PSL re­ce­be­rá R$ 110 mi­lhões do Fun­do Par­ti­dá­rio

Ape­sar de ter elei­to me­nos de­pu­ta­dos que o PT, si­gla te­ve mais vo­tos pa­ra Câ­ma­ra

O Estado de S. Paulo - - Primeira Página - Caio Sar­to­ri Pe­dro Al­ves

O cres­ci­men­to ex­po­nen­ci­al da ban­ca­da do PSL na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos ga­ran­ti­rá ao par­ti­do do pre­si­den­ciá­vel Jair Bol­so­na­ro a mai­or fa­tia do Fun­do Par­ti­dá­rio a par­tir do pró­xi­mo ano. Se­gun­do le­van­ta­men­to fei­to pe­lo Es­ta­do com ba­se em da­dos do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), a si­gla re­ce­be­rá em tor­no de R$ 110 mi­lhões do fun­do – abas­te­ci­do com re­cur­sos pú­bli­cos – ao lon­go de 2019.

O cres­ci­men­to ex­po­nen­ci­al da ban­ca­da do PSL na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos ga­ran­ti­rá ao par­ti­do do pre­si­den­ciá­vel Jair Bol­so­na­ro a mai­or fa­tia do Fun­do Par­ti­dá­rio a par­tir do pró­xi­mo ano. Se­gun­do le­van­ta­men­to fei­to pe­lo Es­ta­do com ba­se em da­dos do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), a si­gla re­ce­be­rá em tor­no de R$ 110 mi­lhões em re­cur­sos do fun­do – abas­te­ci­do com ver­bas pú­bli­cas – ao lon­go de 2019. O va­lor é mais de 17 ve­zes mai­or que o em­bol­sa­do pe­la si­gla em 2017, úl­ti­mo ano com nú­me­ros men­sais con­so­li­da­dos, quan­do re­ce­beu R$ 6,2 mi­lhões.

Ape­sar de ter con­quis­ta­do a mai­or ban­ca­da na Ca­sa pa­ra a pró­xi­ma le­gis­la­tu­ra, o PT fi­ca­rá em se­gun­do lu­gar na di­vi­são do dinheiro. Is­so ocor­re por­que o cri­té­rio pa­ra cal­cu­lar o fun­do é o nú­me­ro de vo­tos vá­li­dos ob­ti­dos pe­los par­ti­dos, não o nú­me­ro de de­pu­ta­dos elei­tos. O mon­tan­te des­ti­na­do ao par­ti­do de Bol­so­na­ro se­rá R$ 13 mi­lhões su­pe­ri­or ao que os pe­tis­tas te­rão di­rei­to. “O PSL vai ter dinheiro pa­ra se es­tru­tu­rar, é uma no­vi­da­de sem ta­ma­nho pa­ra eles”, afir­mou o ci­en­tis­ta po­lí­ti­co Mar­co Antô­nio Tei­xei­ra, da FGV.

Foi con­si­de­ra­do pa­ra o le­van­ta­men­to o va­lor de R$ 888,4 mi­lhões re­fe­ren­te ao fun­do de 2018, já que o mon­tan­te es­ti­ma­do pa­ra 2019 ain­da não foi di­vul­ga­do pe­lo TSE. Ou­tro pon­to que cha­ma aten­ção na no­va ta­be­la é a que­da do MDB, que foi de ter­cei­ro pa­ra sex­to par­ti­do com mais dinheiro do fun­do: te­rá di­rei­to a R$ 53,4 mi­lhões.

Por ou­tro la­do, o PSDB, ape­sar do de­sem­pe­nho pí­fio pa­ra a Câ­ma­ra – ele­geu ape­nas 29 de­pu­ta­dos e pas­sou da quar­ta pa­ra a no­na mai­or ban­ca­da – se­rá o ter­cei­ro par­ti­do com mais dinheiro do fun­do, com R$ 57,8 mi­lhões. Até es­te ano, era o se­gun­do. Há, po­rém, uma di­fe­ren­ça gri­tan­te en­tre os tu­ca­nos e os dois pri­mei­ros co­lo­ca­dos: o PSL, cu­ja di­fe­ren­ça pa­ra o PT se­rá de R$ 13 mi­lhões no ano, vai ter mais que o do­bro do PSDB.

Bar­rei­ra.

Se­gun­do cál­cu­los do Es­ta­do, 14 par­ti­dos não ul­tra­pas­sa­ram a cláu­su­la de bar­rei­ra e vão per­der o aces­so ao Fun­do Par­ti­dá­rio, ao tem­po de TV e o

di­rei­to de exer­cer liderança par­ti­dá­ria na Câ­ma­ra, mes­mo que te­nham elei­to de­pu­ta­dos. São eles: Pa­tri­o­ta, PHS, PC­doB, PRP, Re­de, PRTB, PMN, PTC, PPL, DC, PMB, PCB, PSTU e PCO. O TSE ain­da não di­vul­gou ofi­ci­al­men­te es­sa in­for­ma­ção.

O TSE in­for­mou que os re­cur­sos do fun­do ori­gi­nal­men­te re­pas­sa­dos a es­sas si­glas se­rão re­dis­tri­buí­dos pa­ra os que cum­pri­ram as novas re­gras de aces­so. Com is­so, o PSL fi­cou com 12,8% dos vo­tos to­tais pa­ra de­pu­ta­do fe­de­ral no País, con­si­de­ran­do os vo­tos em le­gen­dae os no­mi­nais. O PT Is­so co­lo­ca a si­gla de Bol­so­na­ro num apo­si­ção con­for­tá­vel pa­ra atrair par­la­men­ta­res de le­gen­das que não su­pe­ra­ram a cláu­su­la.

“Es­ses par­ti­dos vão fi­car qua­se im­pe­di­dos de so­bre­vi­ver no co­ti­di­a­no. A al­ter­na­ti­va vai se­ra fu­são com ou­tras le­gen­das”, dis­se Tei­xei­ra. A Re­de, por exem­plo, já es­tu­da se jun­tar ao PV, que ul­tra­pas­sou a cláu­su­la. As­sim co­mo o PPS, os ver­des ti­ve­ram ape­nas 1,78% da vo­ta­ção to­tal e re­ce­be­rão pou­co mais de R$ 17 mi­lhões do fun­do du­ran­te o ano.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.