Bour­bon apre­sen­ta de­ta­lhes do Fun Pla­ce na uni­da­de de Ati­baia (SP)

Hoteis - - Modernização -

Pa­ra ga­ran­tir o mes­mo su­ces­so do es­pa­ço já exis­ten­te em Foz do Igua­çu, a Bour­bon Ho­téis & Re­sorts inau­gu­rou uma no­va ver­são do Fun Pla­ce na uni­da­de de Ati­baia, no in­te­ri­or de São Paulo. Tra­ta-se de um es­pa­ço com ati­vi­da­des pa­ra to­da a fa­mí­lia, que já es­tá sen­do uti­li­za­do nes­tas fé­ri­as de ve­rão.

Há área pa­ra be­bês, sa­la de ga­mes e jo­gos ele­trô­ni­cos. Além dis­so, ex­plo­ran­do ain­da mais a par­ce­ria com a mar­ca Tur­ma da Mô­ni­ca, de Mau­rí­cio de Sou­sa, se­rá aber­to um es­pa­ço ex­clu­si­vo com os per­so­na­gens: o Mun­do Es­pa­ci­al da Tur­ma da Mô­ni­ca, de­sen­vol­vi­do de for­ma cus­to­mi­za­da pa­ra o re­sort pau­lis­ta.

No pri­mei­ro se­mes­tre de 2018, um no­vo com­ple­xo de even­tos com 9.665,66 m² se­rá en­tre­gue e irá so­mar aos 12 mil m² já exis­ten­tes.

De acor­do com Adri­a­na Car­do­so, Di­re­to­ra co­mer­ci­al da Bour­bon, es­ta é uma op­ção de en­tre­te­ni­men­to pa­ra os fi­lhos de to­das as ida­des, do be­bê ao ado­les­cen­te. “As sa­las de ga­mes interativas es­tão em fi­na­li­za­ção, além do es­pa­ço Mo­ni­ca Baby, com in­fra­es­tru­tu­ra se­gu­ra com es­pu­ma e brin­que­dos edu­ca­ti­vos. Is­so re­for­ça a par­ce­ria que te­mos há mais de 10 anos com a Mau­rí­cio de Sou­sa Pro­du­ções, que clu­be já tem mais de 30 mil cri­an­ças ca­das­tra­das”, co­men­tou.

Se­gun­do ela, mes­mo com a im­plan­ta­ção do no­vo es­pa­ço não ha­ve­rá mu­dan­ça nas ta­ri­fas – ape­nas os ajus­tes anu­ais já pre­vis­tos de acor­do com a eco­no­mia. “O Bour­bon Ati­baia é um fo­co de in­ves­ti­men­tos da re­de, que con­se­gue mo­ni­to­rar o com­por­ta­men­to de hos­pe­da­gem dos hós­pe­des. Eles sem­pre pro­cu­ram no­vi­da­des e por is­so es­ta­mos re­no­van­do mais uma vez”.

A ex­pec­ta­ti­va de ocu­pa­ção pa­ra es­ta tem­po­ra­da é 10% mai­or que no ano pas­sa­do. E o re­sort con­ta ape­nas com seus hós­pe­des pa­ra

pres­ti­gi­ar o no­vo es­pa­ço. “Não tra­ba­lha­mos com Day Use, pois is­so po­de atra­pa­lhar a uti­li­za­ção dos nos­sos cli­en­tes. Não te­mos es­sa po­lí­ti­ca pa­ra não ti­rar o con­for­to de quem já es­tá hos­pe­da­do”, ex­pli­cou Adri­a­na Car­do­so.

As­sim co­mo o Fun Pla­ce na uni­da­de de Foz do Igua­çu, o no­vo es­pa­ço de Ati­baia foi to­tal­men­te ade­qua­do às ca­rac­te­rís­ti­cas des­te em­pre­en­di­men­to e da re­gião. “Qu­e­re­mos usar es­te es­pa­ço co­mo um gan­cho pa­ra tra­zer as fa­mí­li­as no fi­nal de se­ma­na, atrain­do tam­bém cli­en­tes da re­gião. O Mun­do Es­pa­ci­al só se­rá en­con­tra­do no Bour­bon Ati­baia, uma ofer­ta com­ple­men­tar ao es­pa­ço que já exis­te”, com­ple­men­tou a Di­re­to­ra co­mer­ci­al.

De­pois dis­so, os apar­ta­men­tos ain­da pas­sa­rão por uma re­for­ma pa­ra fi­ca­rem mais mo­der­nos. “Es­ta­mos mui­to sa­tis­fei­tos com os re­sul­ta­dos que a uni­da­de al­can­çou até o mo­men­to. Du­ran­tes es­tes 15 anos con­quis­ta­mos nos­so es­pa­ço e nos con­so­li­da­mos co­mo uma re­fe­rên­cia na re­gião. Mes­mo as­sim es­ta­mos sem­pre ino­van­do e qu­e­re­mos ofe­re­cer sem­pre o me­lhor aos nos­sos cli­en­tes, por is­so no­vos es­pa­ços e re­for­mas fa­zem par­te des­te no­vo ci­clo do em­pre­en­di­men­to”, fi­na­li­za Jo­sé Oza­nir, Di­re­tor Re­gi­o­nal.

Blue Tree Towers Ca­xi­as do Sul (RS) inau­gu­ra spa Rayan

O Blue Tree Towers Ca­xi­as do Sul pas­sou a ofe­re­cer um ser­vi­ço de Spa da Rayan Es­pa­ço Te­ra­pêu­ti­co. O no­vo es­pa­ço con­ta com qua­tro sa­las ins­ta­la­das na co­ber­tu­ra do ho­tel pa­ra mas­sa­gem re­la­xan­te e te­ra­pêu­ti­ca, shi­at­su, rei­ki e sa­la de ba­nho de emer­são (ofurô). O es­pa­ço é de­co­ra­do com itens que bus­cam a har­mo­nia e o equi­lí­brio do cor­po e da men­te, pa­ra que o cli­en­te pos­sa re­la­xar.

As op­ções de te­ra­pi­as se­rão dis­po­ni­bi­li­za­das em for­ma de pa­co­tes ou avul­sas, tan­to pa­ra hós­pe­des quan­to ao pú­bli­co pas­san­te. Os in­te­res­sa­dos po­de­rão con­tar com: re­la­xa­men­to, te­ra­pi­as cor­po­rais, mas­sa­gens e ba­nhos, agre­ga­dos a mo­der­nos equi­pa­men­to e pro­du­tos, além de uma equi­pe es­pe­ci­a­li­za­da.

Ca­na Bra­va Re­sort (BA) inau­gu­ra res­tau­ran­te à la car­te

Adep­to ao sis­te­ma All In­clu­si­ve, o Ca­na Bra­va Re­sort, si­tu­a­do em Ilhéus (BA) inau­gu­rou re­cen­te­men­te mais um res­tau­ran­te: o Co­co Den­dê. Após pas­sar por uma am­pla re­no­va­ção do es­pa­ço que já exis­tia, fo­ram in­cluí­dos uma co­zi­nha pró­pria e um bar.

Tam­bém hou­ve mo­der­ni­za­ção da mo­bí­lia, lou­ças e ta­lhe­res, além da re­no­va­ção do me­nu.

O res­tau­ran­te ofe­re­ce sugestões en­tre a cu­li­ná­ria bai­a­na até pra­tos ba­se­a­dos em fru­tos do mar ser­vi­dos no jan­tar, das 19h00 às 21h00 e das 21h00 às 23h00. As no­vi­da­des se­rão ofe­re­ci­das em um es­pa­ço que aco­mo­da 118 pes­so­as. O no­vo es­pa­ço é ex­clu­si­vo àque­les que se hos­pe­dam com o mí­ni­mo de três di­as e con­ta com ser­vi­ço de re­ser­va que po­de ser fei­to di­a­ri­a­men­te, en­tre 15h e 17h30, pe­las hos­tess do pró­prio res­tau­ran­te.

O Co­co Den­dê se so­ma aos ou­tros dois res­tau­ran­tes ofe­re­ci­dos pe­lo Ca­na Bra­va – Mar à Vis­ta e En­con­tro das Águas.

No Res­tau­ran­te En­con­tro das Águas, são ser­vi­dos ca­fé da ma­nhã, al­mo­ço com pra­tos das cu­li­ná­ri­as re­gi­o­nal e in­ter­na­ci­o­nal na mo­da­li­da­de bu­fê, além de jan­ta­res te­má­ti­cos. “O sis­te­ma all in­clu­si­ve, sem dú­vi­das, é um dos gran­des di­fe­ren­ci­ais do nos­so em­pre­en­di­men­to. A re­no­va­ção do res­tau­ran­te é o iní­cio de uma sé­rie de no­vi­da­des que se­rão apre­sen­ta­das na área da gas­tro­no­mia a partir de de­zem­bro”, dis­se Ra­fa­el do Es­pí­ri­to San­tos, Di­re­tor Co­mer­ci­al do re­sort.

De­vil­le Pri­me Sal­va­dor in­ves­te em re­vi­ta­li­za­ção de Es­pa­ço Kids

O Es­pa­ço Kids do De­vil­le Pri­me Sal­va­dor pas­sou por al­gu­mas mu­dan­ças pa­ra es­ta tem­po-

ra­da. O Ge­ren­te de Ar­qui­te­tu­ra e In­te­ri­o­res da re­de ho­te­lei­ra, Re­né Fe­li­pe Giu­li­a­ni acres­cen­tou ele­men­tos lú­di­cos na de­co­ra­ção da área. Um pi­so de vi­ní­li­co foi in­cluí­do ao am­bi­en­te imi­tan­do gra­ma, além dis­so, o ar­qui­te­to in­ves­tiu em es­ca­la de co­res pri­má­ri­as, puff, pis­ci­nas de bo­li­nhas, gan­gor­ra e gi­ra-gi­ra. Com o ob­je­ti­vo de atrair um pú­bli­co di­ver­si­fi­ca­do, o Es­pa­ço Kids foi di­vi­di­do em du­as áre­as in­te­gra­das: Uma de­las tem co­mo pú­bli­co prin­ci­pal cri­an­ças de até se­te anos. O es­pa­ço pos­sui livros, área pa­ra de­se­nho e di­ver­sos brin­que­dos; o ou­tro am­bi­en­te é vol­ta­do prin­ci­pal­men­te pa­ra pré-ado­les­cen­tes, com ae­ro hoc­key, pe­bo­lim e vi­de­o­ga­me.

Pen­san­do ain­da na ne­ces­si­da­de das cri­an­ças pe­que­nas, o es­pa­ço con­ta com uma área de apoio, lo­cal em que pais po­dem pre­pa­rar al­gum ali­men­to ou até fa­zer uma vi­ta­mi­na. O Es­pa­ço Kids ain­da dis­põe de um can­to pa­ra lei­tu­ra e de­se­nho, com me­sas e ca­dei­ras, e um am­bi­en­te de es­tar, on­de há puffs pa­ra pais que de­se­jam acom­pa­nhar seus fi­lhos nos mo­men­tos de la­zer.

Tro­pi­ca­lis Ho­téis re­a­li­za re­tro­fit em du­as uni­da­des

O Tro­pi­ca­lis Palms, ho­tel 4 es­tre­las lo­ca­li­za­do no bair­ro da Pon­ta Ver­de, em Ma­ceió (AL), pas­sou por um re­tro­fit em seus 110 apar­ta­men­tos, re­ce­ben­do no­vos pi­sos e itens de de­co­ra­ção. O pai­sa­gis­mo das áre­as co­muns tam­bém foi re­de­se­nha­do e a equi­pe re­ce­beu no­vos in­te­gran­tes, a exem­plo da co­or­de­na­ção de A&B, li­de­ra­da pe­la nu­tri­ci­o­nis­ta Li­si­an­ne Fer­raz. A re­es­tru­tu­ra­ção é fru­to da ar­ti­cu­la­ção do atu­al Ge­ren­te ope­ra­ci­o­nal Luiz Fe­li­pe Lemos, pro­fis­si­o­nal com for­ma­ção em Tu­ris­mo e Ho­te­la­ria e con­sul­tor em ges­tão ope­ra­ci­o­nal.

Os se­to­res de Ali­men­tos e Be­bi­das des­ta uni­da­de e do Tro­pi­ca­lis Slim, si­tu­a­dos na mes­ma ci­da­de, pas­sa­ram tam­bém por im­por­tan­tes re­for­mu­la­ções. O res­tau­ran­te Co­quei­rais, do Tro­pi­ca­lis Palms, por exem­plo, ago­ra con­ta com no­vos pra­tos e com um car­dá­pio de layout mais mo­der­no. As áre­as de Re­cur­sos Hu­ma­nos e Go­ver­nan­ça tam­bém re­ce­be­ram re­for­ços com a aju­da de con­sul­to­ri­as ex­ter­nas.

Ho­tel ca­ta­ri­nen­se uti­li­za in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al no aten­di­men­to on­li­ne de cli­en­tes

O Fai­al Pri­me Sui­tes é um dos pri­mei­ros ho­téis do Bra­sil a ado­tar in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al pa­ra au­to­ma­ti­zar o aten­di­men­to on­li­ne. O ho­tel fi­ca lo­ca­li­za­do na ci­da­de de Flo­ri­a­nó­po­lis (SC) e pos­sui co­mo prin­ci­pal ca­nal de re­ser­vas o pró­prio si­te. A tec­no­lo­gia con­sis­te em um sis­te­ma de chat­bot com in­te­li­gên­cia ar­ti­fi­ci­al ca­paz de aten­der não só no chat do si­te, mas em bre­ve tam­bém via Mes­sen­ger, Sky­pe, e até WhatsApp. Da­dos da consultoria in­ter­na­ci­o­nal Gart­ner apon­tam que até 2020, 85% das in­te­ra­ções de ser­vi­ço ao cli­en­te en­vol­ve­rão o uso de chat­bots. O ge­ren­te co­mer­ci­al do ho­tel, Lu­ci­a­no Vi­ei­ra, con­tem­pla as van­ta­gens que o sis­te­ma ofe­re­ce: “a ve­lo­ci­da­de de res­pos­ta pa­ra o cli­en­te fi­nal, a pos­si­bi­li­da­de de ter ven­da di­re­ta por men­sa­gens em di­ver­sos ca­nais de aten­di­men­to, a cer­te­za de que o pa­drão de aten­di­men­to se­rá man­ti­do 24h00 por dia, 7 di­as por se­ma­na, e o con­tro­le es­ta­tís­ti­co so­bre a qua­li­da­de do aten­di­men­to”. Ou­tro pon­to des­ta­ca­do foi tec­no­lo­gia uti­li­za­da “ex­clu­si­va­men­te pa­ra o mer­ca­do ho­te­lei­ro”. Ago­ra, ao aces­sar o si­te do ho­tel, in­de­pen­den­te do ho­rá­rio, o chat da pá­gi­na es­ta­rá au­to­ma­ti­za­do com di­ver­sas in­for­ma­ções re­le­van­tes pa­ra to­ma­da de de­ci­são dos vi­si­tan­tes. De acor­do com a em­pre­sa, quan­to mais as pes­so­as in­te­ra­gem com o robô de aten­di­men­to on­li­ne, mais in­te­li­gen­te e me­lhor vão fi­can­do as in­for­ma­ções. Lu­ci­a­no ex­pli­cou que “nun­ca ha­via ade­ri­do a um sis­te­ma de chat no si­te do ho­tel an­tes por­que não acha­va pro­fis­si­o­nal fi­car off-li­ne por vá­ri­as ho­ras du­ran­te a se­ma­na, à noi­te, fins de se­ma­na, já que só o co­mer­ci­al do ho­tel te­ria con­di­ções de fa­zer o aten­di­men­to no pa­drão de­se­ja­do”.

