Se­cre­ta­ria afir­ma que vai in­ves­ti­gar ca­sos

O Estado de S. Paulo - - Metrópole -

Res­pon­sá­vel pe­la ges­tão dos mer­ca­dos mu­ni­ci­pais, a Se­cre­ta­ria de Tra­ba­lho e Em­pre­en­de­do­ris­mo da ges­tão João Do­ria (PSDB) in­for­mou, por no­ta, que to­mou co­nhe­ci­men­to do co­mér­cio de bo­xes no Mer­ca­dão e que vai apu­rar os ca­sos apon­ta­dos pe­la re­por­ta­gem.

A pas­ta ar­gu­men­ta que os Ter- mos de Per­mis­são de Uso (TPUs) fo­ram originalmente emi­ti­dos an­tes da pu­bli­ca­ção do de­cre­to de 2001 que proí­be a trans­fe­rên­cia e exi­ge li­ci­ta­ção para pre­en­cher os bo­xes. Por is­so, diz a se­cre­ta­ria, “es­tão sob re­gra­men­tos mais an­ti­gos”.

“No en­tan­to, as al­te­ra­ções nos TPUs pos­te­ri­o­res a 2001, co- mo uni­fi­ca­ções e re­ma­ne­ja­men­tos, atu­a­li­za­ram a da­ta dos ter­mos, ade­quan­do-os ao de­cre­to mais re­cen­te”, diz a se­cre­ta­ria.

O ar­ti­go 19 do De­cre­to 41.425/01 diz que os TPUs emi­ti­dos an­tes de sua pu­bli­ca­ção con­ti­nu­a­ri­am em vi­gor, mas de­ve­ri­am se­guir as no­vas re­gras de fun­ci­o­na­men­to dos mer­ca­dos. Qu­es­ti­o­na­da, a pas­ta in­for­mou que vai ana­li­sar ca­so acas opa­ra sa­ber se hou­ve trans­fe­rên­cia ir­re­gu­lar de bo­xes no Mer­ca­dão.

O pen­te fi­no não de­ve ser fá­cil, uma vez quen ema se­cre­ta- ria tem em mãos a re­la­ção com­ple­ta dos atu­ais per­mis­si­o­ná­ri­os dos 300 bo­xes. Os da­dos dis­po­ní­veis no si­te da Pre­fei­tu­ra es­tão de­sa­tu­a­li­za­dos.

In­te­gra­ção. Já a Se­cre­ta­ria Mu­ni­ci­pal de De­ses­ta­ti­za­ção e Par­ce­ri­as in­for­mou que, em­bo­ra o mo­de­lo de con­ces­são dos mer­ca­dos ain­da não te­nha si­do de­fi­ni­do, “a pre­mis­sa es­ta­be­le­ci­da pe­la ad­mi­nis­tra­ção é de que o no­vo con­ces­si­o­ná­rio de­ve­rá bus­car a in­te­gra­ção com os per­mis­si­o­ná­ri­os le­gais exis­ten­tes”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.