Até mil fun­ci­o­ná­ri­os po­dem se apo­sen­tar

Correio da Bahia - - Mais -

Uma ou­tra me­di­da anun­ci­a­da pa­ra a re­or­ga­ni­za­ção ins­ti­tu­ci­o­nal é o Pla­no Ex­tra­or­di­ná­rio de Apo­sen­ta­do­ria In­cen­ti­va­da, que po­de­rá re­du­zir o qua­dro de fun­ci­o­ná­ri­os do Ban­co do Bra­si (BB) na Bahia em até 19%. O per­cen­tu­al cor­res­pon­de a 1.003 dos

5.206 fun­ci­o­ná­ri­os que atu­am no es­ta­do e já reú­nem con­di­ções pa­ra se apo­sen­tar, e po­de­ri­am ade­rir ao pro­gra­ma vo­lun­ta­ri­a­men­te.

De acor­do com si­mu­la­ção do BB, se os 18 mil fun­ci­o­ná­ri­os que es­tão aptos ade­ri­rem ao pro­gra­ma, ha­ve­rá re­du­ção de des­pe­sas anu­ais de mais de R$ 3 bi­lhões. Pa­ra ade­rir é pre­ci­so já es­tar apo­sen­ta­do pe­la Pre­vi­dên­cia So­ci­al ou ter 50 anos de ida­de e, no mí­ni­mo, 15 anos de tra­ba­lho no ban­co.

O Pla­no Ex­tra­or­di­ná­rio de Apo­sen­ta­do­ria In­cen­ti­va­da vai con­ce­der in­cen­ti­vo de des­li­ga­men­to cor­res­pon­den­te ao va­lor de 12 sa­lá­ri­os, além de in­de­ni­za­ção pe­lo tem­po de ser­vi­ço, que va­ria de 1 a 3 sa­lá­ri­os, a de­pen­der do tem­po de Ban­co (en­tre 15 e 30 anos com­ple­tos). Atu­al­men­te, o BB pos­sui 109.159 fun­ci­o­ná­ri­os em to­do o país.

Com a re­es­tru­tu­ra­ção, ha­ve­rá re­du­ção de 9,3 mil va­gas no qua­dro do ban­co. “O Ban­co do Bra­sil não es­tá de­mi­tin­do nin­guém. Em fun­ção e em ex­tin­ção de agên­ci­as, te­re­mos re­du­ção de va­gas”, dis­se o pre­si­den­te do BB, Pau­lo Caf­fa­rel­li.

Se até fe­ve­rei­ro de 2017 os fun­ci­o­ná­ri­os de agên­ci­as fe­cha­das não ti­ve­rem si­do re­a­lo­ca­dos, ain­da te­rão qua­tro me­ses pa­ra a mu­dan­ça, com ma­nu­ten­ção dos sa­lá­ri­os. De­vi­do à ro­ta­ti­vi­da­de de fun­ci­o­ná­ri­os e às ade­sões à apo­sen­ta­do­ria vo­lun­tá­ria, o BB não es­pe­ra ter pro­ble­mas com a re­a­lo­ca­ção de pes­so­as.

Se­gun­do a ins­ti­tui­ção, cer­ca de 6 mil as­ses­so­res da di­re­ção-ge­ral e su­pe­rin­ten­dên­ci­as tam­bém po­de­rão ade­rir vo­lun­ta­ri­a­men­te à no­va jor­na­da de seis ho­ras de tra­ba­lho. A ade­são re­sul­ta­rá na re­du­ção de 16,25% do va­lor de re­fe­rên­cia da fun­ção, en­quan­to a jor­na­da se­rá re­du­zi­da em 25%. A me­di­da já ti­nha si­do an­te­ri­or­men­te ofe­re­ci­da a fun­ci­o­ná­ri­os que ocu­pam car­gos co­mis­si­o­na­dos não ge­ren­ci­ais na re­de de agên­ci­as e em ór­gãos re­gi­o­nais com 71% de ade­são.

Pre­ci­so fa­zer al­go ou ir à agên­cia? Não. Tu­do o que vo­cê tem con­tra­ta­do com a agên­cia atu­al con­ti­nu­a­rá sem al­te­ra­ção.

Vou pre­ci­sar pe­dir no­va via do car­tão da mi­nha con­ta? Os car­tões atu­ais po­de­rão ser uti­li­za­dos nor­mal­men­te, sem a ne­ces­si­da­de de tro­ca ime­di­a­ta, até a da­ta de va­li­da­de in­for­ma­da no car­tão.

Quan­do ocor­re­rá a re­or­ga­ni­za­ção das agên­ci­as? A re­or­ga­ni­za­ção das agên­ci­as ocor­re­rá a par­tir de 14 de ja­nei­ro até o fi­nal de fe­ve­rei­ro/2017. Vo­cê vai re­ce­ber in­for­ma­ções an­tes da mu­dan­ça, pa­ra não ha­ver qual­quer trans­tor­no.

Vou con­ti­nu­ar re­ce­ben­do meu salário, mes­mo de­pois da mu­dan­ça da mi­nha agên­cia?

Sim. To­dos os cré­di­tos e dé­bi­tos pro­gra­ma­dos na con­ta cor­ren­te, in­clu­si­ve seu salário, se­rão trans­fe­ri­dos au­to­ma­ti­ca­men­te pa­ra a no­va

Co­mo fi­cam mi­nhas con­tas em dé­bi­to au­to­má­ti­co? Os dé­bi­tos au­to­má­ti­cos em con­ta, re­fe­ren­tes a ser­vi­ços pres­ta­dos por con­ces­si­o­ná­ri­as, por exem­plo con­tas de água, luz, te­le­fo­ne e etc., não se­rão al­te­ra­dos.

Tem pes­so­as que fa­zem trans­fe­rên­cia agen­da­da/pro­gra­ma­da pa­ra mi­nha con­ta. O que elas pre­ci­sam fa­zer? Ca­so os nú­me­ros de sua agên­cia e con­ta te­nham mu­da­do, ori­en­ta­mos que vo­cê in­for­me a es­sas pes­so­as so­bre a mu­dan­ça e in­for­me es­ses no­vos nú­me­ros.

On­de se­rá mi­nha no­va agên­cia? En­tre em con­ta­to com nos­sa Cen­tral de Aten­di­men­to: 0800 729 5282. O aten­di­men­to é fei­to de se­gun­da a sex­ta-fei­ra, das 8h às 22h.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.