Di­cas de au­to­es­ti­ma

Cá­tia Da­mas­ce­no aju­da vo­cê a le­van­tar seu as­tral e se sen­tir mais au­to­con­fi­an­te!

Malu - - História De Vida -

1. ES­TI­MU­LE A SUA POSITIVIDADE:

“Para ca­da emo­ção ne­ga­ti­va, pre­ci­sa­mos de três emo­ções po­si­ti­vas ao lon­go do nos­so dia. Elas po­dem ser qual­quer coi­sa, co­mo o sor­ri­so do seu fi­lho, usar uma rou­pa no­va, apre­ci­ar a be­le­za do céu...” 2. LISTE SU­AS CON­QUIS­TAS:

“Fa­ça uma lis­ta a res­pei­to de gran­des ou pe­que­nas con­quis­tas que vo­cê te­ve ao lon­go da sua vi­da. Quan­do vo­cê se sen­tir tris­te, leia a lis­ta e agra­de­ça às coi­sas bo­as que já acon­te­ce­ram com vo­cê.” 3. PRATIQUE UMA ATI­VI­DA­DE FÍ­SI­CA:

“Não pre­ci­sa ser aca­de­mia. Pratique al­go que vo­cê gos­te. Quan­do fa­ze­mos ati­vi­da­des fí­si­cas, au­men­ta­mos nos­sa do­sa­gem de en­dor­fi­na e tes­tos­te­ro­na, os hormô­ni­os da ale­gria e da li­bi­do.” 4. SELECIONE PES­SO­AS E AM­BI­EN­TES:

“Cui­da­do com as ami­za­des! Agu­mas pes­so­as só sa­bem nos co­lo­car pra bai­xo. Te­nha ami­za­des ape­nas com quem te faz bem. E preste aten­ção nos am­bi­en­tes: se a ener­gia é pe­sa­da e vo­cê não se sen­te bem no lo­cal, vá a um par­que, dê uma vol­ta, brin­que com uma cri­an­ça. Is­so dá uma re­vi­go­ra­da na gen­te.” 5. PA­RE DE SE COM­PA­RAR:

“Pa­re de achar que a gra­ma do vi­zi­nho é sem­pre mais ver­de. O que vo­cê es­tá fa­zen­do pe­la sua gra­ma? Não adi­an­ta res­mun­gar: se al­go es­tá ruim, re­sol­va! Des­cu­bra o que vo­cê tem de bom e va­lo­ri­ze is­so.” 6. DEDIQUE UM TEM­PO A VO­CÊ:

“O que vo­cê faz por vo­cê mes­ma? Vo­cê sa­be o que gos­ta de fazer quan­do es­tá so­zi­nha? Per­mi­ta-se es­tar em sua pró­pria com­pa­nhia e se agra­de.” 7. NÃO TE­NHA ME­DO DE ER­RAR:

“Te­mos o há­bi­to de fazer sem­pre as mes­mas coi­sas para ga­ran­tir que não va­mos er­rar. Mas er­rar é im­por­tan­te para apren­der e cres­cer na vi­da!” 8. EMPODERE-SE:

“Pratique o au­to­co­nhe­ci­men­to e acei­te­se co­mo vo­cê é. Or­gu­lhe-se do seu ca­be­lo, da sua cor, do seu cor­po. Li­vre-se dos pa­drões da so­ci­e­da­de, vo­cê é úni­ca e lin­da. Nun­ca dei­xe nin­guém di­zer o con­trá­rio.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.