Po­li­ci­ais ro­do­viá­ri­os do­am san­gue pa­ra cam­pa­nha do He­mo­ba

Correio da Bahia - - Bahia -

VOLUNTÁRIOS Cer­ca de 20 po­li­ci­ais e ser­vi­do­res ad­mi­nis­tra­ti­vos da Po­lí­cia Ro­do­viá­ria Fe­de­ral (PRF) fo­ram à Fun­da­ção de He­ma­to­lo­gia e He­mo­te­ra­pia da Bahia (He­mo­ba), na ma­nhã de on­tem, pa­ra do­ar san­gue. O ato ocor­reu na se­ma­na do Dia Na­ci­o­nal do Do­a­dor Vo­lun­tá­rio de San­gue, co­me­mo­ra­do na sex­ta-fei­ra, e tam­bém do Dia Na­ci­o­nal de Com­ba­te ao Cân­cer In­fan­til, ama­nhã. Há 22 anos na PRF, o agen­te Jo­se­lí­rio San­tos Sil­va, 57, acre­di­ta que o ato é uma ação ci­da­dã. “Pa­ra nós, é um or­gu­lho. Acho que en­quan­to ins­ti­tui­ção, nós te­mos o de­ver de exer­cer es­se pa­pel de so­li­da­ri­e­da­de”, dis­se ele, que é do­a­dor há 16 anos. O po­li­ci­al Da­vi San­tos, 50, do­ou san­gue pe­lo 15º ano. Pa­ra ele, mais do que uma sim­ples aju­da, do­ar san­gue é a va­lo­ri­za­ção da vi­da. As do­a­ções, que pre­fe­ren­ci­al­men­te se­rão fei­tas ao Hos­pi­tal Mar­ta­gão Ges­tei­ra, de­vem che­gar à re­de SUS de to­do o es­ta­do. In­te­res­sa­dos em do­ar san­gue de­vem ir à uni­da­de mó­vel do Shop­ping da Bahia ou nos hos­pi­tais San­to Antô­nio e Su­búr­bio, além do SAC Ca­ja­zei­ras e do He­mo­ba, na La­dei­ra do Hos­pi­tal Ge­ral, em Bro­tas.

Cen­tro es­pe­ra re­ce­ber es­ta se­ma­na 3.500 bol­sas de san­gue

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.