Al­ma gê­mea

Pre­vi­sões pa­ra vo­cê con­quis­tar o ho­mem da sua vi­da até o fim do ano!

Guia Astral - - Primeira Página -

ÁRI­ES

Ju­lho: vo­cê vai es­tar pu­ro char­me e sa­be­rá en­vol­ver seu al­vo. Al­guém do pas­sa­do po­de sur­gir e me­xer com as su­as emo­ções. Só pro­cu­re con­tro­lar a ti­mi­dez.

Agos­to: se da­rá bem na con­quis­ta po­de co­me­çar um na­mo­ro sé­rio. Apro­vei­te es­sa fa­se pa­ra as­su­mir com­pro­mis­sos.

Se­tem­bro: chan­ces de ro­lar uma quí­mi­ca for­te. An­tes de mer­gu­lhar no lan­ce, bus­que co­nhe­cer me­lhor o ca­ra.

Ou­tu­bro: de­ve se en­vol­ver com pes­so­as que ren­de­rão mo­men­tos quen­tes, mas con­vém ma­nei­rar nas ex­pec­ta­ti­vas.

No­vem­bro: a pri­mei­ra quin­ze­na se­rá ide­al pa­ra re­a­li­zar seus de­se­jos, pois sua sen­su­a­li­da­de es­ta­rá bom­ban­do.

De­zem­bro: o cli­ma vai às al­tu­ras! Seu po­der de se­du­ção de­ve dei­xá-la ir­re­sis­tí­vel, mas pen­se an­tes de se en­tre­gar.

TOU­RO

Ju­lho: a par­tir do dia 9, Vê­nus tra­rá uma fa­se de mui­to su­ces­so na pa­que­ra. Vai dei­xar os pre­ten­den­tes ba­ban­do.

Agos­to: al­guém dis­pu­ta­do po­de cair de amo­res por vo­cê. Dei­xe a quí­mi­ca na in­ti­mi­da­de de­ci­dir o des­ti­no do lan­ce.

Se­tem­bro: a pai­xão que sem­pre so­nhou de­ve sur­gir na sua vi­da. Uma pro­pos­ta de com­pro­mis­so sé­rio po­de ro­lar.

Ou­tu­bro: uma pes­soa in­flu­en­te po­de me­xer com os seus sen­ti­men­tos. Fi­que aten­ta, pois os as­tros pe­dem cau­te­la.

No­vem­bro: atra­ção ir­re­sis­tí­vel por al­guém que en­can­ta vo­cê. Uma ami­za­de co­lo­ri­da de­ve re­ser­var for­tes emo­ções.

De­zem­bro: mo­men­to fe­liz na pa­que­ra: de­ve con­quis­tar aque­le al­guém que de­se­ja e fir­mar o lan­ce an­tes do Na­tal.

GÊ­ME­OS

Ju­lho: há si­nal de in­fluên­cia fa­mi­li­ar no amor. Apro­vei­te en­con­tros e fes­ti­nhas com pa­ren­tes, pois es­ses even­tos po­dem fa­vo­re­cer su­as pa­que­ras.

Agos­to: mo­men­to pra ar­ra­sar na con­quis­ta! Vê­nus in­gres­sa no seu pa­raí­so as­tral no dia 6, e seu char­me não vai per­do­ar os pa­que­ras.

Se­tem­bro: mes­mo com mo­men­tos con-

fu­sos, o lan­ce com um co­nhe­ci­do de­ve ser bom. Não des­car­te pa­que­ras no tra­ba­lho.

Ou­tu­bro: com a sua sim­pa­tia e seu jei­ti­nho ca­ris­má­ti­co, vo­cê sa­be­rá co­mo en­can­tar. Pa­que­ras quen­tes po­dem pin­tar!

No­vem­bro: a con­quis­ta es­ta­rá pro­te­gi­da a par­tir do dia 17, pois vai con­tar com uma for­ci­nha de Vê­nus.

De­zem­bro: mes­mo com uma fa­se ruim na pri­mei­ra se­ma­na, mui­to es­tí­mu­lo e pro­te­ção vão acom­pa­nhar vo­cê na pai­xão.

