OAB-BA vai acom­pa­nhar ca­so

Correio da Bahia - - Mais -

A Or­dem dos Ad­vo­ga­dos do Bra­sil - Se­ção do Es­ta­do da Bahia (OAB-BA) es­tá acom­pa­nhan­do o ca­so do ator Le­no Sa­cra­men­to, ba­le­a­do nu­ma abor­da­gem de po­li­ci­ais ci­vis an­te­on­tem, na Ave­ni­da Se­te de Se­tem­bro.

A pre­si­den­te da Co­mis­são Es­pe­ci­al de Pro­mo­ção da Igual­da­de Ra­ci­al, Dan­da­ra Pi­nho, con­tou que um gru­po de ad­vo­ga­dos es­te­ve na de­le­ga­cia on­de foi re­gis­tra­da a qu­ei­xa - a 1ª De­le­ga­cia (Bar­ris) pa­ra co­lher in­for­ma­ções so­bre a ocor­rên­cia.

Ela vai so­li­ci­tar uma reu­nião com o go­ver­no do es­ta­do pa­ra dis­cu­tir o as­sun­to e su­ge­rir que os po­li­ci­ais en­vol­vi­dos na ação pas­sem por um cur­so de re­ci­cla­gem. Em 2017, a co­mis­são pre­si­di­da por ela re­ce­beu 189 de­nún­ci­as de ra­cis­mo na Bahia, em di­ver­sas áre­as.

Ela ci­tou o Es­ta­tu­to da Igual­da­de Ra­ci­al e de Com­ba­te à In­to­le­rân­cia Re­li­gi­o­sa da Bahia, que de­fi­ne o ra­cis­mo ins­ti­tu­ci­o­nal co­mo ações ou omis­sões sis­tê­mi­cas ca­rac­te­ri­za­das por nor­mas, prá­ti­cas, cri­té­ri­os e pa­drões for­mais e não for­mais de di­ag­nós­ti­co e aten­di­men­to, de na­tu­re­za pública ou pri­va­da, que re­sul­te em pre­con­cei­to ou dis­cri­mi­na­ção.

Pa­ra Pi­nho, es­sa dis­cri­mi­na­ção é diá­ria e não é ca­mu­fla­da. “Ve­la­da pra quem? Cer­ta­men­te, não pa­ra a ví­ti­ma. O ra­cis­mo ins­ti­tu­ci­o­nal é per­ce­bi­do no tra­ta­men­to di­fe­ren­ci­a­do da­do aos ne­gros, se­ja na se­gu­ran­ça pública, no tra­ta­men­to com des­dém em ór­gãos pú­bli­cos, ou no aten­di­men­to mais de­mo­ra­do nos hos­pi­tais, por exem­plo”, lis­tou.

A pre­si­den­te da co­mis­são afir­mou ain­da que ela re­pu­dia to­da e qual­quer ação que vi­o­le os Di­rei­tos Hu­ma­nos, e ori­en­tou que as ví­ti­mas des­se ti­po de cri­me a pro­cu­rem na ins­ti­tui­ção. Os ca­nais de de­nún­cia são o te­le­fo­ne (71) 9 8764-4606 ou o e-mail igual­da­de­ra­ci­al@oab-ba.org.br.

As quei­xas po­dem ser for­ma­li­za­das tam­bém nas re­des so­ci­ais, atra­vés das pá­gi­nas no Fa­ce­bo­ok ou no Ins­ta­gram da co­mis­são.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.