Mon­re­a­le Re­sort inau­gu­ra par­que aquá­ti­co pa­ra as cri­an­ças

O Mo­re­a­le Re­sort, lo­ca­li­za­do em Po­ços de Cal­das (MG), im­plan­tou um par­que aquá­ti­co vol­ta­do pa­ra cri­an­ças. Com o ob­je­ti­vo de di­ver-

tir os pe­que­nos e dei­xar os pais des­fru­ta­rem de um me­re­ci­do descanso, o par­que con­ta com uma am­pla es­tru­tu­ra pa­ra cri­an­ças de to­das as ida­des. O par­qui­nho aquá­ti­co foi in­cluí­do na pis­ci­na in­fan­til ex­ter­na, en­tre­ten­do o pú­bli­co mi­rim com um brin­que­do co­lo­ri­do, es­cor­re­ga­do­res e du­chas de água. O Mon­re­a­le Ho­tel Re­sort é re­co­nhe­ci­do por ofe­re­cer ati­vi­da­des va­ri­a­das pa­ra to­das as ida­des. Den­tre as op­ções de la­zer pa­ra be­bês e me­no­res de 3 anos, es­tão a sa­li­nha de re­cre­a­ção com brin­que­dos, o Par­que da Ga­le­ra (ex­ter­no) e o Par­que In­do­or (re­cém-inau­gu­ra­do) - uma es­tru­tu­ra com es­cor­re­ga­dor, ca­ma elás­ti­ca, pis­ci­na de bo­li­nha, ba­lan­ço, gan­gor­ra, cam­po de fu­te­bol com gra­ma sin­té­ti­ca, má­qui­na de dan­ça e ou­tras. Uma equi­pe de re­cre­a­ção tam­bém foi in­ves­ti­da pa­ra au­xi­li­ar as cri­an­ças com jo­gos e dei­xar os pais mais tran­qui­los. As brin­ca­dei­ras são di­vi­di­das por fai­xa etá­ria de 3 a 5 anos. São re­a­li­za­das ati­vi­da­des pe­da­gó­gi­cas ori­en­ta­das pa­ra ani­mar, in­te­grar e edu­car os pe­que­nos. A partir dos 6 anos, as prá­ti­cas são fei­tas nas qua­dras es­por­ti­vas, pis­ci­nas, além da tra­di­ci­o­nal noi­te do pi­ja­ma. Além dos es­pa­ços pa­ra as cri­an­ças, o ho­tel dis­po­ni­bi­li­za uma es­tru­tu­ra com­ple­ta pa­ra to­das as ida­des. Pos­sui o úni­co par­que vol­ta­do ex­clu­si­va­men­te pa­ra ca­mi­nha­das e trei­nos de cor­ri­das com so­lo mis­to do Bra­sil, cha­ma­do de Par­que das Ca­mi­nha­das – sen­do um to­tal de qua­tro tri­lhas de bai­xa, mé­dia e al­ta in­cli­na­ção. Há qua­dras de tê­nis, loun­ge com ves­tiá­ri­os e du­chas, pis­ci­nas tro­pi­cais e aque­ci­das, cam­po de fu­te­bol, qua­dra po­li­es­por­ti­va, qua­dras de areia pa­ra Be­a­ch Vol­ley e Fo­otVol­ley, te­a­tro, ci­ne­ma e sa­lão de jo­gos.

Bris­tol Me­tro­po­li­tan (PR) pas­sou por re­tro­fit

O ho­tel Bris­tol Me­tro­po­li­tan, pri­mei­ro em­pre­en­di­men­to da re­de Bris­tol Ho­téis & Re­sorts no País, lo­ca­li­za­do na re­gião cen­tral de Cu­ri­ti­ba (PR), pas­sou por um re­tro­fit re­cen­te­men­te, mo­der­ni­zan­do

to­dos os seus apar­ta­men­tos com um no­vo de­sign, no­vos en­xo­vais e uma no­va li­nha de ele­tro­do­més­ti­cos, além dis­so, a re­cep­ção e o res­tau­ran­te tam­bém fo­ram re­no­va­dos se­guin­do os mes­mos pa­râ­me­tros de de­co­ra­ção dos apar­ta­men­tos, pa­ra que o hós­pe­de se sin­ta aco­lhi­do des­de o check–in.

Se­gun­do a Di­re­to­ra exe­cu­ti­va da Bris­tol, Elay­ne Alves, a ins­pi­ra­ção pa­ra as mu­dan­ças vem de Pi­et Mon­dri­an, pin­tor ne­er­lan­dês mo­der­nis­ta que deu ori­gem ao es­ti­lo ne­o­plás­ti­co, que é a ba­se do no­vo Bris­tol Me­tro­po­li­tan. “A ideia é que o ho­tel se trans­for­me em uma área de in­for­ma­ção cul­tu­ral, re­fe­rên­cia em um am­bi­en­te mo­der­no, sem per­der o ar de acon­che­go que pre­ci­sa ofe­re­cer”, dis­se a di­re­to­ra.

O ho­tel tem equi­pa­men­tos pre­pa­ra­dos pa­ra aten­der os mais di­ver­sos pú­bli­cos, já que pos­sui ca­te­go­ri­as de lu­xo, aco­mo­da­ções econô­mi­cas, apar­ta­men­tos pa­ra lon­gas es­tá­di­as e flats, além de res­tau­ran­te e ser­vi­ço ro­om ser­vi­ce.

GJP Ho­tels & Re­sorts mo­der­ni­za em­pre­en­di­men­to em Na­tal pa­ra se tor­nar pa­drão lu­xo

A GJP Ho­tels & Re­sorts pro­mo­veu um re­tro­fit em seu em­pre­en­di­men­to pa­drão su­pe­ri­or, o Pro­digy Be­a­ch Re­sort Na­tal ele­van­do a ca­te­go­ria lu­xo. As­sim, o em­pre­en­di­men­to pas­sou a se cha­mar Wish Na­tal e pa­ra is­so, te­ve to­das su­as áre­as mo­der­ni­za­das, in­cluin­do co­muns co­mo lobby, apar­ta­men­tos, res­tau­ran­tes, pis­ci­nas, spa e cen­tro de even­tos.

Ad­qui­ri­do pe­la re­de em ju­lho de 2016, de lá pa­ra cá o ho­tel pas­sou por am­pla re­for­ma e ga­nhou a as­si­na­tu­ra do ar­qui­te­to João Ar­men­ta­no. O Wish Na­tal é o ter­cei­ro ho­tel des­te por­te no Bra­sil, so­man­do-se ao Wish Serrano, em Gra­ma­do (RS) e o Wish Foz do Igua­çu, em Foz do Igua­çu (PR).

Um dos des­ta­ques es­pe­ci­ais é o res­tau­ran­te me­di­ter­râ­neo (à la car­te), as­sim co­mo o layout do res­tau­ran­te no es­ti­lo buf­fet (pa­ra al­mo­ços e jan­ta­res) e o am­plo sa­lão do lobby, que ga­nhou mo­bi­liá­rio as­si­na­do por gran­des mes­tres do de­sign mo­ve­lei­ro. Na par­te ex­ter­na, foi inau­gu­ra­do um bar da pis­ci­na com cho­pei­ra e pe­tis­cos pa­ra sa­bo­re­ar em fren­te ao mar. Há ain­da a suí­te pre­si­den­ci­al, tam­bém 100% re­mo­de­la­da no pa­drão cle­an/praia e a pis­ci­na “ex­pe­ri­en­ce”, que traz som am­bi­en­te em es­ti­lo loun­ge, to­a­lhas re­fres­can­tes, fru­tas pi­ca­das e ge­la­das pa­ra de­gus­ta­ção à bei­ra-mar.

Os apar­ta­men­tos tam­bém fo­ram to­tal­men­te re­mo­de­la­dos pa­ra, no má­xi­mo, três pes­so­as, com aten­di­men­to ex­clu­si­vo do guest re­la­ti­ons da uni­da­de e ser­vi­ços es­pe­ci­ais pro­por­ci­o­na­dos pe­la ban­dei­ra Wish. Com a re­for­ma, o Wish Na­tal já po­de ser con­si­de­ra­do um dos prin­ci­pais re­sorts de al­to pa­drão do Bra­sil.

Pou­sa­da Ca­sa de Ma­ria co­me­ça 2018 com mu­dan­ças na in­fra­es­tru­tu­ra

O em­pre­en­di­men­to lo­ca­li­za­do em Pra­do (BA) es­tá fi­na­li­zan­do um pro­ces­so de remodelação dos am­bi­en­tes in­ter­nos e ex­ter­nos. Es­tão sen­do cri­a­dos ban­galôs na área da pis­ci­na e re­for­ma nas suí­tes lu­xos, que ga­nha­ram no­vos equi­pa­men­tos de me­lhor efi­ci­ên­cia ener­gé­ti­ca, col­chões e smart tvs. Es­tão pre­vis­tas ain­da adap­ta­ções e me­lho­ri­as na área ex­ter­na de TV.

Pa­ra a di­re­ção da pou­sa­da, o flu­xo de mo­der­ni­za­ção faz par­te das ex­pec­ta­ti­vas dos hós­pe­des que já são fi­de­li­za­dos: “Mui­tos de nos­sos hós­pe­des vol­tam sem­pre à pou­sa­da e se en­can­tam pois sem­pre há no­vi­da­des. Acre­di­ta­mos que eles sem­pre bus­cam tran­qui­li­da­de e con­for­to, en­tão qu­e­re­mos pro­por­ci­o­nar a me­lhor es­ta­dia du­ran­te os di­as que es­ti­ver co­nos­co. As mu­dan­ças e adap­ta­ções são es­sen­ci­ais pa­ra mo­der­ni­za­ção dos nos­sos ser­vi­ços”, ana­li­sa a Ge­ren­te Co­mer­ci­al, Ira­ce­ma Ri­bei­ro.

Re­de Pla­za in­ves­ti­rá R$ 80 mi­lhões no Pla­za Eco­re­sort Ca­pi­va­ri no Pa­ra­ná

A Re­de Pla­za de Ho­téis es­tá com trâ­mi­tes fi­nais de li­cen­ças na re­gião de Cam­pi­na Gran­de do Sul, no Pa­ra­ná, pa­ra a am­pli­a­ção e mo­der­ni­za­ção de seu em­pre­en­di­men­to, o Pla­za Eco­re­sort Ca­pi­va­ri. Pa­ra is­so, os exe­cu­ti­vos da re­de Pla­za, Car­los Hen­ri­que Sch­midt, Her­mí­nio Beck e Ra­fa­el Zu­chi­ni se reu­ni­ram re­cen­te­men­te com o Go­ver­na­dor do Pa­ra­ná, Be­to Ri­cha, o Pre­fei­to Bihl Za­ne­ti, e seus Se­cre­tá­ri­os de Cul­tu­ra e De­sen­vol­vi­men­to e o Pre­si­den­te da Câ­ma­ra de Ve­re­a­do­res pa­ra apre­sen­tar o pro­je­to de in­ves­ti­men­to que a re­de fa­rá na área de tu­ris­mo na­que­la re­gião pró­xi­ma de Cu­ri­ti­ba.

A am­pli­a­ção do Pla­za Eco­re­sort Ca­pi­va­ri con­ta­rá com um in­ves­ti­men­to de mais de R$ 80 mi­lhões pa­ra acres­cen­tar 144 apar­ta­men­tos ao lo­cal e re­for­mar as áre­as de la­zer e res­tau­ran­tes do re­sort. Os no­vos apar­ta­men­tos te­rão de 40 até 190m², pa­ra aco­mo­dar de três até oi­to ou no­ve pes­so­as nos mai­o­res. Além dis­so, o nú­me­ro de co­la­bo­ra­do­res de­ve­rá au­men­tar pa­ra aten­der a de­man­da.

O Go­ver­na­dor Ri­cha se com­pro­me­teu a acom­pa­nhar pes­so­al­men­te to­dos os trâ­mi­tes de li­cen­ças e do­cu­men­ta­ção ne­ces­sá­ri­as pa­ra a li­be­ra­ção das obras jun­to aos ór­gãos res­pon­sá­veis. Se­gun­do ele, o em­pre­en­di­men­to é a in­dús­tria que mais se ade­qua a re­gião, não tem cha­mi­nés, prin­ci­pal­men­te por es­tar em uma área de pre­ser­va­ção am­bi­en­tal.

