Mar­mi­ta sau­dá­vel

Malu - - Em Forma -

D e acor­do com a As­so­ci­a­ção das Em­pre­sas de Re­fei­ção e Ali­men­ta­ção (ASSERT), comer fo­ra de casa cus­ta, em mé­dia, R$ 30,48. En­tão, que tal le­var sua pró­pria mar­mi­ta pa­ra o tra­ba­lho? Além de eco­no­mi­zar, vo­cê ga­nha mui­tos be­ne­fí­ci­os pa­ra sua saú­de. “A mar­mi­ta é fei­ta em casa e, por con­ta dis­so, é possível con­tro­lar a in­ges­tão de sal, gor­du­ra e óleo”, afir­ma Cyn­tia Mau­re­en, nu­tri­ci­o­nis­ta e con­sul­to­ra da Su­per­bom, em­pre­sa ali­men­tí­cia es­pe­ci­a­li­za­da na fa­bri­ca­ção de pro­du­tos sau­dá­veis. Ve­ja ou­tras di­cas!

Pla­ne­ja­men­to é es­sen­ci­al!

Se­gun­do a es­pe­ci­a­lis­ta, o pre­pa­ro da mar­mi­ta exi­ge pla­ne­ja­men­to. “No iní­cio da se­ma­na, pen­se no dia que te­rá mais tem­po pa­ra co­zi­nhar. Isso fa­ci­li­ta a de­fi­ni­ção da quantidade de co­mi­da, além de evi­tar des­per­dí­ci­os”. Ou­tra di­ca da con­sul­to­ra con­sis­te em sem­pre ar­ma­ze­nar os ali­men­tos em uma bol­sa tér­mi­ca pa­ra man­tê-los li­vres de bac­té­ri­as. “Pre­fi­ra os re­ci­pi­en­tes que te­nham di­vi­só­ri­as pa­ra não mis­tu­rar os ali­men­tos quen­tes com os fri­os. Não guar­de as mar­mi­tas quen­tes em re­ci­pi­en­tes de plás­ti­co, pois o mes­mo con­tém subs­tân­ci­as tó­xi­cas que po­dem pre­ju­di­car a saú­de. O ide­al é pro­cu­rar por va­si­lhas de vi­dro”. Cyn­tia ain­da con­ta que é im­por­tan­te re­ti­rar a mar­mi­ta do con­ge­la­dor 12 ho­ras an­tes do mo­men­to da re­fei­ção e des­cer pa­ra a ge­la­dei­ra.

Equi­lí­brio e pra­ti­ci­da­de

A mar­mi­ta de­ve ser sem­pre prá­ti­ca, mas com­pos­ta por ali­men­tos que pro­por­ci­o­nem o con­su­mo es­sen­ci­al de vi­ta­mi­nas, mi­ne­rais, car­boi­dra­tos, fi­bras e pro­teí­nas pa­ra a re­fei­ção. “Abu­se das fo­lhas e ve­ge­tais, co­mo, por exem­plo, al­fa­ce, rú­cu­la, abo­bri­nha, ce­nou­ra, bró­co­lis, be­ter­ra­ba, en­tre ou­tros. Em re­la­ção aos car­boi­dra­tos e pro­teí­nas, pro­cu­re sem­pre pri­o­ri­zar as ver­sões in­te­grais e ve­ge­tais, res­pec­ti­va­men­te”, co­men­ta. As le­gu­mi­no­sas também de­vem fa­zer parte da mar­mi­ta. “En­tre elas, des­ta­co o fei­jão, a len­ti­lha e o grão-de-bi­co. So­bre os le­gu­mes, uma ori­en­ta­ção pa­ra tor­na-los mais atra­ti­vos pa­ra o con­su­mo é le­va-los re­fo­ga­dos, gre­lha­dos ou no va­por”, su­ge­re.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.