De­vo­tos en­fren­tam ca­lor e can­sa­ço pa­ra pa­gar pro­mes­sas

Cer­ca de 200 mil pes­so­as vi­si­ta­ram o San­tuá­rio Na­ci­o­nal de Apa­re­ci­da; men­sa­gem do pa­pa foi trans­mi­ti­da du­ran­te mis­sa

Folha de Londrina - - Geral - Gabriela Sá Pes­soa e Edu­ar­do Knapp Folhapress

Apa­re­ci­da -

Todos os anos, Nel­son Mar­tins, 63, car­re­ga sua cruz. Des­ta vez, ele saiu de sua casa em San­ta Bran­ca a pé, san­dá­li­as nos pés e uma mo­chi­la pe­que­na nas cos­tas, na segunda (9). Nes­ta quinta (12), es­ta­va a 7 km de seu des­ti­no, Apa­re­ci­da, quan­do a re­por­ta­gem o en­con­trou na via Du­tra. “Já es­ca­pei de mui­to na vi­da, Nos­sa Se­nho­ra já sal­vou mi­nha vi­da”, ele di­zia, de­sa­ce­le­ran­do o pas­so, ar­ras­tan­do a cruz de 1,80 me­tro nos om­bros. Ex­pli­ca­va que o es­for­ço, re­pe­ti­do anu­al­men­te há mais de uma dé­ca­da, não agra­de­cia ne­nhu­ma gra­ça es­pe­cí­fi­ca nem pe­dia nada es­pe­ci­al à San­ta. Ele con­ta que o pai re­a­pa­re­ceu de­pois de sua pri­mei­ra ro­ma­ria, em 2007. Es­ta­va ha­via 20 anos de­sa­pa­re­ci­do.

Co­mo Mar­tins, a re­por­ta­gem en­con­trou pe­re­gri­nos que vêm a Apa­re­ci­da anu­al­men­te, pa­ra agra­de­cer “por tu­do”. Nin­guém com quem a re­por­ta­gem con­ver­sou era de­vo­to de pri­mei­ra vi­a­gem.

A or­ga­ni­za­ção do San­tuá­rio Na­ci­o­nal es­pe­ra­va 200 mil pes­so­as pa­ra es­te 12 de outubro, ce­le­bra­ção do Ju­bi­leu de 300 Anos de Nos­sa Se­nho­ra Apa­re­ci­da. Em 2016, du­ran­te to­do o dia, fo­ram 140 mil.

Além de cru­zes, ro­mei­ros car­re­gam con­si­go ofer­tas de to­da sor­te a Apa­re­ci­da: imagens da San­ta, rou­pas, mi­ni­a­tu­ras de car­ro, ré­pli­cas de parte do cor­po hu­ma­no.

Os de­vo­tos che­ga­vam de to­da for­ma à ci­da­de re­li­gi­o­sa: des­cal­ços, de san­dá­li­as crocs. Ha­via também quem vi­es­se de bi­ci­cle­ta. “É mui­ta fé!”, ber­ra­va um ci­clis­ta sor­ri­den­te de bra­ços aber­tos, le­van­do no pei­to uma es­tam­pa da san­ta, ao cru­zar a ponte que con­duz até a entrada prin­ci­pal da ci­da­de.

Em co­mum, todos os fiéis apa­ren­tam um can­sa­ço ex­tre­mo, mas me­nor que a de­vo­ção. Per­to das 7h30, igre­ja lo­ta­da, um padre ce­le­bra­va uma das pri­mei­ras mis­sas do dia e pu­xou o cân­ti­co: “Mãe­zi­nha do céu, eu não sei re­zar...”. Sen­ta­dos nos ban­cos, dei­ta­dos chão, en­cos­ta­dos nas co­lu­nas, ain­da ha­via fô­le­go pa­ra can­tar a uma só voz: “Eu só sei di­zer, eu que­ro te amar”.

Fo­ra do tem­plo, ha­via fi­las por todos os lu­ga­res. Era pre­ci­so es­pe­rar pa­ra com­prar ve­las, pa­ra acen­dê-las, pa­ra ver a ima­gem de Apa­re­ci­da de per­to (pe­la ma­nhã, le­va­va­se no mí­ni­mo três ho­ras) e pa­ra comer.

PO­LÍ­TI­COS E PA­PA

Au­sên­cia de po­lí­ti­cos foi sen­ti­da em Apa­re­ci­da. A or­ga­ni­za­ção con­vi­dou au­to­ri­da­des, in­cluin­do o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer (PMDB) - que gra­vou um ví­deo lem­bran­do a da­ta e en­vi­ou o mi­nis­tro­che­fe da Se­cre­ta­ria de Go­ver­no, An­to­nio Im­bas­sahy (PS- DB), pa­ra re­pre­sen­tá-lo. “Se eu fos­se pre­si­den­te do Bra­sil, eu vi­ria, não é?”, dis­se o rei­tor do San­tuá­rio Na­ci­o­nal, padre João Ba­tis­ta, a jor­na­lis­tas, após a mis­sa cam­pal. “Eu acho que é uma ques­tão até de as­ses­so­ria. Vai ver os as­ses­so­res não aten­ta­ram pra isso. Olha, é a pa­dro­ei­ra do Bra­sil. É al­go im­por­tan­te. Mas a gen­te res­pei­ta”, afir­mou.

Ba­tis­ta ci­tou co­mo ex­ce­ção o go­ver­na­dor Ge­ral­do Alck­min (PSDB), de­cla­ra­da­men­te ca­tó­li­co, que dis­se fre­quen­tar Apa­re­ci­da des­de quan­do era pre­fei­to da vi­zi­nha Pin­da­mo­nhan­ga­ba. As au­to­ri­da­des fo­ram vai­a­das bre­ve­men­te pe­los fiéis, quan­do fo­ram anun­ci­a­das no iní­cio da ce­rimô­nia. “Não ou­vi vaia ne­nhu­ma”, res­pon­deu Alck­min, quan­do ques­ti­o­na­do so­bre a ma­ni­fes­ta­ção do pú­bli­co.

Além de au­to­ri­da­des po­lí­ti­cas, fal­tou o pa­pa Fran­cis­co na ce­le­bra­ção. Em 2013, quan­do es­te­ve em Apa­re­ci­da, ele pro­me­teu que vi­ria pa­ra os 300 anos da pa­dro­ei­ra. Em ví­deo, ele fa­lou que o bra­si­lei­ro pre­ci­sa ter fé con­tra a cor­rup­ção. “Não se dei­xem ven­cer pelo de­sâ­ni­mo”, dis­se o pa­pa, que re­pe­tiu a fra­se: “Não se dei­xem ven­cer pelo de­sâ­ni­mo. Con­fi­em em Deus.” “O Bra­sil ho­je ne­ces­si­ta de ho­mens e mu­lhe­res chei­os de es­pe­ran­ça e fir­mes na fé, que de­em tes­te­mu­nho de que o amor ma­ni­fes­ta­do na so­le­ni­da­de e na par­ti­lha é mais for­te e lu­mi­no­so que as tre­vas do egoís­mo e da cor­rup­ção”, dis­se.

O Bra­sil ho­je ne­ces­si­ta de ho­mens e mu­lhe­res chei­os de es­pe­ran­ça e fir­mes na fé”

Ro­ve­na Ro­sa/Agência Bra­sil

Fiéis co­me­mo­ram os 300 anos da apa­ri­ção da ima­gem de Nos­sa Se­nho­ra Apa­re­ci­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.