Folha de S.Paulo

Tof­fo­li vê fi­nan­ci­a­men­to ex­ter­no em ata­ques

Se­gun­do mi­nis­tro do STF, qu­e­bra de si­gi­los ban­cá­ri­os mos­tra que in­ves­ti­ga­dos não são ‘um gru­po de ma­lu­cos’

- Cris­ti­na Ca­mar­go Politics · Brazil · Supreme Federal Court · O Globo · Rede Globo - Brazilian Television Network · Miami · United States of America · Jair Bolsonaro · Facebook · Brasilia · Social Liberal Party (Brazil) · Dias Toffoli · German Federal Police

Os inqué­ri­tos que apu­ram atos an­ti­de­mo­crá­ti­cos e fa­ke news no país iden­ti­fi­ca­ram fi­nan­ci­a­men­to in­ter­na­ci­o­nal a pes­so­as que usam as re­des so­ci­ais pa­ra ata­car ins­ti­tui­ções bra­si­lei­ras, dis­se Di­as Tof­fo­li.

são pau­lo Por meio da qu­e­bra de si­gi­los ban­cá­ri­os, os inqué­ri­tos que apu­ram atos an­ti­de­mo­crá­ti­cos e fa­ke news no Bra­sil iden­ti­fi­ca­ram fi­nan­ci­a­men­to in­ter­na­ci­o­nal a pes­so­as que usam as re­des so­ci­ais pa­ra ata­car ins­ti­tui­ções bra­si­lei­ras co­mo o STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral), res­pon­sá­vel pe­las in­ves­ti­ga­ções.

A in­for­ma­ção foi an­te­ci­pa­da pe­lo mi­nis­tro Di­as Tof­fo­li em en­tre­vis­ta no do­min­go (21) ao Ca­nal Li­vre, da Band.

“Es­se inqué­ri­to que com­ba­te as fa­ke news e os atos an­ti­de­mo­crá­ti­cos já iden­ti­fi­cou fi­nan­ci­a­men­to es­tran­gei­ro, in­ter­na­ci­o­nal, a ato­res que usam as re­des so­ci­ais pa­ra fa­zer cam­pa­nhas con­tra as ins­ti­tui­ções, em es­pe­ci­al o Su­pre­mo e o Con­gres­so”, dis­se.

Tof­fo­li afir­mou, sem dar de­ta­lhes so­bre fi­nan­ci­a­do­res e fi­nan­ci­a­dos, que os inqué­ri­tos con­du­zi­dos pe­lo mi­nis­tro Ale­xan­dre de Mo­ra­es apro­fun­dam nes­te mo­men­to a in­ves­ti­ga­ção des­sa in­for­ma­ção, que ele con­si­de­ra “gra­vís­si­ma”.

“A his­tó­ria do país mos­trou ao que is­so le­vou no pas­sa­do. Fi­nan­ci­a­men­to a gru­pos ra­di­cais, se­ja de ex­tre­ma di­rei­ta, se­ja de ex­tre­ma es­quer­da, pa­ra cri­ar o ca­os e de­ses­ta­bi­li­zar a de­mo­cra­cia em nos­so país”.

Se­gun­do o jor­nal O Glo­bo, João Ber­nar­do Bar­bo­sa, em­pre­sá­rio bra­si­lei­ro que atua em Mi­a­mi (EUA), é al­vo de in­ves­ti­ga­ções da Po­lí­cia Fe­de­ral e da PGR (Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca). Ele te­ria trans­fe­ri­do R$ 29 mil pa­ra Al­lan dos San­tos, do Ter­ça Li­vre, e pa­go fa­tu­ras de car­tão de cré­di­to do blo­guei­ro. Bar­bo­sa ne­ga as mo­vi­men­ta­ções.

O inqué­ri­to so­bre as fa­ke news foi aber­to em 2019 em meio a cres­cen­tes ata­ques ao STF nas re­des so­ci­ais. Des­de o iní­cio, a apu­ra­ção foi con­tes­ta­da por ter si­do ins­tau­ra­da de ofí­cio por Tof­fo­li, en­tão pre­si­den­te da cor­te, sem pro­vo­ca­ção da PGR (Pro­cu­ra­do­ri­aGe­ral da Re­pú­bli­ca).

So­men­te em 2020, por 10 vo­tos a 1, o STF de­ci­diu pe­la le­ga­li­da­de do inqué­ri­to. São al­vos da in­ves­ti­ga­ção de­pu­ta­dos, em­pre­sá­ri­os e blo­guei­ros li­ga­dos ao pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro, que so­fre­ram me­di­das de bus­ca e apre­en­são e que­bras de si­gi­lo.

Um epi­só­dio po­lê­mi­co ocor­reu em 2020, quan­do Mo­ra­es au­men­tou a pres­são so­bre o Fa­ce­bo­ok no ca­so do blo­queio de per­fis al­vos do inqué­ri­to das fa­ke news.

Após a em­pre­sa afir­mar que não cum­pri­ria a de­ci­são que de­ter­mi­na­va o blo­queio in­ter­na­ci­o­nal de per­fis bol­so­na­ris­tas, Mo­ra­es am­pli­ou de R$ 20 mil pa­ra R$ 100 mil a mul­ta diá­ria pe­lo des­cum­pri­men­to e in­ti­mou o pre­si­den­te da com­pa­nhia no Bra­sil.

Se­gun­do es­pe­ci­a­lis­tas ou­vi­dos pe­la Fo­lha ,ofa­to­deo mi­nis­tro ter ju­ris­di­ção pa­ra de­ci­dir so­bre de­ter­mi­na­do ca­so con­cre­to não quer di­zer que os efei­tos de su­as de­ci­sões pos­sam ex­tra­po­lar as fron­tei­ras do Bra­sil.

Já a in­ves­ti­ga­ção so­bre ma­ni­fes­ta­ções an­ti­de­mo­crá­ti­cas co­me­çou em 2020 após uma sequên­cia de atos em Bra­sí­lia pres­ti­gi­a­dos por Bol­so­na­ro.

Pa­ra Tof­fo­li, a in­for­ma­ção so­bre fi­nan­ci­a­men­to in­ter­na­ci­o­nal mos­tra que os que ata­cam as ins­ti­tui­ções não são um “gru­po de ma­lu­cos”.

“Há uma or­ga­ni­za­ção por trás dis­so, que ata­ca in­clu­si­ve a im­pren­sa tra­di­ci­o­nal e sé­ria”, des­ta­cou. “Te­mos que es­tar aten­tos, e o inqué­ri­to es­tá em ex­ce­len­tes mãos.”

Tof­fo­li de­fen­deu as in­ves­ti­ga­ções co­mo sal­va­guar­da à de­mo­cra­cia bra­si­lei­ra e lem­brou que o Su­pre­mo re­ce­beu o apoio de di­ver­sas en­ti­da­des re­pre­sen­ta­ti­vas da so­ci­e­da­de, in­clu­si­ve lí­de­res de par­ti­dos po­lí­ti­cos, com ex­ce­ção do PSL.

Se­gun­do ele, o sis­te­ma de Jus­ti­ça no Bra­sil atua pa­ra que “o ovo da ser­pen­te não bro­te no­va­men­te”.

 ?? Pe­dro La­dei­ra - 10.set.20/Fo­lha­press ?? O mi­nis­tro Di­as Tof­fo­li, do STF
Pe­dro La­dei­ra - 10.set.20/Fo­lha­press O mi­nis­tro Di­as Tof­fo­li, do STF

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil