Pro­je­to No­vo8 quer vi­a­bi­li­zar aces­so a in­for­ma­ções que pre­vi­nam ris­cos na ho­te­la­ria

Hoteis - - Mercado -

Com o in­tui­to de au­men­tar a ca­pa­ci­da­de de pre­ven­ção de ris­cos e de pro­te­ção das pes­so­as e dos ne­gó­ci­os na ho­te­la­ria, foi cri­a­do o No­vo8 – Com­par­ti­lhan­do so­lu­ções, um pro­je­to que vi­a­bi­li­za o aces­so a in­for­ma­ções re­le­van­tes pa­ra o se­tor. A fer­ra­men­ta é uma cri­a­ção de Otá­vio No­vo, es­pe­ci­a­lis­ta em cri­ses e ris­cos pa­les­trou no Fó­rum de Se­gu­ran­ça Ho­te­lei­ra, no dia 23 de agos­to.

Se­gun­do ele, a di­ver­si­da­de de ris­cos vem au­men­tan­do e as si­tu­a­ções de cri­ses e de mu­dan­ças abrup­tas de ce­ná­ri­os são ca­da vez mais fre­quen­tes e co­muns. Mu­dan­ças cli­má­ti­cas, ten­sões so­ci­ais, cri­ses po­lí­ti­cas, ins­ta­bi­li­da­de econô­mi­ca, for­te ex­po­si­ção mi­diá­ti­ca, etc, são si­tu­a­ções que dei­xa­ram de ser ex­ce­ção pa­ra se tor­nar re­gra.

Por is­so, to­dos os pro­fis­si­o­nais que atu­am em mer­ca­dos e ati­vi­da­des im­por­tan­tes, co­mo o se­tor de hos­pi­ta­li­da­de e tu­ris­mo, de­vem es­tar pre­pa­ra­dos pa­ra agir de for­ma ade­qua­da di­an­te de ques­tões sen­sí­veis. E o pro­je­to No­vo8 bus­ca con­tri­buir com es­sa pre­pa­ra­ção.

Par­te da pla­ta­for­ma No­vo8 é um si­te (www.no­vo8.com.br) que con­cen­tra e dis­po­ni­bi­li­za in­for­ma­ções em vá­ri­os ní­veis, e que po­dem ser aces­sa­dos de for­mas di­fe­ren­tes e de acor­do com as ca­rac­te­rís­ti­cas de ca­da usuá­rio. Des­de in­for­ma­ções to­tal­men-

te gra­tui­tas até aten­di­men­tos es­pe­cí­fi­cos sob de­man­da, o te­ma Ges­tão de Ris­cos e Cri­ses é abor­da­do e apre­sen­ta­do de for­ma aces­sí­vel a to­dos os ní­veis de ati­vi­da­de e res­pon­sa­bi­li­da­de na ca­deia da hos­pi­ta­li­da­de, po­den­do ser pron­ta­men­te co­lo­ca­do em prá­ti­ca, de for­ma autô­no­ma, ou com o acom­pa­nha­men­to e su­por­te ne­ces­sá­rio.

Além dos con­cei­tos de ge­ren­ci­a­men­to de ris­cos e cri­ses abor­da­dos no si­te, o pro­je­to No­vo8 tam­bém pre­vê a re­a­li­za­ção de pa­les­tras e workshops pa­ra pro­fis­si­o­nais da área e tam­bém pa­ra es­tu­dan­tes e no­vos pro­fis­si­o­nais do se­tor de tu­ris­mo e hos­pi­ta­li­da­de.

Es­sas ações po­dem ser re­a­li­za­das pre­sen­ci­al­men­te ou por in­ter­mé­dio de fer­ra­men­tas de in­ter­net co­mo ví­de­o­con­fe­rên­cais e web­ná­ri­os. Par­te des­sas ações tam­bém é re­a­li­za­da sem qual­quer cus­to e tem co­mo ob­je­ti­vo ofe­re­cer aces­so a qu­em re­al­men­te pre­ci­se e se in­te­res­se por es­se no­vo ti­po de atu­a­ção de for­ta­le­ci­men­to de tais ati­vi­da­des.

Tam­bém es­tão dis­po­ní­veis os ser­vi­ços da consultoria No­vo8, que de ma­nei­ra mais apro­fun­da­da e fo­ca­da, po­de aten­der a de­man­das es­pe­cí­fi­cas de or­ga­ni­za­ções, es­ta­be­le­ci­men­tos ou pro­fis­si­o­nais atu­an­tes no mer­ca­do da hos­pi­ta­li­da­de. A par­tir des­sas ati­vi­da­des e al­ter­na­ti­vas, o pro­je­to No­vo8 vi­sa com­par­ti­lhar so­lu­ções por in­ter­mé­dio de ca­nais de co­mu­ni­ca­ção di­ver­sos pa­ra apoi­ar na evo­lu­ção dos pro­fis­si­o­nais des­se es­tra­té­gi­co se­tor. “Es­sa ação de su­por­te e co­la­bo­ra­ção pos­si­bi­li­ta a ge­ra­ção de me­lho­res ser­vi­ços, aju­dan­do no for­ta­le­ci­men­to do Tu­ris­mo do Bra­sil, pa­ra que ca­da vez mais cum­pra o seu im­por­tan­te pa­pel econô­mi­co e so­ci­al no de­sen­vol­vi­men­to do país”, ex­pli­ca Otá­vio. Em 2017, o pro­je­to No­vo8 foi men­ci­o­na­do pe­la OMT / ONU co­mo uma das ini­ci­a­ti­vas ali­nha­das ao Ano In­ter­na­ci­o­nal de Sus­ten­ta­bi­li­da­de no Tu­ris­mo pa­ra o De­sen­vol­vi­men­to.

Otá­vio No­vo: “Di­ver­si­da­de de ris­cos vem au­men­tan­do e as si­tu­a­ções de cri­ses e de mu­dan­ças abrup­tas de ce­ná­ri­os são ca­da vez mais fre­quen­tes e co­muns”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.