Fre­quen­ta­do­res vi­gi­am pa­ra evi­tar as­sal­tos

Correio da Bahia - - Mais -

En­quan­to o in­ves­ti­men­to em se­gu­ran­ça acon­te­ce em al­gu­mas igre­jas, ou­tras con­tam mes­mo é com os olhos de qu­em fre­quen­ta. De acor­do com frei Mar­cos, guar­dião su­pe­ri­or da Igre­ja e Con­ven­to de São Fran­cis­co, no Pe­lou­ri­nho, to­da a cons­tru­ção con­ta com câ­me­ras de se­gu­ran­ça es­pa­lha­das em lo­cais es­tra­té­gi­cos, além de guar­da pa­tri­mo­ni­al pa­ra a igre­ja, to­da co­ber­ta de ou­ro.

“Te­mos se­gu­ran­ça to­dos os di­as, até as 19h, e câ­me­ras com mo­ni­to­ra­men­to 24 ho­ras. E tem sem­pre os fra­des, que se re­ve­zam no mo­ni­to­ra­men­to. Sem­pre que no­ta­mos al­go sus­pei­to, co­mu­ni­ca­mos lo­go às du­as de­le­ga­ci­as da­qui”, diz o frei Mar­cos. O in­ves­ti­men­to foi fei­to pensando tan­to na guar­da do pa­trimô­nio quan­to nos fiéis. A igre­ja vi­zi­nha, da Or­dem Ter­cei­ra de São Fran­cis­co, tam­bém tem câ­me­ras e mo­ni­to­ra­men­to cons­tan­te.

Já a Igre­ja dos Ma­res, na Ci­da­de Bai­xa, não con­ta com o mes­mo es­que­ma. Em 1927, uma âm­bu­la de ou­ro – pe­ça on­de são gu­ar­da­das as hós­ti­as – foi le­va­da da igre­ja. As hós­ti­as fo­ram der­ra­ma­das e, di­as de­pois, a âm­bu­la foi en­con­tra­da jo­ga­da pró­xi­mo à igre­ja. “Aqui é uma igre­ja re­la­ti­va­men­te no­va, não tem aque­la al­faia co­mo nas igre­jas bar­ro­cas mais an­ti­gas. Os cá­li­ces são co­muns e as ima­gens são de ges­so, en­tão não são mui­to co­bi­ça­das”, ex­pli­ca Pe­dro, in­te­gran­te da pa­ró­quia.

Se­gun­do ele, a pa­ró­quia con­ta com a vi­gi­lân­cia dos pró­pri­os fre­quen­ta­do­res, dos fiéis e até da vi­zi­nhan­ça. “Di­an­te da si­tu­a­ção de ho­je, to­do mun­do, se­ja pa­dre, fiéis, se­ja qu­em au­xi­lia, ze­la, to­do mun­do fi­ca aten­to, por­que qual­quer ir­re­gu­la­ri­da­de, a gen­te já par­te pa­ra cor­rer atrás, de­nun­ci­an­do. Aqui, a gen­te tem a res­pon­sa­bi­li­da­de de orar a vi­gi­ar”, diz.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.