CÂN­CER

Ju­lho: irá en­can­tar com o seu char­me e chan­ces de pa­que­ra vão sur­gir em to­do can­to, até no am­bi­en­te de tra­ba­lho. In­vis­ta!

Agos­to: a sau­da­de de­ve con­ta­gi­ar vo­cê. Um re­en­con­tro com al­guém do pas­sa­do po­de me­xer com o seu co­ra­ção. Se­tem­bro: Vê­nus en­tra no seu pa­raí­so as­tral no dia 9 e dei­xa seu po­der de se­du­ção ti­nin­do! Vai atrair co­mo um ímã.

Ou­tu­bro: em ro­lês com a tur­ma, te­rá su­ces­so na pa­que­ra. Só cui­da­do pa­ra não brin­car com os sen­ti­men­tos de al­guém.

No­vem­bro: de­ve se sen­tir mais se­gu­ra a par­tir do dia 17. Apro­vei­te pa­ra re­a­li­zar o que tan­to so­nha na pai­xão.

De­zem­bro: mês es­pe­ci­al no amor e nas con­quis­tas. Abu­se de su­as me­lho­res qua­li­da­des pa­ra im­pres­si­o­nar o pa­que­ra.

LEÃO

Ju­lho: os se­gre­dos pa­ra se dar bem no amor se­rão seu char­me e sim­pa­tia. Po­de en­trar em sin­to­nia com al­guém es­pe­ci­al.

Agos­to: com sua lá­bia, vai ga­nhar quem de­se­ja. Mui­ta pro­te­ção, har­mo­nia e ener­gia po­si­ti­va pa­ra os as­sun­tos do co­ra­ção.

Se­tem­bro: gran­des chan­ces de se en­can­tar lo­go no pri­mei­ro pa­po. Lem­bran­ças do pas­sa­do po­dem ba­lan­çar as emo­ções.

Ou­tu­bro: vo­cê po­de pas­sar por mo­men­tos di­fí­ceis. Ten­te con­tro­lar as exi­gên­ci­as: as co­bran­ças se­rão as mai­o­res ini­mi­gas da con­quis­ta.

No­vem­bro: vai mos­trar o quão sexy é e vi­ver uma fa­se ex­ci­tan­te na pai­xão. Do­mi­nar o jo­go da se­du­ção se­rá mo­le­za pra vo­cê.

De­zem­bro: mui­ta pa­que­ra ga­ran­ti­da com a aju­da do seu ca­ris­ma e sim­pa­tia. Po­de en­cer­rar 2018 com um no­vo amor ao seu la­do.

VIR­GEM

Ju­lho: ca­mi­nhos aber­tos no amor: as in­se­gu­ran­ças de­vem cair por ter­ra e seu char­me vai bri­lhar. A pes­soa cer­ta po­de­rá es­tar di­an­te dos seus olhos.

Agos­to: a par­tir do dia 13, pai­xão agi­ta­da. Com seu la­do se­du­tor em al­ta, vo­cê vai ar­re­ben­tar. Po­de aca­bar se en­vol­ven­do com al­guém.

Se­tem­bro: con­te com sua lá­bia e char­me pa­ra con­quis­tar quem de­se­ja. A par­tir do dia 9, a sor­te tam­bém es­ta­rá do seu la­do.

Ou­tu­bro: nes­se mês, evi­te for­çar mui­to a bar­ra ou exi­gir de­mais de quem de­se­ja. Pro­cu­re dei­xar tu­do acon­te­cer na­tu­ral­men­te.

No­vem­bro: tu­do in­di­ca que vo­cê vi­ve­rá uma fa­se mais en­vol­ven­te no amor. Um lan­ce po­de até ga­nhar mais in­ten­si­da­de.

De­zem­bro: nes­se mês, um amor à pri­mei­ra vis­ta de­ve pe­gar seu co­ra­ção de sur­pre­sa. Po­de se apai­xo­nar pra va­ler.

LI­BRA

Ju­lho: fa­se ruim pa­ra a pai­xão, já que Vê­nus en­tra em seu in­fer­no as­tral no dia 9. Po­de se sen­tir pra bai­xo e de­sa­ni­ma­da com os as­sun­tos amo­ro­sos.

