MO­BI­LI­DA­DE

Co­pel in­ves­te em pes­qui­sas de so­lu­ções pa­ra carros elé­tri­cos. Ele­tro­pos­tos ins­ta­la­dos na BR-277 fun­ci­o­nam co­mo ba­se de da­dos

Folha de Londrina - - Primeira Página - Fá­bio Ga­li­ot­to Re­por­ta­gem Lo­cal

ACo­pel pas­sou nes­te ano a ins­ta­lar uma sé­rie de 11 ele­tro­pos­tos pa­ra a re­car­ga de veí­cu­los elé­tri­cos que tra­fe­guem pe­la BR-277, en­tre Foz do Igua­çu e Cu­ri­ti­ba, em uma ini­ci­a­ti­va que vi­sa de­sen­vol­ver pes­qui­sas e a pró­pria em­pre­sa pa­ra a subs­ti­tui­ção da ma­triz ener­gé­ti­ca de trans­por­tes na pró­xi­ma dé­ca­da. Os pon­tos da pri­mei­ra ele­tro­via es­ta­du­al do País per­mi­tem a co­le­ta de vá­ri­os ti­pos de in­for­ma­ções re­la­ci­o­na­dos à de­man­da e ao sis­te­ma, al­go que fa­ci­li­ta pa­ra que a em­pre­sa de­sen­vol­va até mes­mo tec­no­lo­gi­as na­ci­o­nais pa­ra o se­tor.

Em paí­ses co­mo Fran­ça, Ale­ma­nha e Chi­na, as pre­vi­sões são de que a des­car­bo­ni­za­ção com­ple­ta dos veí­cu­los ocor­ra até 2030. No en­tan­to, os prin­ci­pais paí­ses que de­sen­vol­vem so­lu­ções pa­ra carros elé­tri­cos, o que in­clui os Es­ta­dos Uni­dos, não usam ho­je nem mes­mo um plug de re­car­ga em co­mum. Em ou­tro exem­plo, não exis­te no Bra­sil um dis­po­si­ti­vo que trans­for­me a cor­ren­te al­ter­na­da, mais len­ta, pa­ra con­tí­nua, usa­da nos ele­tro­pos­tos.

Em par­ce­ria com a hi­dre­lé­tri­ca Itai­pu Bi­na­ci­o­nal, a Co­pel de­sen­vol­ve pes­qui­sas que per­mi­tem, por exem­plo, usar a ba­te­ria de um veí­cu­lo elé­tri­co pa­ra ali­men­tar uma re­si­dên­cia em mo­men­to de emer­gên­cia. Em ou­tro, bus­ca-se uma se­gun­da vi­da pa­ra par­tes e pe­ças de carros elé­tri­cos, co­mo uso da ba­te­ria pa­ra acu­mu­lar ener­gia na mi­cro­ge­ra­ção. Exis­te ain­da uma pre­o­cu­pa­ção com edi­fí­ci­os e con­do­mí­ni­os, que, di­fe­ren­te­men­te de re­si­dên­ci­as in­de­pen­den­tes, po­de­ri­am so­bre­car­re­gar a re­de du­ran­te a re­car­ga.

Par­te dos es­tu­dos é fei­to com fi­nan­ci­a­men­to do se­tor de Pes­qui­sa e De­sen­vol­vi­men­to da Ane­el (Agên­cia Na­ci­o­nal de Ener­gia Elé­tri­ca). São R$ 5,5 mi­lhões pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to de dis­po­si­ti­vos na­ci­o­nais, por exem­plo, se­gun­do o su­pe­rin­ten­den­te de Smart­grids (Re­des In­te­li­gen­tes) e Pro­je­tos Es­pe­ci­ais da Co­pel Dis­tri­bui­ção, Jú­lio Omo­ri. “Tam­bém te­mos con­ver­sas com a Re­nault e com ór­gãos pú­bli­cos, co­mo a Pre­fei­tu­ra de Cu­ri­ti­ba, por­que o pri­mei­ro mo­vi­men­to de­ve vir do se­tor pú­bli­co. Exis­tem pro­je­tos na Eu­ro­pa que fun­ci­o­nam as­sim e aju­dam a dar es­ca­la à de­man­da in­dus­tri­al”, diz.

Omo­ri ex­pli­ca que a Co­pel par­ti­ci­pa ho­je de dois pro­je­tos de tra­je­tos com ele­tro­pos­tos. Além do tra­je­to en­tre Foz e Cu­ri­ti­ba, que até o fim do ano de­ve ter to­dos os 11 pon­tos de re­car­ga, exis­te uma pro­pos­ta de li­gar as ca­pi­tais flu­mi­nen­se e ca­ta­ri­nen­se, por meio da BR101. “Con­ver­sa­mos com a Ce­lesc pa­ra a ins­ta­la­ção de dois pos­tos de Cu­ri­ti­ba a Join­vil­le e, com pou­co es­for­ço, li­ga­re­mos Foz a Flo­ri­a­nó­po­lis. Tam­bém dis­cu­ti­mos so­bre o tra­je­to en­tre Cu­ri­ti­ba e São Pau­lo, por­que de lá ao Rio já foi im­plan­ta­do.”

São pou­co mais de 200 veí­cu­los no País to­tal­men­te elé­tri­cos, diz o su­pe­rin­ten­den­te de Pro­je­tos Es­pe­ci­ais da Co­pel. Mes­mo as­sim, o in­ves­ti­men­to de R$ 150 mil a 200 mil por ele­tro­pos­to é vá­li­do por­que se­rão em­pre­sas co­mo a Co­pel que, nas pró­xi­mas dé­ca­das, se­rão as res­pon­sá­veis pe­lo abas­te­ci­men­to de veí­cu­los. “Pre­ci­sa­mos en­ten­der o im­pac­to da trans­for­ma­ção des­sa ma­triz ener­gé­ti­ca. Nos­sa in­ten­ção é es­tu­dar o re­gi­me de car­ga, o efei­to na nos­sa re­de e co­mo a den­si­da­de da de­man­da cres­ce­rá nos pró­xi­mos anos”, ci­ta Omo­ri.

Ele con­si­de­ra que a em­pre­sa, ho­je co­man­da­da pe­lo go­ver­no es­ta­du­al e com par­ti­ci­pa­ção aci­o­ná­ria pri­va­da, te­rá par­ti­ci­pa­ção im­por­tan­te na aber­tu­ra de no­vos ne­gó­ci­os. “O Bra­sil tem tu­do pa­ra ser uma re­fe­rên­cia mundial em ener­gia”, con­clui Omo­ri.

Com pou­co es­for­ço, li­ga­re­mos Foz a Flo­ri­a­nó­po­lis. Tam­bém dis­cu­ti­mos so­bre o tra­je­to en­tre Cu­ri­ti­ba e São Pau­lo"

Da­ni Cas­ti­ti/Co­pel

Até o fim do ano,o tra­je­to en­tre Foz e Cu­ri­ti­ba de­ve ter 11 pon­tos de re­car­ga: in­ves­ti­men­to al­to em ele­tro­pos­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.