Bol­so­na­ro aler­ta pa­ra ‘pe­ri­go ver­me­lho’

O Dia - - POLÍTICA E PAÍS -

O can­di­da­to Jair Bol­so­na­ro (PSL) de­di­cou o pri­mei­ro pro­gra­ma do se­gun­do tur­no no rá­dio e na te­le­vi­são a de­nun­ci­ar o co­mu­nis­mo e ata­car seu opo­si­tor Fer­nan­do Had­dad (PT) e o ex-pre­si­den­te Lu­la.

“O ver­me­lho é um si­nal de aler­ta pa­ra o que não que­re­mos no país. A nos­sa ban­dei­ra é ver­de e ama­re­la e nos­so par­ti­do é o Bra­sil”, dis­se a pro­pa­gan­da do can­di­da­to, que ci­tou o Fo­ro de São Pau­lo, “gru­po po­lí­ti­co com viés ide­o­ló­gi­co, co­mu­nis­ta, de es­quer­da li­de­ra­do por Lu­la e Fi­del Cas­tro”.

Bol­so­na­ro tam­bém exi­biu a fa­mí­lia, a es­po­sa Mi­chel­le e os qua­tro fi­lhos ho­mens e tam­bém fa­lou, emo­ci­o­na­do, so­bre a fi­lha ca­çu­la, Lau­ra. “Uma confissão. Eu já ti­nha de­ci­di­do não ter mais fi­lhos. (...) Fui no Hos­pi­tal Cen­tral do Exér­ci­to e des­fiz a va­sec­to­mia e mu­dou mui­to mi­nha vi­da com a che­ga­da da Lau­ra”, dis­se ele, que foi mui­to cri­ti­ca­do por ter di­to que a fi­lha ha­via si­do fru­to de “uma fra­que­ja­da” de­pois de qua­tro fi­lhos ho­mens.

RE­GI­NA DU­AR­TE E DO­RIA

A atriz Re­gi­na Du­ar­te vi­si­tou Bol­so­na­ro em ca­sa, no Rio, on­tem, e po­sou pa­ra fo­to pu­bli­ca­da pe­lo can­di­da­to em seu per­fil. Por ou­tro la­do, o can­di­da­to es­no­bou João Do­ria (PSDB), can­di­da­to a go­ver­na­dor de São Pau­lo que veio ao Rio pa­ra um en­con­tro com ele.

O pre­si­den­te do PSL, Gus­ta­vo Be­bi­an­no, des­men­tiu. “Não foi agen­da­do ab­so­lu­ta­men­te na­da com o Jair”, afir­mou, em fren­te à ca­sa do em­pre­sá­rio Pau­lo Ma­ri­nho, on­de Do­ria aguar­da­va o ca­pi­tão. Be­bi­an­no dis­se que Bol­so­na­ro es­ta­va “in­dis­pos­to”, mas ad­mi­tiu que há o in­te­res­se de não se en­vol­ver em dis­pu­tas es­ta­du­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.