Não é ape­nas fu­te­bol

Correio da Bahia - - Especial - Moy­sés Su­zart moy­ses.su­zart@re­de­bahia.com.br

Em ati­tu­de no­bre, Atlé­ti­co ce­de tí­tu­lo para a Cha­pe­co­en­se

Não é ape­nas fu­te­bol. A bo­la que mo­vi­men­ta mi­lha­res de pai­xões pe­lo mun­do ex­tra­po­la sua al­cu­nha es­por­ti­va com ati­tu­des lou­vá­veis em mo­men­tos mais crí­ti­cos da his­tó­ria. On­tem, o Atlé­ti­co de Me­del­lin, que se­ria o ad­ver­sá­rio da Cha­pe­co­en­se na fi­nal da Co­pa Sul-Ame­ri­ca­na, ce­deu o tí­tu­lo de cam­peão sul-ame­ri­ca­no à Cha­pe­co­en­se, an­tes mes­mo de qual­quer de­ci­são da Con­me­bol, que ain­da vai se pro­nun­ci­ar na próxima se­ma­na so­bre o as­sun­to. O avião que trans­por­ta­va os jo­ga­do­res da equi­pe de San­ta Ca­ta­ri­na caiu quan­do che­ga­va à ci­da­de de Me­del­lín, lo­cal da par­ti­da da de­ci­são.

“De­pois de es­tar mui­to pre­o­cu­pa­do pe­la par­te hu­ma­na, pen­sa­mos no as­pec­to com­pe­ti­ti­vo e que­re­mos pu­bli­car es­se co­mu­ni­ca­do no qual o Atlé­ti­co Na­ci­o­nal pe­de para a Con­me­bol que o tí­tu­lo

pri­mei­ra da Co­pa Sul-Ame­ri­ca­na se­ja en­tre­gue à As­so­ci­a­ção Cha­pe­co­en­se de Fu­te­bol co­mo lou­ro ho­no­rá­rio pe­la sua gran­de per­da e em ho­me­na­gem pós­tu­ma às ví­ti­mas do fa­tal aci­den­te que dei­xa o nos­so es­por­te de lu­to. Da nos­sa par­te, e para sem­pre, a Cha­pe­co­en­se é a campeã da Co­pa Sul-Ame­ri­ca­na”, co­mu­ni­cou o clu­be co­lom­bi­a­no, em seu si­te.

Com ma­té­ri­as em por­tu­guês e es­pa­nhol, o Atlé­ti­co de Me­del­lín, que pos­sui as mes­mas co­res da Cha­pe­co­en­se, de­di­cou o dia para ho­me­na­ge­ar o clu­be bra­si­lei­ro. O trei­no atle­ti­ca­no foi can­ce­la­do, mas to­dos os jo­ga­do­res se reu­ni­ram para pres­tar um mi­nu­to de si­lên­cio em ho­me­na­gem aos mor­tos. “To­ma­re­mos is­so co­mo avi­so de Deus para se­guir me­lho­ran­do nos­sa vi­da pes­so­al, se­guir acre­di­tan­do em nós mes­mos. Va­mos es­pe­rar a de­ter­mi­na­ção da Con­me­bol, mas nós que­re­mos que de­cla­re ob­vi­a­men­te cam­peão a Cha­pe­co­en­se. E de­pois va­mos ver o que vem. A ini­ci­a­ti­va é nos­sa e do mun­do do fu­te­bol. Es­pe­ra­mos que a Con­me­bol to­me es­sa de­ci­são”, dis­se o la­te­ral do Atlé­ti­co, Gil­ber­to Gar­cía, em entrevista ao ca­nal Win Sports.

Mes­mo com o jo­go can­ce­la­do, o clu­be co­lom­bi­a­no con­vo­cou to­da a sua tor­ci­da que com­pa­re­ça ao Es­tá­dio Ata­na­sio Gi­rar­dot, no mes­mo ho­rá­rio que se­ria a de­ci­são ho­je, ves­ti­dos de bran­co e com ve­las ace­sas para que pres­tem uma ho­me­na­gem ao ad­ver­sá­rio da fi­nal. “Ves­ti­dos de bran­co e com uma ve­la bran­ca, o Atlé­ti­co Na­ci­o­nal quer ele­var nos­sas ora­ções com um si­lên­cio eter­no jun­ta­men­te com sua tor­ci­da, que es­tão ci­en­tes do di­fí­cil mo­men­to para nos­sos ir­mãos bra­si­lei­ros e seus fa­mi­li­a­res”, dis­se os atle­ti­ca­nos, que ce­de­ram o tí­tu­lo da com­pe­ti­ção, mas ga­nha­ram no­vos tor­ce­do­res pe­lo mun­do. Ati­tu­de de um ti­me gran­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.