San­dri Pa­la­ce Ho­tel em Ita­jaí (SC) in­ves­te em am­pli­a­ção e mo­der­ni­za­ção

O em­pre­en­di­men­to que é uma re­fe­rên­cia de hos­pe­da­gem de qua­li­da­de na ci­da­de ca­ta­ri­nen­se de Ita­jaí, es­tá co­me­mo­ran­do 38 anos de ati­vi­da­des e pa­ra con­ti­nu­ar ain­da mais com­pe­ti­ti­vo no mer­ca­do, inau­gu­ra sua se­gun­da torre além de um re­tro­fit com­ple­to. “Es­ta­mos con­so­li­da­dos na re­gião, mas op­ta­mos por mo­der­ni­zar nos­sa uni­da­de de Ita­jaí vis­to que ou­tros ho­téis en­tra­rão no mer­ca­do em bre­ve. En­tre­tan­to ne­nhum de­les te­rá a es­tru­tu­ra, a qua­li­da­de e va­ri­e­da­de de ser­vi­ços que ofe­re­ce­mos”, afir­mou Gi­o­va­ni San­dri, Di­re­tor Co­mer­ci­al da San­dri Ho­téis, em­pre­sa que de­tém uma uni­da­de ca­te­go­ria econô­mi­ca em Bal­neá­rio Cam­bo­riú.

Se­gun­do San­dri, o mer­ca­do ho­te­lei­ro em Ita­jaí pas­sou a ser mui­to in­te­res­san­te com o des­per­tar econô­mi­co da ci­da­de. “Pa­ra con­ti­nu­ar­mos com­pe­ti­ti­vos no mer­ca­do, re­a­li­za­mos in­ves­ti­men­tos em es­tru­tu­ra, tec­no­lo­gia e se­gu­ran­ça, com no­vo ge­ra­dor pa­ra aten­der si­tu­a­ções de emer­gên­cia, qua­tro no­vos ele­va­do­res, re­es­tru­tu­ra­ção da la­van­de­ria, co­zi­nha, área de car­ga e des­car­ga, in­ter­net de al­ta ve­lo­ci­da­de bus­can­do su­pe­rar a de­man­da de nos­sos cli­en­tes. Pen­san­do em aten­der a no­va po­lí­ti­ca de meio am­bi­en­te, fo­ram ad­qui­ri­dos no­vos pai­néis so­la­res pa­ra aque­ci­men­to da água, cap­ta­ção e tra­ta­men­to da água das chu­vas pa­ra sa­ni­tá­ri­os, lim­pe­za das áre­as so­ci­ais e jar­dins, além da subs­ti­tui­ção de to­da a ilu­mi­na­ção do ho­tel com lâm­pa­das de led”, ex­pli­ca San­dri.

Ra­dis­son Ho­tel Be­lém dis­tri­bui ces­tas bá­si­cas em ins­ti­tui­ção pa­ra­en­se

Os co­la­bo­ra­do­res do Ra­dis­son Ho­tel Be­lém, em­pre­en­di­men­to per­ten­cen­te à re­de Atlan­ti­ca Ho­tels na ca­pi­tal pa­ra­en­se, dis­tri­buí­ram ces­tas bá­si­cas pa­ra cri­an­ças e ado­les­cen­tes no Lar Aco­lhe­dor da Tia So­cor­ro, na ilha de Mos­quei­ro, no dis­tri­to de Be­lém do Pa­rá.

Além des­sas do­a­ções, fo­ram en­tre­gues kits es­co­la­res, de hi­gi­e­ne e brin­que­dos. “Um gru­po de mé­di­cos tam­bém re­a­li­zou exa­mes preventivos gra­tui­tos. O even­to con­tou, ain­da, com a dis­tri­bui­ção de gu­lo­sei­mas e com a re­a­li­za­ção de jo­gos, brin­ca­dei­ras e mo­men­tos de re­cre­a­ção”, afir­ma Le­o­nar­do Ro­dri­gues, Ge­ren­te ge­ral do Ra­dis­son Ho­tel Be­lém.

A ação con­tou com par­ce­ria da Childho­od Bra­sil, e se­gun­do Ro­dri­gues, a mo­bi­li­za­ção so­ci­al bus­ca efe­ti­va­men­te pro­por­ci­o­nar o bem-es­tar das cri­an­ças e jo­vens lo­cais. “Nos­sa equi­pe se pre­o­cu­pa em aju­dar. Es­ta é a se­gun­da ação so­ci­al, cu­ja con­tri­bui­ção e do­a­ções al­can­çam re­sul­ta­dos ines­ti­má­veis, o que nos dá mui­ta fe­li­ci­da­de, por­que re­fle­tem-se em uma co­mu­ni­da­de in­tei­ra”, dis­se.

Ao to­do, fo­ram en­tre­gues cer­ca de 400 ces­tas bá­si­cas, mais de 350 fran­gos e re­a­li­za­dos apro­xi­ma­da­men­te 600 exa­mes clí­ni­cos. “Mi­ni­mi­zar os im­pac­tos e as di­fe­ren­ças so­ci­ais, re­vi­ta­li­zan­do o in­te­res­se co­le­ti­vo em uma co­mu­ni­da­de es­ta­be­le­ce um no­vo pa­drão pa­ra a ho­te­la­ria bra­si­lei­ra”, ex­pli­cou Ro­dri­gues.

Bar­re­tos Coun­try Ther­mas Park doa meia tonelada de ali­men­tos pa­ra cre­che bar­re­ten­se

O Bar­re­tos Coun­try Ther­mas Park en­tre­gou meia tonelada de ali­men­tos não pe­re­cí­veis à di­re­to­ria da cre­che re­gi­o­nal Dom Jo­sé de Ma­tos Pe­rei­ra. A en­ti­da­de aten­de cer­ca de 100 cri­an­ças com ida­des que va­ri­am en­tre o ber­çá­rio, ma­ter­nal e re­cre­a­ção. Os ali­men­tos fo­ram en­tre­gues e as cri­an­ças pu­de­ram apro­vei­tar um dia de la­zer e con­fra­ter­ni­za­ção no Par­que.

De acor­do com uma das fun­da­do­ras e atu­al pre­si­den­te da cre­che, Lei­la Gemha Taha, ao to­do são ofe­re­ci­das cin­co re­fei­ções diá­ri­as pa­ra as cri­an­ças, sen­do ca­fé da ma­nhã, al­mo­ço, jan­tar e lan­ches. Ela des­ta­cou a im­por­tân­cia da ação: “em­bo­ra te­nha­mos con­vê­ni­os nas es­fe­ras mu­ni­ci­pal, es­ta­du­al e fe­de­ral, gran­de par­te da ma­nu­ten­ção da Cre­che vem de do­a­ções e even­tos que re­a­li­za­mos, por is­so agra­de­ce­mos a cons­ci­ên­cia so­ci­al do Bar­re­tos Coun­try”.

Os ali­men­tos fo­ram en­tre­gues pe­los Ge­ren­tes co­mer­ci­al e de la­zer, Flá­vio Sou­za e An­dré Na­sor­ri, res­pec­ti­va­men­te, que re­ve­la­ram ou­tras ações de cu­nho so­ci­al pa­ra 2018.

Ac­corHo­tels lan­ça pla­ta­for­ma que ofe­re­ce ação eco­ló­gi­ca com no­va pro­pos­ta

Uma no­va pro­pos­ta da Ac­corHo­tels por meio de uma ação de seu pro­gra­ma glo­bal de re­flo­res­ta­men­to – Plant for the Pla­net – aca­ba de lan­çar uma pla­ta­for­ma on­li­ne que per­mi­te que os par­ti­ci­pan­tes com­prem e ofe­re­çam árvores co­mo pre­sen­te. O va­lor ar­re­ca­da­do fi­nan­ci­a­rá o plan­tio de mu­das em di­ver­sas re­giões do mun­do.

De­sen­vol­vi­do em con­jun­to com o parceiro de lon­go pra­zo, Pur Pro­jet, o ob­je­ti­vo é pro­mo­ver a cons­ci­en­ti­za­ção e en­vol­ver o mai­or nú­me­ro pos­sí­vel de pes­so­as no que diz res­pei­to à agro­flo­res­ta­ção, téc­ni­ca de plan­tio que vi­sa re­cu­pe­rar áre­as de­gra­da­das in­te­gran­do o ma­ne­jo de agri­cul­tu­ra sus­ten­tá­vel com o re­flo­res­ta­men­to da ma­ta nativa em paí­ses em que o Gru­po ope­ra.

Pa­ra o lan­ça­men­to da pla­ta­for­ma, fo­ram se­le­ci­o­na­dos cin­co pro­je­tos de agro­flo­res­ta­ção na Fran­ça, Ro­mê­nia, Se­ne­gal, In­do­né­sia e Pe­ru. Os par­ti­ci­pan­tes po­dem op­tar por plan­tar uma ou mais árvores (por exem­plo, frei­xo, aba­ca­te, eu­ca­lip­to, man­ga, ba­o­bá, car­va­lho, bé­tu­la, man­ga e ou­tras árvores fru­tí­fe­ras), se­ja pa­ra si mes­mo ou co­mo pre­sen­te.

De­pois de con­fir­ma­da a pos­se da ár­vo­re (que é ven­di­da de 3 a 10 eu­ros), a pes­soa re­ce­be um cer­ti­fi­ca­do de plan­tio com no­me e de­ta­lhes da es­pé­cie de ár­vo­re, sua lo­ca­li­za­ção, bem co­mo o no­me do agri­cul­tor em cu­ja ter­ra as árvores se­rão plan­ta­das. Além dis­so, por meio da cri­a­ção de uma con­ta na se­ção ‘Mi­nha flo­res­ta’, o com­pra­dor ou o des­ti­na­tá­rio do pre­sen­te po­dem acom­pa­nhar o pro­gres­so do pro­je­to com fotos e ví­de­os, co­or­de­na­das GPS do ter­re­no, in­for­ma­ções so­bre os an­te­ce­den­tes do pro­je­to e ob­je­ti­vos a lon­go pra­zo.

Bour­bon ar­re­ca­da mais de 11 mil ban­da­nas pa­ra cri­an­ças da ABRALE

No fi­nal de 2017, a Re­de Bour­bon Ho­téis & Re­sorts e o Ins­ti­tu­to ar­re­ca­da­ram mais de 11.000 ban­da­nas, que fo­ram do­a­das à ABRALE (As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Lin­fo­ma e Leu­ce­mia), que for­ne­ce apoio ao pa­ci­en­te, bus­ca mo­bi­li­za­ção so­ci­al na me­lho­ria de po­lí­ti­cas pú­bli­cas na área da saú­de e di­vul­ga pa­ra a so­ci­e­da­de in­for­ma­ções so­bre as do­en­ças.

A Re­de de Ho­téis pro­mo­veu a cam­pa­nha Ban­da­na de Li­kes, pu­bli­can­do, em sua pá­gi­na de re­de so­ci­al, ima­gens dos per­so­na­gens da Tur­ma da Mô­ni­ca usan­do ban­da­nas. Ca­da li­ke da­do nos posts re­sul­ta­va em uma ban­da­na do­a­da à ABRALE. São qua­tro mo­de­los te­ma­ti­za­dos com os per­so­na­gens que Mau­ri­cio de Sou­sa cri­ou - Mô­ni­ca, Ce­bo­li­nha, Cas­cão e Magali.

De acor­do com a di­re­to­ra de Mar­ke­ting e Pro­du­to da Re­de Bour­bon, Adri­a­na Car­do­so, “As cri­an­ças agra­de­ce­ram mui­to e nós fi­ca­mos emo­ci­o­na­dos. Não há pa­la­vras pa­ra des­cre­ver co­mo uma ati­tu­de tão sim­ples po­de fa­zer a di­fe­ren­ça pa­ra es­tas cri­an­ças que es­tão em tra­ta­men­to. A pro­mo­ção da saú­de e da qua­li­da­de de vi­da na in­fân­cia tam­bém são pri­o­ri­da­des pa­ra o Ins­ti­tu­to, as­sim co­mo pa­ra a Re­de Bour­bon. Por is­so, uni­mos for­ças pa­ra es­ta ação, on­de o úni­co e ex­clu­si­vo pro­pó­si­to foi fa­zer uma cri­an­ça sor­rir. Nós al­can­ça­mos o nos­so ob­je­ti­vo”, de­cla­rou.

A Bour­bon Ho­téis & Re­sorts e o Ins­ti­tu­to Mau­ri­cio de Sou­sa se uni­ram pe­la cau­sa, pois am­bos têm co­mo sua prin­ci­pal pre­o­cu­pa­ção as cri­an­ças. “Pri­o­ri­za­mos as ações que pro­mo­vem a in­fân­cia e to­da a sua es­pon­ta­nei­da­de e ale­gria, e acre­di­ta­mos no tra­ba­lho de em­pre­sas que têm es­tas ações vol­ta­das, es­pe­ci­fi­ca­men­te, pa­ra o pú­bli­co in­fan­til”, res­sal­tou Adri­a­na Car­do­so.

No­vo Ae­ro­por­to In­ter­na­ci­o­nal da Ci­da­de do México de­ve­rá con­su­mir US$ 14 bi­lhões

Es­ta é a mai­or obra de in­fra­es­tru­tu­ra do México nas úl­ti­mas cin­co décadas e con­si­de­ra­da co­mo pri­o­ri­tá­ria pa­ra aten­der à cres­cen­te de­man­da de tu­ris­tas que vi­si­tam o pais. Es­te no­vo ae­ro­por­to de­ve­rá de­sa­fo­gar o trá­fe­go do atu­al ae­ro­por­to Be­ni­to Ju­a­rez, que ofe­re­ce vo­os pa­ra mais de 100 des­ti­nos ao re­dor do mun­do. O no­vo ae­ro­por­to que es­tá sen­do cons­truí­do na zo­na me­tro­po­li­ta­na da Ci­da­de do México é com­pos­to por vá­ri­as obras: Além do no­vo ter­mi­nal aé­reo, se­rá fei­to o re­de­se­nho hi­dráu­li­co da re­gião, cui­dan­do do meio am­bi­en­te e per­mi­tin­do no­vas es­tra­das e ro­tas de trans­por­te pú­bli­co pa­ra a cir­cu­la­ção de pes­so­as e bens, que em con­jun­to de­sen­ca­dei­am uma no­va zo­na econô­mi­ca, além de de­sen­vol­vi­men­to so­ci­al.

