Pre­sa, Eli­ze Mat­su­na­ga es­cre­ve car­ta pa­ra fi­lha

Correio da Bahia - - Brasil -

DE­CLA­RA­ÇÃO Im­pe­di­da pe­la Jus­ti­ça de São Pau­lo de ver ou ter con­ta­to com sua fi­lha des­de ju­nho de 2012, qu­an­do foi pre­sa por ma­tar e es­quar­te­jar o ma­ri­do, Eli­ze Mat­su­na­ga de­ci­diu es­cre­ver uma car­ta pa­ra a me­ni­na an­tes de ser le­va­da a jú­ri po­pu­lar hoje. Re­di­gi­da em 8 de mar­ço des­te ano no pre­sí­dio de Tre­mem­bé, in­te­ri­or de São Pau­lo, a ba­cha­rel em di­rei­to de­cla­ra que se pu­des­se olhar pa­ra a fi­lha, di­ria “te amo” e gos­ta­ria de ou­vir de­la a pa­la­vra “mãe”. Com a cor­res­pon­dên­cia, a in­ten­ção de Eli­ze é de que sua fi­lha pos­sa sa­ber, no fu­tu­ro, o que a mãe pen­sa­va e gos­ta­ria de di­zer à me­ni­na an­tes de ser jul­ga­da pe­lo as­sas­si­na­to do pai de­la, o em­pre­sá­rio Mar­cos Ki­ta­no Mat­su­na­ga. A me­ni­na ti­nha 1 ano na épo­ca. Hoje tem 5 anos e vi­ve com os avós pa­ter­nos. “Mes­mo não es­tan­do ao seu la­do ago­ra fi­lha, que­ro que sai­ba que vo­cê tem uma mãe que te ama mui­to, não só no pla­no fí­si­co, e que res­pei­ta­rá su­as es­co­lhas e um dia, se vo­cê qui­ser, con­ver­sa­re­mos so­bre tu­do o que hou­ve”, es­cre­veu Eli­ze.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.