Triun­fo ho­mo­lo­ga pla­nos de re­cu­pe­ra­ção ex­tra­ju­di­ci­al

Folha de Londrina - - Economia & Negócios - Ka­rin Sa­to Agên­cia Es­ta­do

A Triun­fo Par­ti­ci­pa­ções e In­ves­ti­men­tos (TPI) in­for­mou que fo­ram ho­mo­lo­ga­dos os pla­nos de re­cu­pe­ra­ção ex­tra­ju­di­ci­al da com­pa­nhia e de ou­tras em­pre­sas, bem co­mo da sua sub­si­diá­ria Con­cer (Com­pa­nhia de Con­ces­são Ro­do­viá­ria Juiz de Fo­ra - Rio). A sen­ten­ça foi pro­fe­ri­da pe­lo Juí­zo da 2ª Va­ra de Fa­lên­ci­as e Re­cu­pe­ra­ções Ju­di­ci­ais da Co­mar­ca de São Pau­lo, em 9 de fe­ve­rei­ro de 2018.

As ho­mo­lo­ga­ções di­vul­ga­das nes­ta quar­ta-fei­ra (14) con­sis­tem no re­co­nhe­ci­men­to de que fo­ram pre­en­chi­dos os re­qui­si­tos le­gais ne­ces­sá­ri­os. Com is­so, as dis­po­si­ções dos pla­nos se tor­nam vin­cu­lan­tes a to­dos os cre­do­res abran­gi­dos, in­de­pen­den­te­men­te de te­rem ou não ade­ri­do.

Co­mo con­sequên­cia, os cré­di­tos abran­gi­dos se­rão pa­gos nas con­di­ções re­es­tru­tu­ra­das pre­vis­tas em ca­da um dos pla­nos.

Con­for­me pre­vis­to no Pla­no de Re­cu­pe­ra­ção Ex­tra­ju­di­ci­al, de­ve­rá ser re­a­li­za­do o Lei­lão Re­ver­so con­sis­ten­te na op­ção B de pa­ga­men­to dos cré­di­tos abran­gi­dos em até 30 di­as con­ta­dos da pu­bli­ca­ção da re­fe­ri­da sen­ten­ça.

A Triun­fo man­te­rá os aci­o­nis­tas e o mer­ca­do de­vi­da­men­te in­for­ma­dos e pu­bli­ca­rá opor­tu­na­men­te, por meio de co­mu­ni­ca­do ao mer­ca­do, a da­ta em que o Lei­lão Re­ver­so se­rá re­a­li­za­do.

Na sen­ten­ça, fo­ram in­de­fe­ri­das as im­pug­na­ções com­ple­men­ta­res apre­sen­ta­das por al­guns cre­do­res. Hou­ve re­co­nhe­ci­men­to de que o pa­ga­men­to dos di­vi­den­dos re­fe­ren­tes ao exer­cí­cio so­ci­al de 2015 não con­tra­ri­a­ria os pla­nos de re­cu­pe­ra­ção ex­tra­ju­di­ci­al.

Em de­zem­bro, a em­pre­sa ha­via in­for­ma­do que, de­vi­do a de­ci­são ju­di­ci­al do Juí­zo Cí­vel de Plan­tão da 1ª Ins­tân­cia da Co­mar­ca de São Pau­lo, te­ria de se abs­ter de dis­tri­buir os di­vi­den­dos obri­ga­tó­ri­os re­fe­ren­tes ao exer­cí­cio so­ci­al de 2015. A de­ci­são, re­que­ri­da por um ban­co cre­dor, foi pro­fe­ri­da em tu­te­la cau­te­lar de ur­gên­cia. A dis­tri­bui­ção de di­vi­den­dos es­ta­va pre­vis­ta pa­ra ocor­rer no dia 27 de de­zem­bro de 2017.

Na oca­sião, a Triun­fo in­for­mou que ha­via re­cor­ri­do e pe­di­do re­vi­são da re­fe­ri­da de­ci­são em 23 de de­zem­bro de 2017, mas o pe­di­do foi in­de­fe­ri­do.

A Triun­fo en­trou com pe­di­do de re­cu­pe­ra­ção ex­tra­ju­di­ci­al em ju­lho do ano pas­sa­do. Os pla­nos en­glo­bam dí­vi­das da or­dem de R$ 2,5 bi­lhões. Na oca­sião, a em­pre­sa dis­se que a cri­se econô­mi­ca na­ci­o­nal afe­tou “em cheio o mer­ca­do de in­fra­es­tru­tu­ra bra­si­lei­ro”, que com­pro­me­teu a saú­de e li­qui­dez do gru­po.

A com­pa­nhia era uma das aci­o­nis­tas da Ae­ro­por­tos Bra­sil Vi­ra­co­pos (ABV), res­pon­sá­vel pe­la con­ces­são do Ae­ro­por­to In­ter­na­ci­o­nal de Cam­pi­nas. Em meio a is­so, de­ci­diu re­li­ci­tar o pro­je­to, de­vol­ven­do-o ao go­ver­no. En­quan­to is­so, a TPI dei­xou de ar­car com par­ce­las da ou­tor­ga e aci­o­nou a se­gu­ra­do­ra Swiss Re, que pa­gou à Agên­cia Na­ci­o­nal de Avi­a­ção Ci­vil (ANAC) R$ 149,8 mi­lhões re­fe­ren­te à par­ce­la da con­tri­bui­ção fi­xa de ou­tor­ga de 2016, pre­vis­ta no con­tra­to de con­ces­são do ae­ro­por­to de Vi­ra­co­pos.

São Pau­lo -

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.