O no­vo ae­ro­por­to se­rá cons­truí­do por eta­pas, de acor­do com a de­man­da de cres­ci­men­to. Em sua pri­mei­ra fa­se, que se­rá inau­gu­ra­da no fi­nal de 2020, te­rá um edi­fí­cio ter­mi­nal, três pis­tas pa­ra­le­las, uma torre de con­tro­le de 90 me­tros de al­tu­ra, um ter­mi­nal de car­ga ex­clu­si­vo, um cen­tro de trans­por­te, edi­fí­ci­os com­ple­men­ta­res, en­tre ou­tros. Es­sa in­fra­es­tru­tu­ra per­mi­ti­rá aten­der até 70 mi­lhões de pas­sa­gei­ros por ano. O in­ves­ti­men­to to­tal do no­vo ae­ro­por­to es­tá or­ça­do em cer­ca de US$ 14 bi­lhões e se­rá uma par­ce­ria en­tre a ini­ci­a­ti­va pú­bli­ca e pri­va­da, além de em­prés­ti­mos ban­cá­ri­os e tí­tu­los co­lo­ca­dos em mer­ca­dos in­ter­na­ci­o­nais de va­lo­res mo­bi­liá­ri­os.

Quan­do con­cluí­do, o no­vo Ae­ro­por­to In­ter­na­ci­o­nal da Ci­da­de do México te­rá um to­tal de seis pis­tas pa­ra­le­las. Na sua pri­mei­ra fa­se de ope­ra­ções em 2020, te­rá três pis­tas de ope­ra­ções si­mul­tâ­ne­as (pis­tas 2, 3 e 6), ou se­ja, os aviões po­dem ater­rar ou des­co­lar si­mul­ta­ne­a­men­te - si­tu­a­ção que pou­cos ae­ro­por­tos no mun­do po­dem pro­por­ci­o­nar. Ca­da pis­ta me­di­rá 5 km de ex­ten­são por 60 me­tros de lar­gu­ra, além de ca­da fai­xa pos­suir pis­tas de ro­da­gem, que jun­tam 400 me­tros de obras ci­vis ao lon­go de ca­da pis­ta. Eles tam­bém te­rão mei­os vi­su­ais e na­ve­ga­ção aé­rea.

Ae­ro­mé­xi­co aumenta frequên­cia da ro­ta São Pau­loCi­da­de do México

A Ae­ro­mé­xi­co co­me­çou a uti­li­zar a partir do úl­ti­mo dia 15 de janeiro na ro­ta São Paulo – Ci­da­de do México, seu Bo­eing 787-9 Dre­am­li­ner, com ca­pa­ci­da­de pa­ra 274 pas­sa­gei­ros (36 na ca­te­go­ria pre­mi­er). An­tes, os vo­os des­sa ro­ta eram ope­ra­dos por ae­ro­na­ve do ti­po Bo­eing 777.

O avião ofe­re­ce mais es­pa­ço en­tre os as­sen­tos, ja­ne­las mais am­plas, te­las in­di­vi­du­ais de to­que e ilu­mi­na­ção LED–Sky In­te­ri­ors. Além dis­so, a tec­no­lo­gia avan­ça­da des­sas ae­ro­na­ves con­se­gue pro­mo­ver uma pres­su­ri­za­ção me­lhor da cabine, o que ge­ra me­nos fa­di­ga e jetlag pa­ra os pas­sa­gei­ros, de acor­do com os fa­bri­can­tes. Quem vi­a­ja na cabine pre­mi­er tam­bém tem à dis­po­si­ção o Es­pa­ço Pre­mi­er, que con­ta com um bal­cão de au­to-aten­di­men­to com di­ver­sas be­bi­das e lan­ches.

Por emi­tir 57% me­nos po­lui­ção so­no­ra e con­su­mir 23% me­nos com­bus­tí­vel, o que re­pre­sen­ta uma re­du­ção de 20% em su­as emis­sões de dió­xi­do de car­bo­no, o Bo­eing 787-9 é con­si­de­ra­do um avião sus­ten­tá­vel.

Ae­ro­por­to no Uru­guai é mo­der­ni­za­do e re­duz tem­po de pas­sa­gei­ros na imi­gra­ção

A che­ga­da e saí­da dos tu­ris­tas bra­si­lei­ros no Uru­guai es­ta­rão mais rá­pi­das com pro­ces­sos de imi­gra­ção que le­va­rão ape­nas 30 se­gun­dos. Tu­do is­so por­que an­tes do fi­nal do ano, o nú­me­ro de por­tões de aces­sos bi­o­mé­tri­cos mi­gra­tó­ri­os, cha­ma­dos de Pas­sa­re­las Ele­trô­ni­cas, fo­ram du­pli­ca­do no con­tro­le das Par­ti­das e Che­ga­das atu­ais, por meio do au­men­to da ins­ta­la­ção de no­vos equi­pa­men­tos.

A tec­no­lo­gia bi­o­mé­tri­ca, pre­sen­te há um ano no lo­cal, é par­te do Air­port Easy – sis­te­ma que agi­li­za e fa­ci­li­ta os trâ­mi­tes exis­ten­tes no ae­ro­por­to. Em ou­tu­bro, apro­xi­ma­da­men­te 29 mil pes­so­as en­tra­ram no Uru­guai via Car­ras­co, usan­do os por­tões de aces­sos bi­o­mé­tri­cos ele­trô­ni­cos, sen­do 32% do to­tal do flu­xo mi­gra­tó­rio exis­ten­te no país. O sis­te­ma já re­gis­trou mais de 200 mil pas­sa­gei­ros en­tre ar­gen­ti­nos, bra­si­lei­ros, es­pa­nhóis e uru­guai­os.

A in­cor­po­ra­ção da tec­no­lo­gia bi­o­mé­tri­ca aju­da­rá a re­du­zir o tem­po do pro­ces­so mi­gra­tó­rio e au­men­tar a se­gu­ran­ça, ga­ran­tin­do as­sim a iden­ti­fi­ca­ção exa­ta dos usuá­ri­os. 90% dos pas­sa­gei­ros per­ma­ne­ce­rão me­nos de dez mi­nu­tos na fi­la da mi­gra­ção. A or­ga­ni­za­ção do

Ae­ro­por­to de Car­ras­co es­ta­be­le­ceu pa­râ­me­tros de al­ta qua­li­da­de, que in­clui a emis­são de um si­nal de alar­me quan­do o atra­so é mai­or do que o es­ta­be­le­ci­do.

Vis­to ele­trô­ni­co pa­ra tu­ris­tas dos Es­ta­dos Uni­dos já es­tá em vi­gor

Co­me­çou a va­ler a partir do úl­ti­mo dia 25 de janeiro o pro­ces­so de so­li­ci­ta­ção, aná­li­se e emis­são da per­mis­são de en­tra­da de vis­tos pa­ra tu­ris­tas nor­te-ame­ri­ca­nos no Bra­sil, que pas­sa a du­rar, no má­xi­mo, 72 ho­ras. Eles po­de­rão so­li­ci­tar o vis­to de en­tra­da no Bra­sil por meio de um pro­ces­so to­tal­men­te ele­trô­ni­co. De acor­do com da­dos da OMT – Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al do Tu­ris­mo, me­di­das de fa­ci­li­ta­ção de en­tra­da dos tu­ris­tas in­cre­men­tam em até 25% o flu­xo en­tre os des­ti­nos be­ne­fi­ci­a­dos. Pe­las pro­je­ções do Mi­nis­té­rio do Tu­ris­mo, os vi­si­tan­tes ame­ri­ca­nos gas­ta­rão US$ 177,6 mi­lhões a mais na eco­no­mia bra­si­lei­ra. Os ame­ri­ca­nos são o se­gun­do mai­or mer­ca­do emis­sor de tu­ris­tas pa­ra o Bra­sil, atrás ape­nas da vi­zi­nha Ar­gen­ti­na. De acor­do com as úl­ti­mas es­ta­tís­ti­cas, mais de 570 mil tu­ris­tas dos EUA es­co­lhem o Bra­sil co­mo des­ti­no tu­rís­ti­co e in­je­tam US$ 710,5 mi­lhões na eco­no­mia na­ci­o­nal por ano.

O Bra­sil é o des­ti­no de ape­nas 0,7% dos mais de 75 mi­lhões de tu­ris­tas ame­ri­ca­nos que vi­a­jam pe­lo mun­do. Além dos EUA, ou­tros três paí­ses fo­ram be­ne­fi­ci­a­dos com a im­plan­ta­ção do vis­to ele­trô­ni­co: Aus­trá­lia, Ca­na­dá e Ja­pão. Com es­ta me­di­da, de acor­do com es­tu­dos da OMT, o Bra­sil po­de es­pe­rar R$ 1,4 bi­lhão a mais nos pró­xi­mos dois anos. Ain­da es­te mês pas­sou a vi­go­rar a isen­ção de vis­tos pa­ra os paí­ses dos Emi­ra­dos Ára­bes, apro­va­do no Con­gres­so Na­ci­o­nal.

Rei­vin­di­ca­ção an­ti­ga do se­tor

Se­gun­do Ma­no­el Car­do­so Li­nha­res, Pre­si­den­te da ABIH Na­ci­o­nal – As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra da In­dús­tria de

Ho­téis, es­sa é uma rei­vin­di­ca­ção an­ti­ga do se­tor que tem co­mo ob­je­ti­vo ala­van­car os des­ti­nos bra­si­lei­ros. “Com as no­vas me­di­das se­rá pos­sí­vel so­li­ci­tar o do­cu­men­to in­clu­si­ve de smartpho­nes. Se­gun­do pes­qui­sas em paí­ses que já ado­ta­ram es­sa me­di­da, o flu­xo de tu­ris­tas ame­ri­ca­nos che­ga a au­men­tar em 25%”, des­ta­ca Li­nha­res. Pa­ra o Pre­si­den­te da Em­bra­tur, Vi­ni­cius Lum­mertz,a me­di­da é fun­da­men­tal pa­ra des­bu­ro­cra­ti­zar os pro­ce­di­men­tos e fa­ci­li­tar a re­la­ção en­tre os dois paí­ses, au­men­tan­do tam­bém as tro­cas co­mer­ci­ais. “Es­sa fa­ci­li­ta­ção pa­ra ob­ter vis­tos de en­tra­da cer­ta­men­te fa­rá com que mais tu­ris­tas ame­ri­ca­nos ve­nham ao Bra­sil, o que aju­da­rá não só se­tor de tu­ris­mo, mas di­ver­sos ou­tros que in­te­ra­gem di­re­ta ou in­di­re­ta­men­te com ele”, dis­se.

Mer­ca­do de Tu­ris­mo e Even­tos de­ve cres­cer ca­da vez mais em SP

O Vi­si­te São Paulo, en­ti­da­de que in­cen­ti­va o in­cre­men­to da ati­vi­da­de tu­rís­ti­ca por meio da cap­ta­ção de even­tos, e o OTE/ SP – Ob­ser­va­tó­rio de Tu­ris­mo e Even­tos de São Paulo, nú­cleo de pes­qui­sas da Pre­fei­tu­ra de São Paulo, di­vul­ga­ram o ba­lan­ço de 2017 do se­tor, que apon­ta um cres­ci­men­to de pú­bli­co e tam­bém de ati­vi­da­des li­ga­das ao meio tu­rís­ti­co. Se­gun­do in­for­ma­ções le­van­ta­das pe­las en­ti­da­des hou­ve 15,44 mi­lhões de vi­si­tan­tes na ci­da­de no úl­ti­mo ano, des­tes, 12,69 mi­lhões fo­ram vi­si­tan­tes do­més­ti­cos e 2,75 mi­lhões de pú­bli­co in­ter­na­ci­o­nal.

O au­men­to de pú­bli­co foi 3,76 % mai­or que o pe­río­do an­te­ri­or, além da ta­xa de ocu­pa­ção dos ho­téis que te­ve um cres­ci­men­to de 5,5%. O au­men­to de pas­sa­gei­ros nos ae­ro­por­tos e ro­do­viá­ri­as tam­bém foi no­tá­vel, ten­do uma al­ta de 0,3% e 1,3%, res­pec­ti­va­men­te. To­dos es­tes nú­me­ros são des­ta­ca­dos pe­lo Di­re­tor de Tu­ris­mo da SPTu­ris, Edu­ar­do Col­tu­ra­to: “O tu­ris­mo da ci­da­de de São Paulo cres­ceu 3% em re­la­ção ao ano pas­sa­do. Além dis­so, ti­ve­mos um au­men­to na ocu­pa­ção ho­te­lei­ra du­ran­te os fins de se­ma­na, o que de­mons­tra o cres­cen­te in­te­res­se pe­los atra­ti­vos cul­tu­rais e gas­tronô­mi­cos que só a ca­pi­tal pau­lis­ta po­de ofe­re­cer”.

A pes­qui­sa ain­da apon­ta que a re­gião da Pau­lis­ta e do Jar­dins são as prin­ci­pais res­pon­sá­veis pe­lo au­men­to de even­tos na ci­da­de. Nes­tas re­giões, o nú­me­ro de ca­das­tros é de 656 ca­das­tra­dos, en­quan­to no Cen­tro e na Zo­na Nor­te o nú­me­ro de pú­bli­co é al­to, com 6,9 mi­lhões. As áre­as que mais ti­ve­ram even­tos fo­ram: Me­di­ci­na, se­gui­do por Téc­ni­co & Ci­en­tí­fi­co e Ci­ên­cia, e pe­la Tec­no­lo­gia & Co­mu­ni­ca­ção. Os even­tos cap­ta­dos, aque­les que po­dem ser es­po­rá­di­cos e não fa­zem par­te do ca­len­dá­rio ofi­ci­al da ci­da­de, fo­ram os que mais cres­ce­ram, com 41 even­tos e um pú­bli­co de 105 mil pes­so­as, mo­vi­men­tan­do um mon­tan­te de R$68,1 mi­lhões, ape­nas com vi­si­tan­tes. O Pre­si­den­te exe­cu­ti­vo do Vi­si­te São Paulo, To­ni San­do, res­sal­ta que es­te se­tor tem que ter mais vi­si­bi­li­da­de e mais in­ves­ti­men­to, pois é um dos que mais dá re­tor­no pa­ra a ci­da­de. “Os nú­me­ros mos­tram co­mo o se­tor acom­pa­nha o re­tor­no no cres­ci­men­to na eco­no­mia, além de in­di­car opor­tu­ni­da­des e o de­sen­vol­vi­men­to da ca­pi­tal co­mo des­ti­no, que já é a prin­ci­pal re­fe­rên­cia em even­tos no País”.

