Ce­der às ten­ta­ções e fazer is­so por ata­lhos po­de ser um er­ro.

Folha De S.Paulo - - Poder -

Um dos ar­gu­men­tos con­tra a elei­ção in­di­re­ta é que o par­la­men­ta­res se­ri­am cor­rup­tos.

O Con­gres­so vi­ve uma cri­se de le­gi­ti­mi­da­de, pi­o­ra­da com a ex­po­si­ção dos es­cân­da­los da La­va Ja­to. É es­se mes­mo Con­gres­so que tem vo­ta­do pro­pos­tas drás­ti­cas de emen­da, co­mo a do te­to de gas­tos, a tra­ba­lhis­ta e a Pre­vi­den­ciá­ria, en­ca­mi­nha­das por um go­ver­no sem apro­va­ção po­pu­lar e sem le­gi­ti­mi­da­de. O re­sul­ta­do tem si­do pés­si­mo e uma no­va pro­pos­ta de emen­da cons­ti­tu­ci­o­nal pa­ra al­te­rar as elei­ções se­rá tam­bém vo­ta­da por es­se Con­gres­so, ero­din­do a ideia de que a Cons­ti­tui­ção é ca­paz de in­di­car um ca­mi­nho pa­ra a saí­da da cri­se. O Con­gres­so pa­de­ce de ile­gi­ti­mi­da­de, os par­ti­dos es­tão sen­do qu­es­ti­o­na­dos e co­nhe­ce­mos, com a La­va Ja­to, as en­tra­nhas mais su­jas do sis­te­ma po­lí­ti­co. Na­da in­di­ca que elei­ção di­re­ta te­ria a ca­pa­ci­da­de de su­pe­rar es­ses ele­men­tos. Mas a pre­ser­va­ção da Cons­ti­tui­ção po­de ser um bom co­me­ço. Não há boa so­lu­ção que não pas­se pe­la Cons­ti­tui­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.