Agos­to: a fa­se me­lho­ra na pai­xão. Mais con­fi­an­te e es­ban­jan­do char­me, vo­cê não vai de­mo­rar pa­ra con­quis­tar aque­le al­guém es­pe­ci­al.

Se­tem­bro: só su­ces­so na pri­mei­ra se­ma­na: vai es­tar ir­re­sis­tí­vel aos olhos de quem quer con­quis­tar. Mas evi­te fi­car mui­to em ci­ma de­le.

Ou­tu­bro: mês com­pli­ca­do. Con­fli­tos po­dem ro­lar por cau­sa do seu jei­to pos­ses­si­vo. Apos­te do jo­go de cin­tu­ra na pa­que­ra.

No­vem­bro: im­pre­vis­tos po­dem pin­tar na pri­mei­ra quin­ze­na, mas, de­pois, te­rá apoio pa­ra re­a­li­zar seus so­nhos.

De­zem­bro: do­bre a cau­te­la com o ciú­me. Se con­tro­lar su­as re­a­ções, as coi­sas de­vem fluir me­lhor na épo­ca das fes­tas.

ES­COR­PIÃO

Ju­lho: uma ener­gia óti­ma vai con­ta­gi­ar vo­cê. Fi­que aten­ta às ami­za­des: pes­so­as pró­xi­mas po­dem se mos­trar mui­to im­por­tan­tes pa­ra a pa­que­ra.

Agos­to: nem tu­do vai acon­te­cer co­mo quer – es­pe­ci­al­men­te a par­tir do dia 6,

quan­do Vê­nus vai in­fer­ni­zar o seu as­tral. Do­bre o cui­da­do!

Se­tem­bro: a par­tir do dia 9, Vê­nus dei­xa­rá seu char­me no au­ge e ga­ran­te su­ces­so na con­quis­ta.

Ou­tu­bro: su­as ex­pec­ta­ti­vas de­vem ser pre­en­chi­das du­ran­te a pri­mei­ra se­ma­na. Mas pro­ble­mas po­dem ro­lar a par­tir do dia 6.

No­vem­bro: seu jei­ti­nho se­du­tor fi­ca­rá ir­re­sis­tí­vel na se­gun­da quin­ze­na. O cli­ma vai fer­ver, e até um lan­ce es­con­di­do po­de ro­lar.

De­zem­bro: a pai­xão pro­me­te só coi­sas bo­as. Com sua sen­su­a­li­da­de, vo­cê sa­be­rá dei­xar os de­se­jos do seu al­vo à flor da pe­le.

SA­GI­TÁ­RIO

Ju­lho: vo­cê des­per­ta­rá mui­tas pai­xões com sua sen­su­a­li­da­de po­de­ro­sa. Só não se pre­ci­pi­te de­mais pa­ra não com­pro­me­ter as su­as chan­ces na pa­que­ra.

Agos­to: o co­ra­ção po­de ba­ter mais for­te por um co­le­ga, mas pe­gue le­ve no seu jei­to con­tro­la­dor pa­ra não quei­mar o fil­me, va­leu?

Se­tem­bro: um bom pa­po vai bas­tar pra vo­cê im­pres­si­o­nar seu pa­que­ra já nos pri­mei­ros en­con­tros, pois es­ta­rá bem co­mu­ni­ca­ti­va.

Ou­tu­bro: uma quí­mi­ca po­de­ro­sa po­de sur­gir, mas con­vém ir com cau­te­la, pois o ris­co de con­fu­são é grande.

No­vem­bro: po­dem pin­tar al­guns im­pre­vis­tos nas pri­mei­ras se­ma­nas. Mas vai se sen­tir re­no­va­da após o dia 16, e a pai­xão irá bri­lhar.

De­zem­bro: em­bo­ra con­te com um ca­ris­ma ir­re­sis­tí­vel e atraia pai­xões, os as­sun­tos do co­ra­ção não es­ta­rão li­vres de al­tos e bai­xos.

