Qu­a­tor­ze mu­lhe­res de­nun­ci­am ata­ques de fal­so po­li­ci­al fe­de­ral

Correio da Bahia - - Brasil -

Um pro­tes­to reu­nin­do ar­tis­tas plás­ti­cos, ato­res, mú­si­cos e ati­vis­tas so­ci­ais foi realizado em fren­te ao Museu de Ar­te do Rio (MAR), con­tra a cen­su­ra e pe­la li­ber­da­de de ex­pres­são. O ato cha­mou a aten­ção de quem pas­sa­va pelo lo­cal. O MAR foi um dos pivôs da po­lê­mi­ca em tor­no da ex­po­si­ção de te­má­ti­ca LGBT Qu­e­er­mu­seu, ve­ta­da pelo pre­fei­to do Rio, Mar­ce­lo Cri­vel­la. SÃO PAULO Qu­a­tor­ze pes­so­as pro­cu­ra­ram a po­lí­cia na úl­ti­ma quar­ta-feira e on­tem pa­ra di­zer que fo­ram ví­ti­mas de ata­ques re­a­li­za­dos por Ad­son Mu­niz San­tos, de 35 anos. O ho­mem foi pre­so após se pas­sar por um po­li­ci­al fe­de­ral, se­ques­trar e es­tu­prar uma mu­lher na Rua Au­gus­ta, nos Jar­dins, zo­na sul de São Paulo. Oi­to pes­so­as já o re­co­nhe­ce­ram pes­so­al­men­te e ou­tras es­tão sen­do con­vo­ca­das pa­ra com­pa­re­cer à de­le­ga­cia e também con­fir­mar a iden­ti­da­de do agres­sor. San­tos foi pre­so na tar­de de quar­ta nas pro­xi­mi­da­des do Es­tá­dio do Pa­ca­em­bu. A po­lí­cia sus­pei­ta que ele se pre­pa­ra­va pa­ra co­me­ter outro cri­me, pois es­ta­va com o si­mu­la­cro de ar­ma e o dis­tin­ti­vo fal­so da Po­lí­cia Fe­de­ral. Os ob­je­tos também ha­vi­am si­do usa­dos no cri­me co­me­ti­do na Rua Au­gus­ta. Se­gun­do a Po­lí­cia Ci­vil, até mu­lhe­res de ou­tros es­ta­dos li­ga­ram pa­ra a 1ª De­le­ga­cia de De­fe­sa da Mu­lher (DDM) in­for­man­do te­rem si­do es­tu­pra­das pelo ho­mem. Elas o re­co­nhe­ce­ram após as imagens da sua pri­são te­rem si­do di­vul­ga­das. Em no­ta, a Se­cre­ta­ria Es­ta­du­al da Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca (SSP) in­for­mou que oi­to mu­lhe­res fi­ze­ram o re­co­nhe­ci­men­to pes­so­al do sus­pei­to. “Ou­tras ví­ti­mas es­tão sen­do con­vo­ca­das e a in­ves­ti­ga­ção se­gue em an­da­men­to por meio de inqué­ri­to po­li­ci­al.” San­tos já ti­nha re­gis­tros por cri­mes de es­tu­pro, vi­o­la­ção se­xu­al me­di­an­te frau­de e cons­tran­gi­men­to ile­gal. Em ra­zão do his­tó­ri­co do ho­mem, a de­le­ga­da Cris­ti­ne Nas­ci­men­to Gu­e­des Cos­ta clas­si­fi­cou o ho­mem co­mo um “pre­da­dor se­xu­al, sem som­bra de dú­vi­das”.

ATO PE­LA LI­BER­DA­DE

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.