Aus­tra­lis lan­ça no­vo cru­zei­ro ma­rí­ti­mo pa­ra ope­rar ‘Ven­tus Aus­tra­lis’ na Pa­tagô­nia

O se­gun­do na­vio de Cru­zei­ros da Aus­tra­lis, ba­ti­za­do co­mo “Ven­tus Aus­tra­lis”, ini­ci­ou su­as ope­ra­ções no úl­ti­mo dia 2 de janeiro, com­ple­tan­do uma fro­ta de du­as em­bar­ca­ções que nes­ta tem­po­ra­da de 2017/2018 ex­plo­ra­rá a Pa­tagô­nia Chi­le­na e Ar­gen­ti­na. Nes­sa da­ta ini­ci­ou a ro­ta “Fi­or­des da Ter­ra do Fo­go”, de qua­tro noi­tes, des­de Pun­ta Are­nas até Ushu­aia. Em sen­ti­do con­trá­rio, a ro­ta “Ex­plo­ra­do­res da Pa­tagô­nia” tam­bém con­si­de­ra qua­tro noi­tes, des­de Ushu­aia até Pun­ta Are­nas. Os pas­sa­gei­ros po­dem re­a­li­zar o per­cur­so com­ple­to ou “round trip”, cha­ma­da “Ro­ta de Darwin”, que ofe­re­ce uma vi­a­gem de 8 noi­tes, par­tin­do de Pun­ta Are­nas (Chi­le) ou de Ushu­aia (Ar­gen­ti­na) . A ro­ta “Ex­plo­ra­do­res da Pa­tagô­nia”, re­a­li­za­da pe­lo “Ven­tus Aus­tra­lis” in­clui a na­ve­ga­ção em bo­tes Zo­díac ao Gla­ci­al Con­dor. São es­cas­sos os lo­cais pa­ra avis­tar es­se gla­ci­al, que é in­cor­po­ra­do co­mo um no­vo mar­co na­tu­ral à tem­po­ra­da de 2017/2018 da Aus­tra­lis.

O pro­ces­so de cons­tru­ção des­te na­vio ini­ci­ou-se em 2016, em Val­dí­via, nos Es­ta­lei­ros e Ser­vi­ços Na­vais (ASENAV), uma com­pa­nhia com vas­ta ex­pe­ri­ên­cia, que tam­bém cons­truiu ou­tras em­bar­ca­ções que in­te­gra­ram a fro­ta Aus­tra­lis. O no­me “Ven­tus Aus­tra­lis”, que em La­tim sig­ni­fi­ca “Ven­tos do Sul”, re­fle­te o cli­ma ca­rac­te­rís­ti­co da Ter­ra do Fo­go, um fa­tor que de­ter­mi­nou o de­sen­vol­vi­men­to só­cio-cul­tu­ral da re­gião, im­pres­si­o­nan­do os pri­mei­ros ma­ri­nhei­ros que se atre­ve­ram a ex­plo­rar as águas mais ao sul da Pa­tagô­nia.

Pe­dro de Río, Ge­ren­te Ge­ral da Aus­tra­lis, ex­pli­ca que es­te no­vo na­vio “é uma ver­são si­mi­lar em ta­ma­nho e ca­pa­ci­da­de ao atu­al na­vio “Stel­la Aus­tra­lis”, que man­tém o mes­mo nú­me­ro de ca­bi­nes e decks, com ca­pa­ci­da­de pa­ra 210 pas­sa­gei­ros, pro­je­ta­do pa­ra que os mes­mos des­fru­tem da na­ve­ga­ção pe­las águas da Pa­tagô­nia Chi­le­na-Ar­gen­ti­na, usu­fruin­do do má­xi­mo con­for­to e de um ser­vi­ço à bor­do de clas­se mun­di­al”. O Ven­tus Aus­tra­lis, as­sim co­mo seu an­te­ces­sor, foi de­se­nha­do es­pe­ci­al­men­te pa­ra na­ve­gar pe­los ca­nais mais aus­trais da Amé­ri­ca do Sul. Su­as ca­rac­te­rís­ti­cas fo­ra do co­mum, in­cluin­do o ta­ma­nho, com­pri­men­to e po­tên­cia de motores per­mi­tem ter uma gran­de ma­no­bra­bi­li­da­de, ne­ces­sá­ria pa­ra na­ve­gar por es­ses ca­nais e fi­or­des mais es­trei­tos e por on­de ne­nhum ou­tro cru­zei­ro po­de se aven­tu­rar.

No­va GG no Saint Mo­ritz Hplus Ex­press Bra­sí­lia

O em­pre­en­di­men­to lo­ca­li­za­do na Asa Nor­te, em Bra­sí­lia anun­ci­ou Lu­ci­la Fi­guei­re­do co­mo sua no­va Ge­ren­te ge­ral. Ela con­ta com qua­se 20 anos de ex­pe­ri­ên­cia em ho­te­la­ria, é for­ma­da em Ad­mi­nis­tra­ção de Em­pre­sas, pe­las Fa­cul­da­des In­te­gra­das San­ta­na e cur­sou MBA Exe­cu­ti­vo em Ges­tão Em­pre­sa­ri­al pe­la Fun­da­ção Ge­tú­lio Var­gas. Em seu cur­ri­cu­lo cons­tam pas­sa­gens por ho­téis da ser­ra gaú­cha, den­tre eles o Ho­tel La­je de Pe­dra. Além dis­so, as­su­miu du­ran­te cin­co anos o car­go de Ge­ren­te Ge­ral em uma das uni­da­des da In­ter­city Ho­téis e pos­sui vas­ta ex­pe­ri­ên­cia co­mo ana­lis­ta contábil.

No­vo Wish Na­tal by GJP apre­sen­ta seu Ge­ren­te ge­ral

Com mais de 10 anos de ex­pe­ri­ên­cia na área de ho­te­la­ria de lu­xo, Gef­fer­son Alves as­su­me a no­va uni­da­de cin­co es­tre­las da GJP Ho­tels & Re­sorts em Na­tal (RN). O Ho­tel re­a­briu no úl­ti­mo dia 15 de de­zem­bro após re­tro­fit que pas­sou pa­ra ado­tar no­va ban­dei­ra. A re­es­tru­tu­ra­ção foi co­man­da­da pe­lo ar­qui­te­to João Ar­men­ta­no.

Gef­fer­son Alves as­su­me o no­vo de­sa­fio após pas­sa­gens por uni­da­des de lu­xo de gran­des gru­pos ho­te­lei­ros co­mo Ac­corHo­tels, Me­liá, Pestana e JA Re­sorts & Ho­tels, em Du­bai, nos Emi­ra­dos Ára­bes. O no­vo ge­ren­te ge­ral do Wish Na­tal by GJP já es­tá atu­an­do na uni­da­de. Além dis­so, to­da a no­va co­mu­ni­ca­ção, in­cluin­do re­des so­ci­ais e es­pe­ci­al­men­te o no­vo si­te, en­tra­ram no ar si­mul­ta­ne­a­men­te no dia 15 de de­zem­bro. Com a aber­tu­ra do Wish Na­tal, a GJP so­ma três uni­da­des da ban­dei­ra Wish no Bra­sil, com o Wish Foz do Igua­çu, em Foz do Igua­çu (PR) e o Wish Serrano, em Gra­ma­do (RS).

No to­tal, a re­de acu­mu­la 20 uni­da­des es­pa­lha­das em 11 di­fe­ren­tes es­ta­dos bra­si­lei­ros em três di­fe­ren­tes ban­dei­ras: Wish (cin­co es­tre­las), Pro­digy (qua­tro es­tre­las) e Linx (três es­tre­las), além da li­nha ex­clu­si­ve house, com o Saint An­drews Gra­ma­do (Cas­tle e Mountain).

Patrícia Ca­lef­fi vol­ta ao Ho­tel Pa­ra­di­es (SP) pa­ra co­or­de­nar área de even­tos

O Ho­tel Pa­ra­di­es, em­pre­en­di­men­to lo­ca­li­za­do em Ja­ri­nu (SP), anun­ci­ou a vol­ta de Patrícia Ca­lef­fi pa­ra as­su­mir a Ge­rên­cia Co­mer­ci­al do em­pre­en­di­men­to. A pro­fis­si­o­nal se­rá a res­pon­sá­vel pe­la ges­tão cor­po­ra­ti­va da área de even­tos, uma das mai­o­res da re­gião com 23 sa­las, que po­dem re­ce­ber en­tre 20 e 800 pes­so­as.

For­ma­da em co­mu­ni­ca­ção so­ci­al pe­la FMU, Patrícia Ca­lef­fi tem ex­pe­ri­ên­cia na área de ho­te­la­ria e tu­ris­mo, ten­do atu­a­do por 18 anos na Ge­mi­ni Tour – agên­cia de tu­ris­mo e even­tos da Mer­ce­des-Benz em São Bernardo do Cam­po (SP). En­tre 2014 e 2016, atu­ou no Pa­ra­di­es. De­pois de ocu­par o car­go de Ge­ren­te Co­mer­ci­al do Ho­tel Center Park Jun­di­aí, vol­tou pa­ra Ja­ri­nu pa­ra ad­mi­nis­trar a área de even­tos do ho­tel.

Ac­corHo­tels tem no­vo Chi­ef In­for­ma­ti­on Of­fi­cer

A Ac­corHo­tels apre­sen­tou re­cen­te­men­te Gil­les de Ri­che­mond co­mo Chi­ef In­for­ma­ti­on Of­fi­cer (Di­re­tor de TI, em por­tu­guês). O exe­cu­ti­vo es­tu­dou en­ge­nha­ria na IPSA e co­me­çou sua car­rei­ra em 1998 co­mo jor­na­lis­ta no gru­po Test an­tes de lan­çar a Ar­chi­me­trie, uma em­pre­sa edi­to­ri­al. Tra­ba­lhou tam­bém na TPS, e em se­gui­da, no Ca­nal Plus co­mo che­fe de dis­tri­bui­ção de TI em 2004. De­pois atu­ou na Tran­sa­via Fran­ça pa­ra li­de­rar seu Sis­te­ma de In­for­ma­ção Tec­no­ló­gi­ca em 2007.

Gil­les foi Di­re­tor Ge­ral da Voya­ges-SNCF Te­ch­no­lo­gi­es, atu­an­do na di­vi­são téc­ni­ca do gru­po vi­a­gens-sncf.com e na Fá­bri­ca Di­gi­tal da SNCF des­de 2012. Apoi­ou a trans­for­ma­ção di­gi­tal e ge­ren­ci­al da Voya­ges-SNCF, com de­sen­vol­vi­men­to ágil, ba­se­a­do no DevOps, mé­to­dos ino­va­do­res e co­la­bo­ra­ti­vos cen­tra­dos no cli­en­te e com re­cei­ta sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te cres­cen­te. Tam­bém é mem­bro fun­da­dor do Agi­le Con­sor­tium Fran­ce Club.

Gru­po Sa­madhi Ho­tels anun­cia no­vo Ge­ren­te de ven­das

O Gru­po Sa­madhi Ho­tels, que ad­mi­nis­tra o Cos­ta Bra­si­lis All In­clu­si­ve Re­sort & SPA e as três uni­da­des da Pou­sa­da Cor­sá­rio (Búzios, Pa­raty e Vi­la de San­to An­dré), aca­ba de anun­ci­ar seu no­vo Ge­ren­te de ven­das. Was­sil Jor­ge, que em 24 anos de car­rei­ra no se­tor de ho­te­la­ria e tu­ris­mo, já pas­sou por ho­téis co­mo o Ritz Praia, Ritz Pla­za­mar e Ritz La­goa da An­ta, to­dos em Ma­ceió.

O pro­fis­si­o­nal tam­bém fun­dou a WJ Ho­te­la­ria, em­pre­sa es­pe­ci­a­li­za­da em pro­mo­ção e ven­das de ho­te­la­ria a la­zer e co­or­po­ra­ti­va, ten­do co­mo par­cei­ros co­mer­ci­ais o Ar­rai­al d’Aju­da Eco Re­sort e o Ca­na Bra­va Re­sort de Ilhéus, am­bos na Bahia. Além dis­so, ele par­ti­ci­pou do lan­ça­men­to do D. Pe­dro La­gu­na Re­sorts & Golf, em Aqui­raz (CE).

Was­sil tam­bém re­pre­sen­tou o Ho­tel Ritz Suí­tes, em Ma­ceió, o Ho­tel Diogo Praia, em For­ta­le­za, o Ho­tel Mar Pa­rai­so, em Ar­rai­al d’Aju­da, o Ho­tel Ar­ma­ção de Porto de Ga­li­nhas, em Per­nam­bu­co, o Ho­tel Aqua­re­la e a Pou­sa­da Ma­na­cá, am­bos em Ar­rai­al d’Aju­da, no Sul da Bahia.

Tryp by Wyndham Gu­a­ru­lhos Air­port (SP) tem no­va Ge­ren­te ge­ral

A pro­fis­si­o­nal Cí­ce­ra Apa­rec­ci­da Sil­va as­su­miu a ge­rên­cia ge­ral do Tryp by Wyndham São Paulo Gu­a­ru­lhos Air­port, em­pre­en­di­men­to que é ad­mi­nis­tra­do pe­la No­bi­le Ho­téis. A ge­ren­te pos­sui mais de 20 anos de ex­pe­ri­ên­cia com o mer­ca­do ho­te­lei­ro. Cí­ce­ra é for­ma­da em Ho­te­la­ria pe­la Uni­ver­si­da­de Anhem­bi Mo­rum­bi, e pos­sui ex­per­ti­se na área de ven­das e ge­rên­cia, ten­do co­mo de­sa­fio mo­ti­var a equi­pe de 35 co­la­bo­ra­do­res a ofe­re­ce­rem aos cli­en­tes ser­vi­ços de ex­ce­lên­cia. A exe­cu­ti­va des­ta­cou os nú­me­ros de ocu­pa­ção do ho­tel, com ên­fa­se nos 67% re­gis­tra­dos em ou­tu­bro de 2017.