CA­PRI­CÓR­NIO

Ju­lho: mu­dan­ças po­si­ti­vas es­tão a ca­mi­nho! Po­de co­nhe­cer al­guém es­pe­ci­al e se apai­xo­nar. A se­gun­da quin­ze­na re­ser­va as me­lho­res opor­tu­ni­da­des de con­quis­ta.

Agos­to: seu mês vai fer­ver! Uma pai­xão in­ten­sa de­ve sur­gir e vo­cê não he­si­ta­rá em mos­trar seu la­do fo­go­so.

Se­tem­bro: óti­mo mês pa­ra in­ves­tir na con­quis­ta, prin­ci­pal­men­te a par­tir do dia 9, quan­do Vê­nus da­rá uma for­ça na pai­xão.

Ou­tu­bro: evi­te se dei­xar le­var pe­las ex­pec­ta­ti­vas: não es­pe­re de­mais de qual­quer apro­xi­ma­ção pa­ra não se ilu­dir.

No­vem­bro: vo­cê es­ta­rá ir­re­sis­tí­vel e de­ve cha­mar a aten­ção de quem de­se­ja. Mas fi­que aler­ta, pois há si­nal de de­sen­con­tros.

De­zem­bro: sur­pre­sas bo­as de­vem ro­lar na pa­que­ra, ain­da mais na épo­ca das fes­tas. Cur­ta ao má­xi­mo!

AQUÁ­RIO

Ju­lho: no­vi­da­des quen­tes de­vem pin­tar nos as­sun­tos do co­ra­ção. Com o cli­ma ro­mân­ti­co e en­vol­ven­te, a pai­xão vai ser mar­can­te, prin­ci­pal­men­te no se­xo.

Agos­to: po­de sen­tir mais von­ta­de de in­te­ra­gir com as pes­so­as. Apro­vei­te es­sa ten­dên­cia pa­ra se apro­xi­mar do pa­que­ra.

Se­tem­bro: a pai­xão de­ve ser mui­to in­ten­sa e re­che­a­da de pra­zer, mas vo­cê vai pre­ci­sar de jo­go de cin­tu­ra pa­ra man­ter o equi­lí­brio.

Ou­tu­bro: evi­te for­çar a bar­ra na pa­que­ra. Em vez de pres­si­o­nar, es­pe­re o lan­ce ama­du­re­cer e se fir­mar.

No­vem­bro: nes­se mês, a sor­te vai so­prar na sua di­re­ção e vo­cê sa­be­rá se co­mu­ni­car mui­to bem com quem pre­ten­de con­quis­tar.

De­zem­bro: o cli­ma tem tu­do pa­ra es­tar bem ge­ne­ro­so na pai­xão, com opor­tu­ni­da­des de su­ces­so. Vo­cê vai bri­lhar co­mo nun­ca.

PEI­XES

Ju­lho: com seu jei­ti­nho gra­ci­o­so e apai­xo­nan­te, vo­cê po­de con­quis­tar nos pri­mei­ros en­con­tros e o lan­ce tem tu­do pa­ra fi­car sé­rio a par­tir do dia 9.

Agos­to: pai­xão vi­bran­te. Po­de se sen­tir atraí­da por um co­nhe­ci­do. Vai es­tar mais ro­mân­ti­ca e sen­su­al a par­tir do dia 6.

Se­tem­bro: vi­a­gens ou pas­sei­os em lu­ga­res di­fe­ren­tes po­dem te apro­xi­mar de al­guém com po­ten­ci­al pa­ra ser sua al­ma gê­mea.

Ou­tu­bro: es­ta­rá mais exi­gen­te nos as­sun­tos do co­ra­ção e fi­ca­rá ten­ta­da a re­a­va­li­ar um re­la­ci­o­na­men­to com fu­tu­ro du­vi­do­so.

No­vem­bro: com a sen­su­a­li­da­de a mil, vai atrair co­mo um ímã. Al­tas tem­pe­ra­tu­ras e for­tes emo­ções no amor e no se­xo.

De­zem­bro: nes­se mês, seu la­do sexy e po­de­ro­so vai fa­zer su­ces­so e uma pai­xão avas­sa­la­do­ra de­ve acon­te­cer.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.