São Jo­sé

Con­te com a aju­da e pro­te­ção do san­to

Guia Astral - - Índice -

NUN­CA FAL­TAR GRA­NA

Em­bru­lhe um pu­nha­do de mo­e­das em uma fo­lha de pa­pel. De­pois, pro­cu­re uma igreja que te­nha uma ima­gem de São Jo­sé e, olhan­do pa­ra a ima­gem, di­ga: “Es­te dinheiro é teu, São Jo­sé”. Em ho­me­na­gem ao san­to, re­ze um Pai-Nos­so e uma Ave-Ma­ria. Dei­xe as mo­e­das no ofer­tó­rio da igreja e jo­gue o pa­pel no li­xo.

ACHAR UM BOM EM­PRE­GO

Em um dia qual­quer, bem ce­di­nho, re­ze uma Sal­ve-Rai­nha, uma Ave-Ma­ria e um Cre­do a São Jo­sé. De­pois, pe­ça com mui­ta fé pa­ra que ele aju­de vo­cê a con­se­guir um bom em­pre­go. Em se­gui­da, acen­da uma ve­la bran­ca so­bre um pires. Es­pe­re a ve­la ter­mi­nar de quei­mar e jo­gue seus res­tos no li­xo. O pires po­de ser usa­do nor­mal­men­te de­pois de la­va­do.

CON­SA­GRA­ÇÃO DA SA­GRA­DA FA­MÍ­LIA

“Mais ama­do Je­sus, que, por tua ine­fá­vel vir­tu­de e pe­lo exem­plo de tua vi­da do­més­ti­ca, con­sa­grou a fa­mí­lia que es­co­lhes­te so­bre a ter­ra. Na tua cle­mên­cia, olhe por es­sa fa­mí­lia hu­mil­de­men­te pros­tra­da pe­ran­te ti, im­plo­ran­do tua mi­se­ri­cór­dia. Lem­bre-se de que es­ta fa­mí­lia per­ten­ce a ti e te­mos a uma ma­nei­ra es­pe­ci­al de nos de­di­car­mos e con­sa­grar­mos. Olha-nos em tua bondade amorosa, pre­ser­ve-nos de to­do pe­ri­go, dai-nos aju­da na ho­ra da ne­ces­si­da­de e con­ce­de-nos a gra­ça de per­se­ve­rar ao fi­nal, na imi­ta­ção da tua sa­gra­da fa­mí­lia, que re­ve­ren­ci­ou a ti e te amou fi­el­men­te so­bre a ter­ra. Nós po­de­re­mos aben­ço­ar-te e lou­var-te eter­na­men­te no céu. Ó Ma­ria, mais do­ce mãe, pa­ra a tua in­ter­ces­são, bus­ca­mos re­cur­so, sa­ben­do que teu di­vi­no fi­lho vai ou­vir tu­as ora­ções. E tu, ó glo­ri­o­so pa­tri­ar­ca São Jo­sé, as­sis­ta-nos por tua po­de­ro­sa me­di­a­ção e ofe­re­ça pe­las mãos de Ma­ria as nos­sas pre­ces a Je­sus. Amém.”

BRE­VE ORA­ÇÃO A SÃO JO­SÉ

“Po­de­ro­sís­si­mo pro­te­tor e se­nhor de mi­nha al­ma, São Jo­sé, es­te vos­so fi­lho, tão mes­qui­nho e ne­ces­si­ta­do, en­tre­ga­se to­do ao vos­so pa­tro­cí­nio. Ve­lai so­bre mim na ca­sa de Deus, que é a igreja, pa­ra que eu se­ja um dia mo­ra­dor da ca­sa de Deus no céu.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.