PAI­NEL DO LEITOR

Folha De S.Paulo - - Opinião -

A se­ção re­ce­be men­sa­gens pe­lo e-mail leitor@gru­po­fo­lha.com.br, pe­lo fax (11) 3223-1644 e no en­de­re­ço al. Ba­rão de Li­mei­ra, 425, São Pau­lo, CEP 01202-900. A Fo­lha se re­ser­va o di­rei­to de pu­bli­car tre­chos. Reforma mi­nis­te­ri­al Não é o de­sem­bar­que do go­ver­no que vai li­vrar o PSDB da re­vol­ta dos elei­to­res no pró­xi­mo plei­to elei­to­ral (“Tu­ca­no dei­xa Ci­da­des e dá iní­cio à reforma mi­nis­te­ri­al”, “Po­der”, 14/11). Es­se não é o PSDB a qu­em o elei­tor con­fi­ou vo­tos em 2014. La­men­tá­vel!

EDVALDO OLI­VEI­RA

Bru­no Araú­jo é ou­tro que já vai tar­de. Mi­nis­tro das Ci­da­des? Que ci­da­des? Es­se mi­nis­té­rio é mais um pen­du­ri­ca­lho pa­ra gas­tar di­nhei­ro pú­bli­co e em­pre­gar apa­dri­nha­dos. Ci­da­des sem ar­bo­ri­za­ção, sem luz elé­tri­ca, sem água ou es­go­to? Sem um ba­nhei­ro pú­bli­co pa­ra um pas­san­te uri­nar? Mo­ro em Bra­sí­lia, a ca­pi­tal do país, on­de é mais fá­cil achar um es­te­li­o­na­tá­rio do que um ba­nhei­ro pú­bli­co. Pa­ra que mi­nis­tro das Ci­da­des?

VINCE RO­DRI­GUES

Cor­rup­ção On­de se olha, on­de se me­xe, jor­ra cor­rup­ção. E não é pou­ca coi­sa. Nes­ta ter­ça (14), fo­ram cen­te­nas de mi­lhões no Rio de Janeiro (“La­va Ja­to mi­ra pre­si­den­te da Alerj e em­pre­sá­rio de ôni­bus do Rio”, fo­lha.com/no1935278) e em Ma­to Gros­so do Sul (“Po­lí­cia afir­ma que ex-go­ver­na­dor de MS re­ce­beu pro­pi­na em mo­chi­las”, fo­lha.com/no1935346). Quan­do o Su­pre­mo vai se to­car e co­me­çar a jul­gar os tu­ba­rões?

ALE­XAN­DRE DEVELEY

Fi­cha lim­pa So­bre “Maia si­na­li­za apoio a gru­po que ten­ta res­trin­gir fi­cha lim­pa” (“Po­der”, 11/11), o pro­ble­ma apre­sen­ta­do pe­lo gru­po (des­ca­ra­da­men­te cul­pa­do) é que “a lei bra­si­lei­ra nun­ca re­tro­a­giu pa­ra pre­ju­di­car”. Ve­jo que, no ca­so, ela re­tro­a­gi­ria não pa­ra pre­ju­di­car os no­bres po­lí­ti­cos, mas pa­ra aju­dar o po­vo. Aliás, em tem­pos de reforma trabalhista, em que se fa­la tan­to das di­fi­cul­da­des do em­pre­ga­dor, é cu­ri­o­so que o po­vo, co­mo em­pre­ga­dor, fi­que tão a es­can­teio de seus no­bres em­pre­ga­dos.

GUS­TA­VO BASSO

Abor­to Além de ver uma mu­lher lin­da e po­ten­te, pen­so que te­ria si­do re­le­van­te pa­ra o leitor da Fo­lha sa­ber o que mais acon­te­ceu na ma­ni­fes­ta­ção con­tra a PEC 181 (“Co­ti­di­a­no”, 14/11). Quan­tas pes­so­as par­ti­ci­pa­ram? Em quan­tas ci­da­des do Bra­sil hou­ve ma­ni­fes­ta­ções? Qual o mo­ti­vo de­las? Na edi­ção on­li­ne não hou­ve nem se­quer uma cha­ma­da pa­ra o as­sun­to.

BE­A­TRIZ BRACHER

Cha­ci­na Mais uma vez, a úni­ca pes­soa que é dig­na de ter re­la­ta­da a sua sub­je­ti­vi­da­de ad­vém da clas­se mé­dia (“A mor­te de Bruna”, “Co­ti­di­a­no”, 14/11). E as de­mais? E as ou­tras três pes­so­as as­sas­si­na­das? Elas não têm his­tó­ria, fa­mí­lia, dig­ni­da­de?

CLEBER SO­A­RES DE SOU­ZA

Co­lu­nis­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.