24h Sus­pei­to de ma­tar cor­re­to­ra se en­tre­ga e ale­ga le­gí­ti­ma de­fe­sa

Correio da Bahia - - Bahia - MILENA TEIXEIRA

FE­MI­NI­CÍ­DIO Ai­dil­son Vi­a­na de Sou­za, 44 anos, prin­ci­pal sus­pei­to de as­sas­si­nar a fa­ca­das a com­pa­nhei­ra, a cor­re­to­ra de imó­veis Ja­naí­na Silva de Oli­vei­ra, 42 anos, na úl­ti­ma sex­ta-fei­ra, no apar­ta­men­to on­de ela mo­ra­va no Bar­ba­lho, se apre­sen­tou on­tem, no De­par­ta­men­to de Ho­mi­cí­di­os e Pro­te­ção à Pes­soa (DHPP). Ele che­gou à uni­da­de acom­pa­nha­do de um ad­vo­ga­do e ale­gou le­gí­ti­ma de­fe­sa - afir­mou que Ja­naí­na o ata­cou com uma fa­ca nas cos­tas. Des­de o dia do cri­me, a fa­mí­lia já o ha­via apon­ta­do co­mo o au­tor do cri­me. Em depoimento à po­lí­cia, Ai­dil­son dis­se que es­ta­va sain­do da ga­ra­gem qu­an­do foi sur­pre­en­di­do pe­la fa­ca­da. “Eu ten­tei se­gu­rar a mão de­la e en­tra­mos em lu­ta (cor­po­ral). Aí ela foi atin­gi­da. Não achei que ela fos­se mor­rer por cau­sa do fe­ri­men­to. Eu sou con­tra fe­mi­ni­cí­dio e o que acon­te­ceu foi uma fa­ta­li­da­de”, dis­se ele, que es­tá cus­to­di­a­do no DHPP. A cor­re­to­ra já ti­nha pe­di­do uma me­di­da pro­te­ti­va con­tra o ex com­pa­nhei­ro, mas a de­le­ga­da res­pon­sá­vel pe­lo ca­so, Pa­trí­cia Mar­ques, in­for­mou que a cor­re­to­ra pe­diu a re­ti­ra­da do pro­ces­so no fi­nal de 2014. “Ela pe­diu a me­di­da pro­te­ti­va, mas re­ti­rou. Os dois se agre­di­am mu­tu­a­men­te”, in­for­mou ela. A ví­ti­ma tam­bém ti­nha re­gis­tra­do três ocor­rên­ci­as por con­ta das agres­sões de Ai­dil­son. A pri­mei­ra de­las foi em abril de 2014, e o acu­sa­do che­gou a fi­car de­ti­do na 23ª De­le­ga­cia (Lau­ro de Frei­tas). A se­gun­da foi re­gis­tra­da em abril des­te ano, na 26ª De­le­ga­cia (Vi­la de Abran­tes) e a ter­cei­ra na 6ª De­le­ga­cia (Bro­tas). Ami­gos da fa­mí­lia e vi­zi­nhos do ca­sal con­tam que o ex-com­pa­nhei­ro da cor­re­to­ra era um ho­mem ciu­men­to e que as bri­gas en­tre eles eram co­nhe­ci­das no bair­ro. Ai­dil­son con­tes­tou, di­zen­do que a mai­o­ria das con­fu­sões ocor­ria de­pois que a mu­lher be­bia. O ca­sal es­ta­va jun­to há cin­co anos.

No DHPP, Ai­dil­son dis­se que foi fe­ri­do pe­la ví­ti­ma nas cos­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.