Sla­vi­e­ro anun­cia mu­dan­ça de ges­tão em ho­téis de São Paulo e San­ta Ca­ta­ri­na

A Sla­vi­e­ro Ho­téis aca­ba de anun­ci­ar mu­dan­ças em seus pos­tos de ge­rên­cia ge­ral em São Paulo e em San­ta Ca­ta­ri­na. O Sla­vi­e­ro Slim São Paulo Con­go­nhas re­cep­ci­o­na­rá um no­vo in­te­gran­te à re­de, en­quan­to nas uni­da­des Sla­vi­e­ro Es­sen­ti­al Blu­me­nau e Sla­vi­e­ro Slim Join­vil­le ha­ve­rão tro­cas em seu pos­to de co­man­do prin­ci­pal.

No ho­tel pau­lis­ta, quem as­su­me a po­si­ção é Mar­co Au­ré­lio Cos­ta, com 18 anos de ex­pe­ri­ên­cia no se­tor e pas­sa­gens pe­las re­des Blue Tree, Es­tan­pla­za e Pro­digy. Ele é for­ma­do em Tu­ris­mo pe­la Uni­ver­si­da­de Anhem­bi Mo­rum­bi e pós­gra­du­a­do em Ad­mi­nis­tra­ção Ho­te­lei­ra pe­lo SE­NAC. Em San­ta Ca­ta­ri­na, Thi­a­go Sil­vei­ra dei­xa a ge­rên­cia ge­ral do Sla­vi­e­ro Exe­cu­ti­ve Flo­ri­a­nó­po­lis e as­su­me a fun­ção em ou­tros dois ho­téis no es­ta­do: o Es­sen­ti­al Blu­me­nau e Slim Join­vil­le. Ele é for­ma­do em Tu­ris­mo e Ho­te­la­ria, com MBA Exe­cu­ti­vo em Ad­mi­nis­tra­ção Glo­bal pe­la SOCIESC e Uni­ver­si­da­de In­de­pen­den­te de Lisboa (Por­tu­gal).

Car­los Bernardo é pro­mo­vi­do na Ac­corHo­tels

O exe­cu­ti­vo Car­los Bernardo que já ocu­pou vá­ri­os pos­tos de co­man­do na Ac­corHo­tels, aca­ba de ser no­me­a­do pa­ra o car­go de Ge­ren­te de Ope­ra­ções Mids­ca­le. Ele ini­ci­ou o tra­ba­lho no iní­cio des­te ano e re­por­ta­rá di­re­ta­men­te a Oli­vi­er Hick, EVP Ope­ra­ções Mids­ca­le Ac­corHo­tels Amé­ri­ca do Sul. Com 17 anos de ex­pe­ri­ên­cia na Ac­corHo­tels, Bernardo tem vas­ta ex­pe­ri­ên­cia na ges­tão de ho­téis, co­mo Mer­cu­re, No­vo­tel e Pull­man. Nos úl­ti­mos três anos, es­te­ve à fren­te das áre­as de aber­tu­ras, con­ver­sões e ali­men­tos e be­bi­das pa­ra as mar­cas Mids­ca­le Amé­ri­ca do Sul e ago­ra, ele con­ci­li­a­rá es­ta fun­ção com o no­vo car­go.

Bernardo se­rá res­pon­sá­vel pe­la ges­tão ope­ra­ci­o­nal dos ho­téis Mids­ca­le Nor­te e Nor­des­te, bem co­mo os ho­téis Mer­cu­re e ibis Sty­les Ri­bei­rão Pre­to, Ada­gio Ac­cess e ibis Bud­get Jun­di­ai, No­vo­tel e ibis Bud­get So­ro­ca­ba e No­vo­tel Itu Ter­ras de São Jo­sé Golf & Re­sorts. Seus prin­ci­pais ob­je­ti­vos se­rão oti­mi­zar os re­sul­ta­dos fi­nan­cei­ros, ga­ran­tir o bom re­la­ci­o­na­men­to com os in­ves­ti­do­res, man­ter o en­ga­ja­men­to das equi­pes e os pa­drões de qua­li­da­de.

Serhs Na­tal Grand Ho­tel tem no­vo di­re­tor

Wil­li­an Lass as­su­miu no úl­ti­mo mês o car­go de Di­re­tor ge­ral no em­pre­en­di­men­to lo­ca­li­za­do em Na­tal, no Rio Gran­de do Nor­te. Além dis­so, Lass foi no­me­a­do Di­re­tor de ope­ra­ções da SERHS Ho­tels no Bra­sil. O no­vo di­re­tor pos­sui uma vas­ta ex­pe­ri­ên­cia no se­tor ho­te­lei­ro, tan­to que já atu­ou no Ma­bu Ther­mas Grand Re­sort e no Ma­bu In­ter­lu­dium Iguas­su Con­ven­ti­on co­mo Ge­ren­te ge­ral. Tam­bém es­te­ve à fren­te da Ju­re­rê In­ter­na­ti­o­nal Ad­mi­nis­tra­ção Ho­te­lei­ra, co­mo Ge­ren­te ad­jun­to e da Ac­cor e da Sla­vi­e­ro Ho­tels co­mo Ge­ren­te ge­ral.

WZ Ho­tel Jar­dins tem no­vo Ge­ren­te ge­ral

Com atu­a­ção no seg­men­to ho­te­lei­ro há 23 anos, Fa­bio Sou­za é o no­vo Ge­ren­te ge­ral do WZ Ho­tel Jar­dins, lo­ca­li­za­do na ca­pi­tal pau­lis­ta. Fa­bio Sou­za já te­ve pas­sa­gem pe­lo Gru­po Tran­sa­mé­ri­ca e, nos úl­ti­mos 14 anos, pe­la Atlân­ti­ca, ge­ren­ci­an­do em­pre­en­di­men­tos de gran­de por­te com ope­ra­ção de A&B. Ago­ra, Fa­bio co­man­da cer­ca de 140 co­la­bo­ra­do­res di­re­tos e in­di­re­tos. O ho­tel fi­ca a pou­cos quilô­me­tros do Ae­ro­por­to de Con­go­nhas e pró­xi­mo aos prin­ci­pais pon­tos tu­rís­ti­cos de São Paulo, co­mo a Ave­ni­da Pau­lis­ta e o Par­que do Ibi­ra­pu­e­ra.

Chef Cláu­dio Bot­ti­no as­su­me a co­zi­nha do Pestana Con­ven­to do Car­mo (BA)

O chef Cláu­dio Bot­ti­no aca­ba de as­su­mir o co­man­do da co­zi­nha do Pestana Con­ven­to do Car­mo, em Sal­va­dor. O pro­fis­si­o­nal é es­pe­ci­a­lis­ta em cu­li­ná­ria ita­li­a­na, e es­se se­rá o fo­co do me­nu, que con­ta­rá com pra­tos co­mo La­sa­nha à bo­lo­nhe­sa, La­sa­nha de ba­ca­lhau, Ta­lha­rim ao mo­lho Bot­ti­no, Fet­tuc­ci­ne na man­tei­ga, etc. Além dis­so, to­das as mas­sas do res­tau­ran­te se­rão de fa­bri­ca­ção pró­pria. O res­tau­ran­te co­man­da­do por Bot­ti­no funciona das 7h00 às 23h00.

Ibe­ros­tar Ho­tels & Re­sorts con­tra­ta no­vo Di­re­tor de Ope­ra­ções Amé­ri­cas

O exe­cu­ti­vo Ro­dri­go Sil­vey­ra aca­ba de ser con­tra­ta­do pe­la re­de Ibe­ros­tar pa­ra ser o no­vo Di­re­tor de Ope­ra­ções Amé­ri­cas. Ele as­su­me a po­si­ção cri­a­da pe­lo Gru­po em fun­ção do cres­ci­men­to das ope­ra­ções na re­gião, ba­se­a­do na se­de cor­po­ra­ti­va da em­pre­sa em Playa Pa­raí­so, no México. Sil­vey­ra tem vas­ta ex­pe­ri­ên­cia no se­tor tu­rís­ti­co, tra­ba­lhou mais de 20 anos pa­ra a re­de Me­liá Ho­tels In­ter­na­ti­o­nal, as­su­min­do di­ver­sos car­gos de di­re­to­ria na Es­pa­nha, nos Es­ta­dos Uni­dos, no México, na Re­pú­bli­ca Do­mi­ni­ca­na e em Cu­ba, país on­de foi, por oi­to anos, Di­re­tor de Ope­ra­ções Cor­po­ra­ti­vo. Pas­sou ain­da pe­lo Blue Di­a­mond Re­sorts, em Pun­ta Ca­na.

O exe­cu­ti­vo as­su­me o car­go em um mo­men­to que a re­de es­tá em ex­pan­são por to­da a Amé­ri­ca. Apos­tan­do no seg­men­to `ho­tel de ci­da­de’, a re­de Ibe­ros­tar inau­gu­rou re­cen­te­men­te dois em­pre­en­di­men­tos nos Es­ta­dos Uni­dos: o Ibe­ros­tar 70 Park Ave­nue, em No­va York, e o Ibe­ros­tar Ber­ke­ley, em Mi­a­mi.

L’Ho­tel Por­toBay SP tem no­vo Ge­ren­te ge­ral

O em­pre­en­di­men­to pa­drão lu­xo lo­ca­li­za­do no bair­ro pau­lis­ta­no dos Jar­dins, anun­ci­ou o re­tor­no de Jor­ge Cas­te­lo co­mo no­vo Ge­ren­te ge­ral do ho­tel. Cas­te­lo es­te­ve nos úl­ti­mos dois anos co­man­dan­do um dos ho­téis do Com­ple­xo Cos­ta do Sauí­pe, na Bahia. Gra­du­a­do em Ho­te­la­ria e pós-gra­du­a­do em In­ter­na­ti­o­nal Ho­tel Ma­na­ge­ment pe­la Es­co­la Su­pe­ri­or de Ho­te­la­ria e Tu­ris­mo do Es­to­ril (Por­tu­gal), pos­sui es­pe­ci­a­li­za­ções em Ges­tão Fi­nan­cei­ra e Re­cur­sos Hu­ma­nos na Cor­nell Uni­ver­sity (Es­ta­dos Uni­dos).

Jor­ge Cas­te­lo tem 16 anos de ex­pe­ri­ên­cia no se­tor ho­te­lei­ro e foi tam­bém Ge­ren­te ge­ral na In­ter­city Ho­tels (Te­re­só­po­lis - RJ) e do In­só­li­to Bou­ti­que Ho­tel (Búzios - RJ). Além dis­so, o exe­cu­ti­vo es­tá em sua se­gun­da pas­sa­gem pe­lo L’Ho­tel Por­toBay São Paulo. Seu pri­mei­ro tra­ba­lho no ho­tel foi co­mo re­cep­ci­o­nis­ta, pas­san­do pe­los car­gos de Che­fe de re­cep­ção e Ge­ren­te de hos­pe­da­gem até che­gar a Ge­ren­te ge­ral em 2010.

Elai­ne Mi­che­lon as­su­me di­re­to­ria do Ho­tel Vil­la Mi­che­lon

A em­pre­sá­ria Elai­ne Mi­che­lon as­su­miu a di­re­to­ria do Com­ple­xo Tu­rís­ti­co Va­le dos Vi­nhe­dos, fun­da­do em mar­ço de 2001 pe­lo seu pai, Moy­sés Luiz Mi­che­lon. Elai­ne to­ma a fren­te do ho­tel que con­ta com 57 fun­ci­o­ná­ri­os.

Tra­ba­lhan­do ao la­do do pai des­de os no­ve anos, Elai­ne Mi­che­lon é for­ma­da em ad­mi­nis­tra­ção de em­pre­sas pe­la Pon­ti­fí­cia Uni­ver­si­da­de Ca­tó­li­ca (PUC), ten­do pós-gra­du­a­ção em qua­li­da­de e em mar­ke­ting pe­la Uni­ver­si­da­de de Ca­xi­as do Sul (UCS). Par­ti­ci­pou ati­va­men­te do pro­ces­so de ide­a­li­za­ção e fun­da­ção do Vil­la Mi­che­lon, as­su­min­do a Ge­rên­cia ge­ral, car­go que exer­ceu até a pas­sa­gem de Moy­sés L. Mi­che­lon.

Gru­po Pestana tem no­va Ge­ren­te Na­ci­o­nal de Ven­das

O Pestana Ho­tel Group anun­cia a con­tra­ta­ção de Cris­ti­a­ne Ro­quet­ti pa­ra o car­go de Ge­ren­te Na­ci­o­nal de Ven­das. A exe­cu­ti­va, que já atua no mer­ca­do de tu­ris­mo há mais de 20 anos, se­rá res­pon­sá­vel tan­to pe­la es­tra­té­gia co­mer­ci­al do gru­po no Bra­sil, co­mo pe­la cen­tral de ven­das das uni­da­des na­ci­o­nais. Es­pe­ci­a­lis­ta em Ven­das, Mar­ke­ting, Re­ve­nue Ma­na­ge­ment, Dis­tri­bui­ção e Ges­tão de Pes­so­as, Cris­ti­a­ne pos­sui pas­sa­gens por em­pre­sas co­mo VASP, Utell, Pe­ga­sus, Oi Te­le­com e Atlan­ti­ca Ho­tels.

For­ma­da em tu­ris­mo pe­la Uni­ver­si­da­de Pau­lis­ta e pós gra­du­a­da em Mar­ke­ting pe­la Uni­ver­si­da­de Mac­ken­zie, Cris­ti­a­ne re­a­li­zou di­ver­sos cur­sos de es­pe­ci­a­li­za­ção ao lon­go de sua vi­da acadêmica e pro­fis­si­o­nal. Fi­gu­ram en­tre eles as for­ma­ções em Re­ve­nue Ma­na­ge­ment, pe­lo SE­NAC e GO consultoria, Ges­tão de Ven­das e Mar­ke­ting Di­gi­tal, am­bos pe­la FGV.

Ra­dis­son Blu São Paulo tem no­va Ge­ren­te ge­ral

O em­pre­en­di­men­to de lu­xo da Atlan­ti­ca Ho­tels lo­ca­li­za­do na ca­pi­tal pau­lis­ta, pas­sou a ser ge­ren­ci­a­do por Ka­ren Stank. A exe­cu­ti­va, gra­du­a­da em Ci­ên­ci­as Con­tá­beis pe­la Uni­ver­si­da­de Ca­xi­as do Sul ge­ren­ci­ou o Ho­tel Com­fort Lon­dri­na, o Qu­a­lity Ho­tel Cu­ri­ti­ba, o Ra­dis­son Be­lém, o Ra­dis­son Porto Ale­gre e era, até ou­tu­bro pas­sa­do, Ge­ren­te ge­ral do Ra­dis­son Ho­tel Cu­ri­ti­ba. En­tre os ob­je­ti­vos de sua ges­tão es­tá o au­men­to da par­ti­ci­pa­ção do ho­tel - que já é gran­de re­fe­rên­cia na ci­da­de de São Paulo no tu­ris­mo cor­po­ra­ti­vo e de la­zer- em even­tos so­ci­ais e cul­tu­rais. A no­va Ge­ren­te ge­ral tem co­mo me­ta tam­bém con­ti­nu­ar apoi­an­do pe­ças e shows na ci­da­de de São Paulo.

