Um anjo dos di­a­bos

Es­cri­to­ra e ilus­tra­do­ra An­ge­la-La­go, fa­le­ci­da na se­ma­na pas­sa­da, dei­xou uma obra ino­va­do­ra na li­te­ra­tu­ra in­fan­til bra­si­lei­ra

Folha de Londrina - - Cidadania - Mar­cos Los­nak Es­pe­ci­al pa­ra a Fo­lha2

No úl­ti­mo dia 22 de ou­tu­bro a li­te­ra­tu­ra in­fan­til bra­si­lei­ra per­deu uma de su­as gran­des au­to­ras, a es­cri­to­ra e ilus­tra­do­ra An­ge­la-La­go. Nas­ci­da em Be­lo Ho­ri­zon­te em 1945, fa­le­ceu ví­ti­ma de uma em­bo­lia pul­mo­nar an­tes de com­ple­tar 72 anos de ida­de.

Com mais de 30 tí­tu­los pu­bli­ca­dos, An­ge­la-la­go re­a­li­zou uma sé­rie de ino­va­ções na in­te­ra­ção en­tre tex­to e ima­gem em li­vros vol­ta­dos às cri­an­ças.

Ino­vou tam­bém em re­la­ção às te­má­ti­cas. O me­lhor exem­plo es­tá na ma­nei­ra co­mo abor­dou te­mas so­bre a mor­te e o di­a­bo. Sua abor­da­gem evi­den­cia o ca­rá­ter mi­to­ló­gi­co e fol­cló­ri­co a par­tir do bom hu­mor. O sus­to e o me­do dão lu­gar ao ri­so.

“Se­te His­tó­ri­as Pa­ra Sa­cu­dir o Es­que­le­to” e “Mui­to Ca­pe­ta”, são obras que sin­te­ti­zam a li­te­ra­tu­ra cri­a­da por An­ge­la-La­go. Lan­ça­dos pe­la edi­to­ra Com­pa­nhia das Le­tri­nhas, os dois li­vros tra­zem his­tó­ri­as que tro­cam o me­do pe­lo sor­ri­so.

“Mui­to Ca­pe­ta” traz his­tó­ri­as on­de a fi­gu­ra do di­a­bo, ape­sar de co­lo­car em prá­ti­ca as mais es­per­tas es­tra­té­gi­as de mal­da­de, sem­pre en­tra pe­lo ca­no. Em ou­tras pa­la­vras, o chi­fru­do se dá mal di­an­te da es­per­te­za hu­ma­na.

“Se­te His­tó­ri­as Pa­ra Sa­cu­dir o Es­que­le­to” traz con­tos re­ple­tos fan­tas­mas, es­que­le­tos, de­fun­tos, ce­mi­té­ri­os e ou­tras coi­sas de ar­re­pi­ar. Atra­vés do hu­mor e do sus­pen­se, a mor­te é des­mas­ca­ra­da em seu te­or ima­gi­ná­rio as­sus­ta­dor.

An­ge­la-La­go tam­bém é au­to­ra de vá­ri­os li­vros de nar­ra­ti­vas pu­ra­men­te vi­su­ais. O mais co­nhe­ci­do de­les, “Ce­na de Rua”, pu­bli­ca­do pe­la edi­to­ra RHJ, re­tra­ta o dia a dia de uma criança vi­ven­do e tra­ba­lhan­do na rua. A obra ga­nhou seis prê­mi­os li­te­rá­ri­os, en­tre eles o Ja­bu­ti.

So­bre seu pró­prio no­me (al­te­ra­do em 2005 de An­ge­la La­go pa­ra An­ge­la-La­go), a es­cri­to­ra e ilus­tra­do­ra brin­ca­va: “Não sei por que re­sol­ve­ram me cha­mar de anjo. Es­se di­a­bo de no­me me dá um tra­ba­lho que vo­cês nem ima­gi­nam.”

Di­vul­ga­ção

An­ge­la-La­go: es­cri­to­ra e ilus­tra­do­ra ino­vou tam­bém nas te­má­ti­cas dos li­vros in­fan­tis

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.