Lu­xo no Es­pí­ri­to San­to

O HO­TEL IMPERADOR AJU­DOU A CO­LO­CAR A CI­DA­DE DE DO­MIN­GOS MAR­TINS NO MA­PA DO TU­RIS­MO

Hotelnews Magazine - - INDICE -

OHo­tel Imperador foi aber­to no dia 6 de ja­nei­ro de 1955, em Do­min­gos Mar­tins, no Es­pí­ri­to San­to. A cons­tru­ção foi re­a­li­za­da em um ter­re­no do­a­do pe­la pre­fei­tu­ra, lo­ca­li­za­do em fren­te à Pra­ça Dr. Arthur Gerhardt, a prin­ci­pal da ci­da­de. A inau­gu­ra­ção pro­mo­vi­da pe­lo pro­pri­e­tá­rio, Jef­fer­son de Agui­ar, con­tou com a pre­sen­ça de po­lí­ti­cos, per­so­na­li­da­des e da im­pren­sa.

O em­pre­en­di­men­to foi o pri­mei­ro ho­tel de lu­xo de to­do o Es­ta­do do Es­pí­ri­to San­to. Com sua inau­gu­ra­ção, a ci­da­de de Do­min­gos Mar­tins se fir­mou co­mo um des­ti­no de tu­ris­mo de mon­ta­nha. A lo­ca­li­da­de foi co­lo­ni­za­da por imi­gran­tes ale­mães e ita­li­a­nos e apre­sen­ta baixas tem­pe­ra­tu­ras no in­ver­no.

Por con­ta de seu cli­ma de ro­man­tis­mo, Do­min­gos Mar­tins, ou Cam­pi­nho, co­mo é ca­ri­nho­sa­men­te co­nhe­ci­da, tor­nou-se tam­bém um des­ti­no pro­cu­ra­do por ca­sais em lua de mel. E mui­tos de­les pro­cu­ra­vam o ho­tel por con­ta de seu con­for­to e sua ar­qui­te­tu­ra em es­ti­lo de mon­ta­nha.

A im­pren­sa lo­cal no­ti­ci­ou a inau­gu­ra­ção co­mo um gran­de acon­te­ci­men­to e enal­te­ceu as ins­ta­la­ções do em­pre­en­di­men­to, “do­ta­do de to­dos os re­qui­si­tos de con­for­to mo­der­no, in­clu­si­ve sa­lões, va­ran­das e sa­las. Pos­sui 11 apar­ta­men­tos e 28 quar­tos, to­dos com água cor­ren­te, chu­vei­ro elé­tri­co e jar­dim. Uma óti­ma co­zi­nha e ser­vi­ços de co­pa com­ple­men­tam o am­bi­en­te”. No to­po do edi­fí­cio fi­ca­va a fa­mo­sa suí­te 312, a mais es­pa­ço­sa e com a vis­ta mais pri­vi­le­gi­a­da e que era co­bi­ça­da pe­la mai­o­ria dos hós­pe­des que che­ga­vam de Vi­tó­ria e ou­tras ca­pi­tais, co­mo Rio de Ja­nei­ro, Be­lo Ho­ri­zon­te e São Pau­lo.

O Ho­tel Imperador te­ve seu au­ge até a dé­ca­da de 1980 e hos­pe­dou vá­ri­as per­so­na­li­da­des do país, en­tre elas o ex-pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca Ita­mar Fran­co, que re­si­diu no em­pre­en­di­men­to por al­guns me­ses nos anos 1960. Em 2005, Fran­co es­cre­veu uma car­ta ao en­tão se­cre­tá­rio mu­ni­ci­pal de Ad­mi­nis­tra­ção da ci­da­de, Jo­el Vel­ton, re­lem­bran­do es­se pe­río­do on­de tem “as me­lho­res re­co­ra­ções e fez mui­tas ami­za­des”.

O em­pre­en­di­men­to foi de­sa­pro­pri­a­do pe­lo go­ver­no do Es­ta­do em 2014 e ce­di­do à Pre­fei­tu­ra Mu­ni­ci­pal de Do­min­gos Mar­tins. Um ano de­pois, fo­ram re­a­li­za­dos re­pa­ros pa­ra ga­ran­tir a se­gu­ran­ça e sa­lu­bri­da­de do lo­cal e po­der ser uti­li­za­do no­va­men­te. Ho­je, o pré­dio abri­ga a Se­cre­ta­ria Mu­ni­ci­pal de Cul­tu­ra e Tu­ris­mo, a Es­co­la de Mú­si­ca He­le­na Gerhardt Brickwed­de, a Bi­bli­o­te­ca Mu­ni­ci­pal Ar­gen­ti­na Lopes Tris­tão, além de se­di­ar ex­po­si­ções, mos­tras e ou­tras ati­vi­da­des cul­tu­rais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.