Pal­la­dium Ho­tel Group con­clui mo­der­ni­za­ção do TRS Yu­ca­tan Ho­tel

O Re­sort de lu­xo cin­co es­tre­las si­tu­a­do na Ri­vi­e­ra Maya, México, o TRS Yu­ca­tan Ho­tel, foi to­tal­men­te re­mo­de­la­do. O em­pre­en­di­men­to ago­ra con­ta com ser­vi­ço per­so­na­li­za­do pa­ra adul­tos, on­de os vi­si­tan­tes po­dem des­fru­tar de ati­vi­da­des ofe­re­ci­das pe­lo pro­gra­ma In­fi­ni­te In­dul­gen­ce.

O no­vo con­cei­to é uma evo­lu­ção do re­gi­me all in­clu­si­ve, uma vez que ofe­re­ce aos hós­pe­des um ser­vi­ço que vai além da ofer­ta con­ven­ci­o­nal, já que o hós­pe­de tem a pos­si­bi­li­da­de de des­fru­tar do lu­xo sem li­mi­tes, pa­ra es­co­lher com to­tal li­ber­da­de. É pos­sí­vel ain­da sa­bo­re­ar os es­ti­los gas­tronô­mi­cos mais re­quin­ta­dos, além de re­la­xar nos di­ver­sos es­pa­ços cri­a­dos pa­ra se re­co­nec­tar com a na­tu­re­za.

As re­no­va­ções in­cluí­ram 454 suí­tes, tan­to do an­ti­go The Royal Sui­tes Yu­ca­tan by Pal­la­dium, quan­to a in­te­gra­ção dos quar­tos Grand Pal­la­dium Ri­vi­e­ra Re­sort & Spa. As suí­tes es­pa­ço­sas e con­for­tá­veis, al­gu­mas com pis­ci­nas pri­va­ti­vas, in­di­vi­du­ais e du­plas, têm ter­ra­ços e vis­tas pa­no­râ­mi­cas. O em­pre­en­di­men­to pos­sui ain­da uma am­pla ga­ma de ser­vi­ços, tais co­mo me­nu de tra­ves­sei­ros, TV de te­la pla­na, wi-fi, co­fre, ro­om ser­vi­ce 24 ho­ras por dia e um mi­ni­bar com­ple­to, que é re­car­re­ga­do di­a­ri­a­men­te.

Con­rad Ho­tels & Re­sorts anun­cia aber­tu­ra do pri­mei­ro ho­tel da mar­ca na Colôm­bia

A Con­rad Ho­tels & Re­sorts, mar­ca de lu­xo que faz par­te do gru­po ho­te­lei­ro Hil­ton, anun­ci­ou a aber­tu­ra do Con­rad Car­ta­ge­na: o pri­mei­ro ho­tel da mar­ca na Colôm­bia e o ter­cei­ro da Amé­ri­ca La­ti­na. O re­sort es­tá lo­ca­li­za­do de fren­te pa­ra o mar do Ca­ri­be ao Nor­te da ci­da­de Amu­ral­la­da de Car­ta­ge­na.

O es­pa­ço con­ta com 109 alo­ja­men­tos, com de­co­ra­ção em ma­dei­ra cla­ra, tons neu­tros, e tam­bém itens em már­mo­re.

O ho­tel in­ves­tiu em ja­ne­las gran­des e pé di­rei­to al­to pa­ra va­lo­ri­zar a luz na­tu­ral e dei­xar à mos­tra a vis­ta pa­ra o mar do Ca­ri­be pa­ra o cam­po de gol­fe pro­je­ta­do por Jack Nic­klaus – um dos mai­o­res no­mes do gol­fe mun­di­al. Pa­ra o co­me­ço des­te ano, a re­de es­pe­ra ter 159 ha­bi­ta­ções adi­ci­o­nais.

O Con­rad Car­ta­ge­na con­ta com se­te pon­tos de ven­da de ali­men­tos e be­bi­das. To­dos os res­tau­ran­tes tra­zem o ca­rá­ter animado da ci­da­de, acom­pa­nha­do da cu­li­ná­ria da ter­ra e mar, com co­que­téis ar­te­sa­nais e itens gour­met re­cém pre­pa­ra­dos. O em­pre­en­di­men­to ofe­re­ce mais de 2200 m² de es­pa­ço li­be­ra­do pa­ra even­tos. Um sa­lão de qua­se 850 m², cin­co sa­las de reu­nião com mais de 45 m², to­das de­co­ra­das com es­ti­lo fi­el ao do ho­tel, in­ves­tin­do em ma­dei­ra cla­ra e pro­je­to lu­xu­o­so e so­fis­ti­ca­do. Áre­as de la­zer do com­ple­xo tam­bém con­tam com cam­po de gol­fe, e cin­co pis­ci­nas de 2200 m². Além dis­so, es­tá pre­vis­to pa­ra o co­me­ço de 2018 um spa e área de la­zer pa­ra cri­an­ças.

Hil­ton anun­cia ex­pan­são no México com dois no­vos ho­téis em Can­cun

A Hil­ton Worldwi­de anun­ci­ou re­cen­te­men­te a in­cor­po­ra­ção de dois ho­téis em Can­cun, no México, co­mo pla­no de sua ex­pan­são na re­gião. A em­pre­sa apre­sen­ta o ho­tel Wal­dorf As­to­ria Can­cun e o re­sort All In­clu­si­ve Hil­ton Can­cun. De­sen­vol­vi­dos pe­la Parks Hos­pi­ta­lity, com aber­tu­ras pre­vis­tas pa­ra 2021, os em­pre­en­di­men­tos te­rão ca­rac­te­rís­ti­cas dis­tin­tas pa­ra o mer­ca­do ca­ri­be­nho.

O Wal­dorf As­to­ria Can­cun te­rá 150 apar­ta­men­tos e suí­tes com ter­ra­ços e bal­cões pri­va­ti­vos com vis­ta pa­ra o mar. A pro­pri­e­da­de con­ta­rá com Spa, com tra­ta­men­tos tí­pi­cos da re­gião e in­gre­di­en­tes na­ti­vos, além de área fit­ness, pis­ci­nas e dois res­tau­ran­tes com op­ções gas­tronô­mi­cas va­ri­a­das. Pa­ra ofe­re­cer uma ex­pe­ri­ên­cia imer­si­va à cul­tu­ra me­xi­ca­na, o ho­tel ofe­re­ce­rá itens da co­zi­nha `Yu­ca­te­ca’ (oriun­da do es­ta­do de Yu­ca­tán), pre­pa­ra­da ex­clu­si­va­men­te com in­gre­di­en­tes lo­cais.

Já o Hil­ton Can­cun, re­sort de lu­xo com ser­vi­ço All In­clu­si­ve, con­ta­rá com 600 quar­tos com vis­ta pa­no­râ­mi­ca. O em­pre­en­di­men­to ofe­re­ce­rá in­fra­es­tru­tu­ra com­ple­ta de la­zer com seu com­ple­xo de pis­ci­nas, atra­ções ar­tís­ti­cas, gas­tronô­mi­cas e cul­tu­rais – além dos pra­tos ser­vi­dos, in­cluí­dos na diá­ria. Am­plo es­pa­ço pa­ra reu­niões e even­tos es­tá dis­po­ní­vel nos dois ho­téis, des­de reu­niões pe­que­nas até gran­des ce­le­bra­ções.

Os em­pre­en­di­men­tos do Hil­ton em Can­cun são pro­je­tos dos es­tú­di­os de ar­qui­te­tu­ra e de­sign SD Ar­chi­tects e EDSA y HBA, se­le­ci­o­na­dos pa­ra cri­ar uma tran­si­ção na­tu­ral en­tre es­pa­ços in­te­ri­o­res e ex­te­ri­o­res nas du­as pro­pri­e­da­des.

Ho­tel Fon­tai­ne­ble­au Mi­a­mi Be­a­ch pas­sa a in­te­grar ran­king de cons­tru­ção íco­ne

A im­po­nen­te for­ma de ar­co de fren­te pa­ra o mar do Ho­tel Fon­tai­ne­ble­au Mi­a­mi Be­a­ch, na Fló­ri­da (EUA) já é re­co­nhe­ci­da pe­la `Me­lho­res Ar­qui­te­tu­ras Ame­ri­ca­nas’ do Ins­ti­tu­to de Ar­qui­te­tos em 2007 e pe­lo Re­gis­tro Na­ci­o­nal de Lu­ga­res His­tó­ri­cos da­que­le país, na qual foi lis­ta­da em 2008. A partir de ago­ra, in­te­gra tam­bém o ran­king das 14 mais icô­ni­cas cons­tru­ções ame­ri­ca­nas do si­te “Cur­bed”, re­fe­rên­cia em ar­qui­te­tu­ra e de­sign e par­te da mul­ti­na­ci­o­nal de mí­dia Vox Me­dia. De acor­do com a pu­bli­ca­ção, o Fon­tai­ne­ble­au Mi­a­mi Be­a­ch vai mui­to além de sua au­ra fes­ti­va e é um mar­co por sua in­crí­vel his­tó­ria. Cons­truí­do em 1954, re­ce­beu o tí­tu­lo de mai­or e mais lu­xu­o­so ho­tel de Mi­a­mi dois anos de­pois. Ten­do re­ce­bi­do no­mes co­mo El­vis Pres­ley, Ma­rilyn Mon­roe, Frank Si­na­tra e Judy Gar­land, en­tre ou­tros, é mun­di­al­men­te fa­mo­so por ter ser­vi­do de ce­ná­rio pa­ra su­ces­sos do ci­ne­ma co­mo “Gold­fin­ger” (1964), “Scar­fa­ce” (1983) e “O Gu­ar­daCos­tas” (1992).

Ho­tel IHG da mar­ca Avid é inau­gu­ra­do em Oklaho­ma (EUA)

A IHG ce­le­brou re­cen­te­men­te a inau­gu­ra­ção do pri­mei­ro ho­tel em Oklaho­ma (EUA) da mar­ca mids­ca­le Avid ho­tel. A re­de tem uma for­te de- man­da com mais de 100 pe­di­dos de fran­qui­as, in­cluin­do 34 que já fo­ram con­ver­ti­dos em con­tra­tos as­si­na­dos por to­do o país. A pró­xi­ma fran­quia se­rá no Ca­na­dá.

Pro­je­ta­do pa­ra abrir no fi­nal do ter­cei­ro tri­mes­tre de 2018, o Avid em Oklaho­ma City-Qu­ail Springs se­rá um ho­tel de qua­tro an­da­res e 87 quar­tos. A ope­ra­ção fi­ca­rá a car­go da Cham­pi­on Ho­tels, com se­de em Oklaho­ma, o mai­or ope­ra­dor de ho­téis de pro­pri­e­da­de pri­va­da nos EUA.

In­fra­es­tru­tu­ra e de­co­ra­ção

O de­sign ex­te­ri­or in­clui­rá uma en­tra­da aber­ta, co­mo se fos­se a de uma lo­ja, além de pa­vi­lhão e uma es­ca­da ver­me­lha pa­ra con­tras­tar com a ba­se neu­tra. Já no in­te­ri­or, os hós­pe­des po­de­rão con­tar com áre­as pa­ra tra­ba­lho ou mes­mo reu­niões ca­su­ais, pa­ra que os hós­pe­des pos­sam des­can­sar, tra­ba­lhar ou fa­ze­rem su­as re­fei­ções. Os apar­ta­men­tos te­rão tec­no­lo­gi­as com iso­la­men­to acús­ti­co. Tam­bém ha­ve­rá um es­pa­ço es­ti­lo “ho­me of­fi­ce” e uma área am­pla de ar­ma­ze­na­men­to, aber­ta e fá­cil de usar. O ho­tel ofe­re­ce­rá um ca­fé da ma­nhã de cor­te­sia e op­ções de mer­ca­do pa­ra os hós­pe­des em mo­vi­men­to le­va­rem con­si­go.

To­do o ho­tel se­rá equi­pa­do com a Wi-Fi do IHG Con­nect, com memória de as­so­ci­a­dos fiéis pa­ra se co­nec­ta­rem au­to­ma­ti­ca­men­te quan­do pi­sa­rem no em­pre­en­di­men­to. Tam­bém ha­ve­rá in­ves­ti­men­tos em uma no­vo sis­te­ma na nu­vem de re­ser­vas de úl­ti­ma ge­ra­ção da IHG.

Mar­ca Cu­rio Collection by Hil­ton che­ga em Be­li­ze

No fi­nal do úl­ti­mo ano, a Hil­ton inau­gu­rou um em­pre­en­di­men­to da mar­ca Cu­rio Collection, na ilha de Am­ber­gris Caye, em Be­li­ze. A

ilha, com cer­ca de 15 mil pes­so­as, foi elei­ta pa­ra ins­ta­lar a pri­mei­ra uni­da­de da mar­ca no país. O Maho­gany Bay Re­sort & Be­a­ch Club pos­sui 205 cha­lés e quar­tos em uma área de 60 acres em fren­te ao mar com 10 op­ções gas­tronô­mi­cas, clu­be de praia e es­pa­ços pa­ra reu­niões e even­tos.

As pes­so­as que se hos­pe­dam no Maho­gany Bay Re­sort & Be­a­ch Club têm aces­so a uma va­ri­e­da­de de ame­ni­da­des, in­cluin­do o Bay Club com pis­ci­na, bar e tra­ta­men­tos de spa à bei­ra da pis­ci­na e o Be­a­ch Club de areia bran­ca pri­va­ti­vo. En­tre as atra­ções so­ci­ais do ho­tel es­tá a Gre­at House de 2.043 m², com um res­tau­ran­te e bar as­si­na­dos, es­pa­ço fle­xí­vel pa­ra even­tos e uma va­ran­da co­ber­ta. Car­ros de gol­fe e bi­ci­cle­tas elé­tri­cas e de pe­dais es­tão dis­po­ní­veis pa­ra os hós­pe­des.

