nuir a quan­ti­da­de de pro­ces­sos ju­di­ci­ais re­la­ci­o­na­dos ao ICMS. Pa­ra o se­cre­tá­rio da Fa­zen­da do es­ta­do, Ma­no­el Vi­tó­rio, a ini­ci­a­ti­va de­mons­tra o em­pe­nho do Tri­bu­nal de Jus­ti­ça em ace­le­rar os pro­ces­sos ju­di­ci­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.