Um pas­so de ca­da vez

Correio da Bahia - - Vida - Her­bem Gra­ma­cho her­bem.gra­ma­cho@re­de­bahia.com.br

Di­fí­cil en­con­trar um tor­ce­dor do Bahia que olhe a ta­be­la do Bra­si­lei­rão e não fa­ça cál­cu­los pro­je­tan­do a clas­si­fi­ca­ção pa­ra a Co­pa Li­ber­ta­do­res. Com os jo­ga­do­res não é di­fe­ren­te, ad­mi­te o meia Al­li­o­ne. O ar­gen­ti­no, no en­tan­to, re­fu­ta a em­pol­ga­ção e pre­ga con­cen­tra­ção pa­ra ven­cer o San­tos, ad­ver­sá­rio de ama­nhã, às 20h, na Fon­te No­va.

“Cla­ro que a gen­te faz pro­je­ções, sem­pre. Mas is­so não quer di­zer que a gen­te se em­pol­gue com a Li­ber­ta­do­res. Va­mos jo­go após jo­go. Se a gen­te ga­nhar, vai ter mais chan­ces de clas­si­fi­car, mas se a gen­te ti­ver a in­fe­li­ci­da­de de não ga­nhar, sa­be que tam­bém es­tá na bri­ga por va­ga na Sul-Ame­ri­ca­na”, afir­mou o ar­gen­ti­no após o trei­no de on­tem, no Fa­zen­dão.

O Bahia es­tá em no­no lu­gar, com 46 pon­tos, qua­tro a me­nos que o sé­ti­mo co­lo­ca­do Fla­men­go, que en­cer­ra a zo­na de clas­si­fi­ca­ção ao prin­ci­pal tor­neio con­ti­nen­tal. O G7 ain­da tem a pos­si­bi­li­da­de de vi­rar G8 ou até G9, con­si­de­ran­do a hi­pó­te­se do Grê­mio ser cam­peão da Li­ber­ta­do­res (es­tá na fi­nal con­tra o La­nús) e do Fla­men­go ven­cer a Co­pa Sul-Ame­ri­ca­na (es­tá na se­mi­fi­nal con­tra o Junior Bar­ran­quil­la).

Ape­sar dos cál­cu­los mi­ra­rem o fu­tu­ro, Al­li­o­ne fri­sa a im­por­tân­cia de fo­car no pre­sen­te. Na aná­li­se de­le, fal­tou con­cen­tra­ção ao ti­me di­an­te do Atlé­ti­co Mi­nei­ro, no do­min­go pas­sa­do. O tri­co­lor saiu atrás no pla­car, vi­rou a par­ti­da no se­gun­do tem­po, mas so­freu o em­pa­te 2x2. “A gen­te tem que ter con­cen­tra­ção os 90 mi­nu­tos, es­tar sem­pre li­ga­do no jo­go. Acho que con­tra o Atlé­ti­co-MG o que fal­tou foi is­so. Ti­ve­mos al­gum mi­nu­to em que a gen­te não es­ta­va mui­to li­ga­do e foi qu­an­do to­ma­mos o gol”, co­men­tou Al­li­o­ne.

No lan­ce do gol de em­pa­te atle­ti­ca­no, Lu­an es­ta­va sem mar­ca­ção ao fa­zer o pas­se, e o za­guei­ro Tiago não per­ce­beu a pas­sa­gem de Ro­bi­nho por trás. “Nós es­ta­mos nos pre­pa­ran­do pa­ra re­ce­ber um ti­me di­fí­cil, que jo­ga mui­to com a bo­la no pé. A gen­te vai ten­tar ti­rar a bo­la de­les e co­man­dar o jo­go”, des­ta­cou, re­fe­rin­do-se ao San­tos, que na úl­ti­ma se­gun­da-fei­ra foi der­ro­ta­do pe­la Cha­pe­co­en­se por 2x0, na Are­na Con­dá, em Cha­pe­có-SC.

De acor­do com o De­par­ta­men­to de Ma­te­má­ti­ca da Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral de Mi­nas Ge­rais (UFMG), que faz cál­cu­los es­ta­tís­ti­cos do Bra­si­lei­rão, a va­ga na Li­ber­ta­do­res pas­sa a ser mui­to pro­vá­vel a par­tir dos 56 pon­tos, que dão 85% de pro­ba­bi­li­da­de de clas­si­fi­ca­ção. Nes­se ca­so, o Bahia pre­ci­sa de mais dez en­tre os 12 pos­sí­veis nas qua­tro ro­da­das fi­nais. No mo­men­to, a chan­ce do clu­be é de 7,4%, apon­ta a UFMG, que le­va em con­ta o ce­ná­rio atu­al, com G7.

À VON­TA­DE

Com 12 as­sis­tên­ci­as no ano, sen­do se­te na Sé­rie A, o meia Al­li­o­ne tem ser­vi­do os com­pa­nhei­ros e si­do pe­ça im­por­tan­te no cres­ci­men­to do Bahia nes­ta re­ta fi­nal do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro.

O ar­gen­ti­no, que vol­tou a ser ti­tu­lar nas úl­ti­mas três par­ti­das e deu du­as as­sis­tên­ci­as (uma con­tra o Avaí e ou­tra con­tra a Pon­te Pre­ta), cre­di­ta a mu­dan­ça de po­si­ci­o­na­men­to em cam­po co­mo pon­to fun­da­men­tal nas su­as bo­as atu­a­ções. An­tes es­ca­la­do aberto pe­la di­rei­ta, fun­ção que exi­ge mais fi­si­ca­men­te do atle­ta, Al­li­o­ne ago­ra jo­ga cen­tra­li­za­do, en­tre os pon­tas Zé Rafael e Men­do­za e atrás do cen­tro­a­van­te Edi­gar Ju­nio.

“Ago­ra que vol­tei pa­ra o ti­me ti­tu­lar, es­tou sen­do mais par­ti­ci­pa­ti­vo. (...) Eu acho que tem mui­to a ver es­sa mu­dan­ça de po­si­ção. Jo­gan­do pe­lo meio, eu me sin­to mais à von­ta­de, con­si­go pe­gar mais na bo­la. Acho que é mais a mi­nha fun­ção do que cair pe­la bei­ra­da e fa­zer o cor­re­dor, que é o ca­so de Men­do­za e Zé Rafael”, ana­li­sa o meia.

Sem nin­guém sus­pen­so pa­ra a par­ti­da di­an­te do San­tos, o téc­ni­co Pau­lo Cé­zar Car­pe­gi­a­ni po­de re­pe­tir a es­ca­la­ção dos jo­gos con­tra Atlé­ti­co-MG e Avaí. O za­guei­ro Lu­cas Fon­se­ca, ain­da se re­cu­pe­ran­do de con­tu­são na co­xa, di­fi­cil­men­te re­tor­na.

‘Cla­ro que a gen­te faz pro­je­ções, mas não se em­pol­ga’, afir­ma Al­li­o­ne

Al­li­o­ne já tem 12 pas­ses pa­ra gol na atu­al tem­po­ra­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.