Os cli­en­tes po­dem ex­plo­rar a Bar­rei­ra de Co­rais de Be­li­ze, a mai­or no He­mis­fé­rio Oci­den­tal, ou par­ti­ci­par de es­por­tes aquá­ti­cos, co­mo mergulho, snor­ke­ling, pes­ca, pad­dle bo­ar­ding e ou­tros. Com mais de 300 es­pé­ci­es de aves, a ilha tam­bém é um dos prin­ci­pais des­ti­nos pa­ra a ob­ser­va­ção de pás­sa­ros.

One&Only nas Ilhas Mau­rí­cio abre as por­tas com es­tru­tu­ra re­for­ma­da

O re­sort One&Only Le Saint Gé­ran, lo­ca­li­za­do nas Ilhas Mau­rí­cio, re­a­briu as por­tas após gran­de re­for­ma, e ago­ra es­tá vol­ta­do pa­ra um pú­bli­co mais jo­vem. Uma das mu­dan­ças atri­buí­das ao com­ple­xo foi um Kid’s Club e o One Tri­be pa­ra ado­les­cen­tes, além de ex­pe­ri­ên­ci­as ro­mân­ti­cas pa­ra ca­sais. Den­tre as no­vi­da­des é pos­sí­vel ci­tar as op­ções com lu­xu­o­sos quar­tos de hós­pe­des in­ter­co­nec­ta­dos, suí­tes pa­ra fa­mí­li­as, Vil­la One e no­vos es­pa­ços pa­ra

ex­plo­rar com o con­cei­to “pé na areia”.

Os jo­vens po­dem se aven­tu­rar em um play­ground ex­ter­no que con­tém uma pis­ci­na in­fan­til so­men­te pa­ra as cri­an­ças, uma ca­ma elás­ti­ca sub­mer­sa nu­ma área pri­va­da pa­ra re­fei­ções e um jar­dim pa­ra cul­ti­vo de er­vas KidsOnly, em que po­dem apren­der a plan­tar com o jar­di­nei­ro re­si­den­te no ho­tel, di­as te­má­ti­cos na­tu­re­za, cul­tu­ra lo­cal, es­por­tes e ar­te­sa­na­to.

O One Tri­be re­ce­be ado­les­cen­tes en­tre 11 e 17 anos de ida­de com um pro­gra­ma com­ple­to de ati­vi­da­des, com­pe­ti­ções sob me­di­da pa­ra ca­da ida­de. As ati­vi­da­des in­clu­em cam­po de trei­na­men­to fit­ness, noi­tes com fil­mes ao ar li­vre, li­ções de pin­tu­ra com he­na e con­cur­sos de ka­ra­o­kê.

O One&Only Le Saint Gé­ran apre­sen­ta ain­da uma no­va área de la­zer: o Palm Gro­ve pa­ra as fa­mí­li­as. Um lu­gar per­fei­to pa­ra os hós­pe­des apro­vei­ta­rem seus di­as, em um am­bi­en­te na­tu­ral com pis­ci­na.

No­vo ho­tel de lu­xo em An­guil­la é inau­gu­ra­do

Após 10 anos cons­truin­do o pri­mei­ro ho­tel bou­ti­que ul­tra­lu­xu­o­so de An­guil­la, o Quin­tes­sen­ce Ho­tel – A Tro­pi­cal Grand Man­si­on foi o pri­mei­ro a abrir na ilha des­de o fu­ra­cão Ir­ma. O Ju­li­ans, res­tau­ran­te da pro­pri­e­da­de, ini­ci­ou seu aten­di­men­to no úl­ti­mo dia 5 de de­zem­bro.

Com vis­ta pa­ra a praia de Long Bay, o Quin­tes­sen­ce ofe­re­ce no­ve suí­tes e vil­las, um res­tau­ran­te cin­co es­tre­las, spa, ba­res, pis­ci­na de bor­da in­fi­ni­ta, cen­tro fit­ness, pa­vi­lhão de io­ga e um es­pa­ço bu­si­ness, além do ser­vi­ço 24 ho­ras de mor­do­mo e con­ci­er­ge pa­ra as ne­ces­si­da­des dos hós­pe­des. O The Q Ho­tel foi fei­to com aces­só­ri­os ar­te­sa­nais e obras de ar­te per­so­na­li­za­das, in­cluin­do uma co­le­ção de pin­tu­ras e es­cul­tu­ras hai­ti­a­nas com­pi­la­das ao lon­go de décadas por Fi­e­ger. Em seu es­pa­ço ao ar li­vre, uma qua­dra de tê­nis, um ta­bu­lei­ro de xadrez em ta­ma­nho re­al e um am­bi­en­te de mas­sa­gem es­tão con­cen­tra­dos em meio à ve­ge­ta­ção exu­be­ran­te, res­sal­tan­do a saú­de e o bem-es­tar, in­cluin­do a po­lí­ti­ca es­tri­ta de não fu­mar. O Ai­dan Spa ofe­re­ce um me­nu de ma­ni­cu­res, pe­di­cu­res, tra­ta­men­tos fa­ci­ais e mas­sa­gens com os me­lho­res pro­du­tos de cui­da­dos com a pe­le, en­quan­to as ame­ni­ti­es Gil­ch­rist & So­a­mes es­tão dis­po­ní­veis nas aco­mo­da­ções.

O Ju­li­ans, bis­trô de cu­li­ná­ria fran­ce­sa li­de­ra­do pe­lo chef exe­cu­ti­vo Do­mi­ni­que The­ve­net, ofe­re­ce um me­nu que com­bi­na pra­tos tro­pi­cais de ori­gem lo­cal com cu­li­ná­ria fran­ce­sa, em um es­ti­lo de­no­mi­na­do por Fi­e­ger co­mo “co­mi­da com a al­ma da ilha”. Um con­jun­to de li­co­res e co­que­téis se­le­ci­o­na­dos, jun­to com ade­ga, in­te­gram o me­nu.

Pa­ra os vi­a­jan­tes mais exi­gen­tes, o The Q Ho­tel dis­po­ni­bi­li­za uma vil­la em­pre­sa­ri­al pri­va­ti­va que aco­mo­da até no­ve pes­so­as, equi­pa­da com o re­cur­so de vi­de­o­con­fe­rên­cia e conexão Wi-Fi em to­da a pro­pri­e­da­de e na praia.

Ac­corHo­tel lan­ça o pri­mei­ro 25hours ho­tel no Ori­en­te Mé­dio

A Ac­corHo­tels e o Du­bai World Tra­de Cen­tre LLC anun­ci­am a pri­mei­ra pro­pri­e­da­de 25hours ho­tels fo­ra da Eu­ro­pa. A mar­ca de hos­pi­ta­li­da­de, con­cei­tu­a­da na Ale­ma­nha,

es­tá pro­gra­ma­da pa­ra es­tre­ar no Ori­en­te Mé­dio com o 25hours Du­bai Ho­tel em 2020. O 25hours Du­bai Ho­tel, te­rá 434 apar­ta­men­tos e es­ta­rá lo­ca­li­za­do no em­pre­en­di­men­to One Cen­tral do DWTC, um des­ti­no li­festy­le. Com as du­as pri­mei­ras eta­pas do pro­je­to con­cluí­das an­tes do cro­no­gra­ma de en­tre­ga, o One Cen­tral exi­be uma mis­tu­ra cri­te­ri­o­sa de ati­vos co­mer­ci­ais sus­ten­tá­veis, di­ver­sas ofer­tas de hos­pi­ta­li­da­de, si­tes re­si­den­ci­ais e um icô­ni­co te­a­tro mul­ti­fun­ci­o­nal. Es­ses ele­men­tos cri­a­rão um es­ti­mu­lan­te es­ti­lo de vi­da e en­tre­te­ni­men­to no co­ra­ção do dis­tri­to cen­tral de ne­gó­ci­os de Du­bai.

O 25hours Du­bai se tor­na­rá a pri­mei­ra adi­ção de clas­se su­pe­ri­or a um con­jun­to atu­al de 1.210 sa­las das pre­mi­a­das mar­cas econô­mi­cas e de ní­vel in­ter­me­diá­rio da Ac­corHo­tels no com­ple­xo do DWTC.

No­bu Ho­tels pre­ten­de abrir cin­co no­vas uni­da­des es­te ano

A No­bu Ho­tels, que tem co­mo só­ci­os o ator Ro­bert De Ni­ro, o chef No­bu Mat­suhi­sa e o pro­du­tor de ci­ne­ma Meir Te­per, pos­sui se­te ho­téis em ope­ra­ção, mas pre­vê che­gar às 15 uni­da­des ho­te­lei­ras até 2020. So­men­te es­te ano, en­tra­rá em ope­ra­ção cin­co ho­téis, sen­do dois na Es­pa­nha, um no México, um nos Es­ta­dos Uni­dos e o ou­tro na Ará­bia Sau­di­ta. Na Es­pa­nha, a mar­ca vai abrir o No­bu Ho­tel Mar­bel­la, em Mar­bel­la, no Sul de Es­pa­nha, e o No­bu Ho­tel Bar­ce­lo­na, na ca­pi­tal da Ca­ta­lu­nha. Nos Es­ta­dos Uni­dos, a no­va uni­da­de se­rá em Chi­ca­go, o No­bu Ho­tel Chi­ca­go, de 119 quar­tos. No México o no­vo ho­tel se­rá na zo­na de re­sorts de Los Ca­bos, o No­bu Ho­tel Los Ca­bos, com 200 quar­tos, en­quan­to que na Ará­bia Sau­di­ta o No­bu Ho­tel Riyadh se­rá no cen­tro fi­nan­cei­ro de Ri­a­de.

No­vo es­pa­ço do Blue Tree Ca­xi­as do Sul con­ta com qua­tro sa­las pa­ra mas­sa­gem re­la­xan­te e te­ra­pêu­ti­ca

O no­vo Es­pa­ço Kids do De­vil­le Sal­va­dor tem co­mo ba­se as co­res pri­má­ri­as

Área do no­vo res­tau­ran­te do Ca­na Bra­va Re­sort (BA) foi am­pli­a­da pa­ra im­plan­ta­ção de co­zi­nha

Apar­ta­men­tos do Tro­pi­ca­lis Palms (AL) após mo­der­ni­za­ção

O par­qui­nho aquá­ti­co foi in­cluí­do na pis­ci­na in­fan­til ex­ter­na

O res­tau­ran­te foi uma das áre­as mo­der­ni­za­das

A pis­ci­na é uma das áre­as que fo­ram mo­der­ni­za­das

Ima­gem em 3 D da suí­te pre­si­den­ci­al do Wish Na­tal após a re­for­ma

Os apar­ta­men­tos fi­ca­ram ain­da mais con­for­tá­veis após a re­for­ma

Vis­ta aé­rea do Pla­za Eco­re­sort Ca­pi­va­ri

Ge­ren­tes do Bar­re­tos Ther­mas, Flá­vio Sou­za e An­dré Na­sor­ri, ao la­do da pre­si­den­te da cre­che, Lei­la Gemha Taha

Equi­pe do ho­tel Ra­dis­son Be­lém en­tre­gou tam­bém kits es­co­la­res, de hi­gi­e­ne e brin­que­dos

Fer­ra­men­ta per­mi­te a com­pra de mu­das e o seu ofe­re­ci­men­to co­mo pre­sen­te

Ação de divulgação uti­li­za­da nes­sa cam­pa­nha

Vis­ta aé­rea de co­mo se en­con­tra as obras do no­vo ae­ro­por­to do México

Ae­ro­mé­xi­co ope­ra com o no­vo Bo­eing 787-9 Dre­am­li­ner

Ae­ro­por­to de Car­ras­co, prin­ci­pal do Uru­guai, pas­sou por re­for­ma

Ma­no­el Car­do­so Li­nha­res: “Os paí­ses que já ado­ta­ram es­sa me­di­da ti­ve­ram o flu­xo de tu­ris­tas nor­te ame­ri­ca­nos au­men­ta­do”

O es­tu­do in­di­ca que hou­ve 15,44 mi­lhões de vi­si­tan­tes na ci­da­de no úl­ti­mo ano

O Ven­tus Aus­tra­lis ini­ci­ou su­as ope­ra­ções no úl­ti­mo dia 2 de janeiro

Gef­fer­son Alves

Patrícia Ca­lef­fi

Lu­ci­la Fi­guei­re­do

Was­sil Jor­ge

Ao cen­tro da fo­to, Cí­ce­ra Apa­rec­ci­da Sil­va, jun­ta­men­te com a equi­pe do Tryp By Wyndham Gu­a­ru­lhos Air­port

Gil­les Ri­che­mond

Car­los Bernardo

Wil­li­an Lass

Thi­a­go Sil­vei­ra

Mar­co Au­ré­lio Cos­ta

Ro­dri­go Sil­vey­ra

Cláu­dio Bot­ti­no

Fa­bio Sou­za

Jor­ge Cas­te­lo

Elai­ne Mi­che­lon

Ka­ren Stank

Cris­ti­a­ne Ro­quet­ti

Suí­tes fo­ram re­for­ma­das e ofe­re­cem pis­ci­nas pri­va­ti­vas, in­di­vi­du­ais e du­plas

Pers­pec­ti­va do Hil­ton Can­cun, que te­rá 600 quar­tos com vis­ta pa­no­râ­mi­ca

Pers­pec­ti­va do Con­rad Car­ta­ge­na, na Colôm­bia

Pers­pec­ti­va do ho­tel em Oklaho­ma

Ho­tel na Fló­ri­da já ti­nha tí­tu­lo de Me­lhor Ar­qui­te­tu­ra Ame­ri­ca­na do Ins­ti­tu­to de Ar­qui­te­tos do país

Maho­gany Bay Re­sort & Be­a­ch Club es­tá na ilha de Am­ber­gris Caye

Pis­ci­na do no­vo Quin­tes­sen­ce Ho­tel, em An­guil­la

Exe­cu­ti­vos da Du­bai World Tra­de Cen­tre LLC as­si­nam con­tra­to jun­to à Ac­corHo­tels

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.