Sin­to­mas de amor

Confira al­guns si­nais que o ca­ra dá quan­do es­tá na sua

Guia Astral - - #prontofalei -

De fa­to, a pai­xão apa­re­ce em nós co­mo um sen­ti­men­to ain­da a ser des­ven­da­do. Sur­gem inú­me­ras dú­vi­das e so­mos atin­gi­das por uma en­xur­ra­da de emo­ções. Por is­so, não exis­te na­da mais cha­to do que não ter cer­te­za dos sen­ti­men­tos do ga­to. Mas, por in­crí­vel que pa­re­ça, é pos­sí­vel per­ce­ber se ele es­tá a fim ou não.

A lin­gua­gem do cor­po

Ele não pa­ra de olhar pa­ra a sua bo­ca e in­cli­na o cor­po em sua di­re­ção quan­do es­tão jun­tos? Não te­nha dú­vi­das: o ca­ra sen­te al­go es­pe­ci­al por vo­cê. Além de fi­ca­rem de mãos da­das o tem­po to­do, tro­cam ca­rí­ci­as e pre­fe­rem pro­gra­mas a dois? En­tão, a pai­xão es­tá no ar.

Pre­o­cu­pa­ção

Res­pi­ra­ção ofe­gan­te e pau­sas pa­ra co­lo­car os pen­sa­men­tos em or­dem são ati­tu­des que, sem dú­vi­da, de­mons­tram cer­to ner­vo­sis­mo. E is­so po­de ser tí­pi­co de al­guém que quer re­ve­lar o que sen­te, mas não tem co­ra­gem ou não sa­be o mo­men­to cer­to.

Os olhos fa­lam

Ob­ser­ve o jei­to que ele olha pra vo­cê. A tro­ca de olha­res é im­por­tan­te e mui­tas pes­so­as não con­se­guem man­ter es­se con­ta­to quan­do não es­tão sen­do sin­ce­ras. As­sim, se o lin­do a olha pro­fun­da­men­te, as chan­ces de­le es­tar sen­do ver­da­dei­ro são mui­to gran­des.

Aque­le bei­jo

O bei­jo é o sím­bo­lo do amor e a for­ma mais ín­ti­ma de ca­ri­nho. Se já pas­sa­ram de tí­mi­dos se­li­nhos pa­ra ver­da­dei­ros bei­jos de no­ve­la, há bo­as chan­ces do ga­to sen­tir al­go mais sé­rio por vo­cê.

O que ele diz

As pa­la­vras são ar­mas po­de­ro­sas pa­ra as pes­so­as ex­pres­sa­rem o que sen­tem. Mas elas tam­bém po­dem ser di­tas ape­nas no ca­lor do mo­men­to. Lem­bre-se: nem to­dos con­se­guem ex­por as emo­ções fa­lan­do, en­tão, dê mais aten­ção às ou­tras ati­tu­des tam­bém.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.