AGÊN­CI­AS QUE SE­RÃO FE­CHA­DAS NA BAHIA

Correio da Bahia - - Mais - Mais@cor­rei­o24ho­ras.com.br

Do­ze agên­ci­as do Ban­co do Bra­sil (BB) se­rão fe­cha­das na Bahia e ou­tras 33 vão ser trans­for­ma­das em pos­tos de aten­di­men­to. As me­di­das de­ta­lha­das on­tem fa­zem par­te do pro­gra­ma de re­or­ga­ni­za­ção ins­ti­tu­ci­o­nal do ban­co, que tam­bém pre­vê am­pli­a­ção do aten­di­men­to di­gi­tal, in­cen­ti­vo à apo­sen­ta­do­ria e a re­du­ção de jor­na­da de tra­ba­lho pa­ra par­te dos fun­ci­o­ná­ri­os.

Das agên­ci­as que te­rão as ati­vi­da­des en­cer­ra­das no es­ta­do, dez es­tão lo­ca­li­za­das em Sal­va­dor e ou­tras du­as es­tão lo­ca­li­za­das nos mu­ni­cí­pi­os de Fei­ra de Santana e Lau­ro de Frei­tas (con­fi­ra a lis­ta ao la­do). Atu­al­men­te, a Bahia pos­sui 447 uni­da­des de aten­di­men­to, sen­do 328 agên­ci­as e 119 pos­tos de aten­di­men­to. Se­gun­do o cro­no­gra­ma do BB, o en­cer­ra­men­to acon­te­ce­rá no ano que vem, a par­tir do dia 14 de ja­nei­ro.

Em to­do o país, o nú­me­ro de agên­ci­as que se­rão fe­cha­das che­ga a 402. Ou­tras 379 se­rão trans­for­ma­das em pos­tos de aten­di­men­to ban­cá­rio. Com a re­or­ga­ni­za­ção, a ins­ti­tui­ção es­ti­ma eco­no­mi­zar R$ 750 mi­lhões por ano, sen­do R$ 450 mi­lhões da no­va es­tru­tu­ra or­ga­ni­za­ci­o­nal e R$ 300 mi­lhões de re­du­ção de gas­tos com trans­por­te de va­lo­res, se­gu­ran­ça, lo­ca­ção e con­do­mí­ni­os, ma­nu­ten­ção de imó­veis, en­tre ou­tras des­pe­sas. Atu­al­men­te, o Ban­co do Bra­sil con­ta com 5.430 agên­ci­as e 1.791 pos­tos de aten­di­men­to.

MU­DAN­ÇAS

De acor­do com as­ses­so­ria de im­pren­sa do BB, na prá­ti­ca, na­da mu­da pa­ra o cli­en­te de uma agên­cia que pas­sa a ser um pos­to de aten­di­men­to. Pa­ra o pró­prio ban­co, a di­fe­ren­ça Fei­ra de Santana Rua J.J.Se­a­bra

Sal­va­dor Ave­ni­da Ga­ri­bal­di

Sal­va­dor Ca­bu­la

Sal­va­dor Ci­da­de­la

Sal­va­dor Na­ran­di­ba

Sal­va­dor Cos­ta Azul

Sal­va­dor Gar­cia

Sal­va­dor IAPI

Sal­va­dor On­di­na

Sal­va­dor Pau­lo VI

Sal­va­dor Shop­ping Pa­seo

Sal­va­dor Itai­ga­ra

Vi­tó­ria da Con­quis­ta Ave­ni­da Re­gis Pa­che­co é que a uni­da­de não te­rá mais a fi­gu­ra do ge­ren­te-ge­ral.

A agên­cia de Vi­las do Atlân­ti­co, em Lau­ro de Frei­tas, é uma das 33 on­de a al­te­ra­ção de­ve ocor­rer. Pa­ra a de­sig­ner de in­te­ri­o­res Éri­ca Gar­cia, cor­ren­tis­ta da uni­da­de, a si­tu­a­ção é sur­pre­en­den­te. “Por se tra­tar de um ban­co es­ta­tal, a no­tí­cia sur­pre­en­de e de­mons­tra uma cer­ta ins­ta­bi­li­da­de. A mi­nha lo­gís­ti­ca, no en­tan­to, não de­ve ser pre­ju­di­ca­da”.

A si­tu­a­ção de Éri­ca é bem di­fe­ren­te da fi­si­o­te­ra­peu­ta Ema­nu­el­le Barreto, cor­ren­tis­ta da uni­da­de lo­ca­li­za­da no Cos­ta Azul, que fe­cha­rá as por­tas em ja­nei­ro. “Quan­do te­nho al­gum pro­ble­ma, pre­fi­ro re­sol­ver pes­so­al­men­te, em vez de usar o te­le­fo­ne por­que acre­di­to que fi­ca mais fá­cil. Co­mo a agên­cia é per­to da mi­nha ca­sa, eu ia lá an­tes de fa­zer qual­quer ou­tra coi­sa e ago­ra não sei co­mo vai ser. Cer­ta­men­te exi­gi­rá um des­lo­ca­men­to mai­or”, ava­lia.

Se­gun­do o BB, o fe­cha­men­to das agên­ci­as e a im­plan­ta­ção das de­mais me­di­das se­rão pre­ce­di­dos por am­pla co­mu­ni­ca­ção aos cli­en­tes em ca­nais di­ver­si­fi­ca­dos, co­mo o hot­si­te www.bb.com.br/no­vo­a­ten­di­men­to, SMS e ter­mi­nais de au­to­a­ten­di­men­to.

A mu­dan­ça de agên­cia acon­te­ce­rá de for­ma au­to­má­ti­ca e os cli­en­tes não vão pre­ci­sar fa­zer qual­quer pro­ce­di­men­to adi­ci­o­nal. Além da am­pli­a­ção do aten­di­men­to di­gi­tal, a re­du­ção das agên­ci­as con­si­de­rou tam­bém a lo­ca­li­za­ção de uni­da­des pró­xi­mas en­tre si.

PRO­BLE­MAS

Pa­ra o pre­si­den­te do Sin­di­ca­to dos Ban­cá­ri­os da Bahia, Au­gus­to Vas­con­ce­los, o aten­di­men­to ao cli­en­te de­ve­rá pi­o­rar por con­ta das me­di­das anun­ci­a­das. “Bas­ta vi­si­tar uma agên­cia do ban­co pa­ra per­ce­ber que fal­tam fun­ci­o­ná­ri­os. Se hou­ver o fe­cha­men­to de lo­cais de aten­di­men­to, o con­su­mi­dor so­fre­rá ain­da mais com as fi­las e as pés­si­mas con­di­ções de aten­di­men­to de­cor­ren­tes da enor­me so­bre­car­ga de tra­ba­lho”, cri­ti­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.