SPACE COAST

Space Coast é uma re­gião es­pe­ci­al. Ou me­lhor: es­pa­ci­al. Ne­la se con­cen­tra a ba­se de lan­ça­men­to de fo­gue­tes da Na­sa. Mas há mui­to mais. Su­as prai­as e mar são ca­lo­ro­sos atra­ti­vos de sur­fis­tas e tu­ris­tas em cru­zei­ros ma­rí­ti­mos.

Qual Viagem - - SUMÁRIO - Por Pe­dro Tei­xei­ra

Ima­gi­ne 100 quilô­me­tros de prai­as e sol o ano in­tei­ro. Mui­tos não te­ri­am a me­nor von­ta­de de vol­tar, de­pois de vi­si­tar a re­gião de Space Coast, na Fló­ri­da. To­dos os anos, mi­lhões de tu­ris­tas che­gam ao lar das prai­as mais pró­xi­mas da ci­da­de em bus­ca de ex­pe­ri­ên­ci­as emo­ci­o­nan­tes. O des­ti­no de­tém um dos por­tos de cru­zei­ros mais mo­vi­men­ta­dos dos Es­ta­dos Uni­dos, a ca­pi­tal do sur­fe e a se­de do Ken- nedy Space Cen­ter, da Na­sa, on­de fo­ram lan­ça­das 135 mis­sões dos ôni­bus es­pa­ci­ais, além de fo­gue­tes não tri­pu­la­dos, e mais de 647 km² de re­fú­gio da vi­da sel­va­gem.

Por is­so mes­mo, é pre­ci­so re­ser­var tem­po, tan­to pa­ra con­tem­plar os mei­os que nos le­vam ao céu quan­to pa­ra ab­sor­ver as ma­ra­vi­lhas da na­tu­re­za lo­cal, se­ja em par­ques, prai­as ou pas­sei­os ma­rí­ti­mos. Space Coast re­ser­va sur­pre­sas en­can­ta­do­ras.

CON­TA­GEM REGRESSIVA

3,2,1. Pa­re­ce con­ta­gem regressiva, mas é ape­nas o có­di­go de área dos te­le­fo­nes de Space Coast, na Fló­ri­da, nos Es­ta­dos Uni­dos. A re­fe­rên­cia nu­mé­ri­ca es­tá re­la­ci­o­na­da a Ca­bo Ca­na­ve­ral, ci­da­de do Cen­tro Es­pa­ci­al Ken­nedy, ba­se de lan­ça­men­to de fo­gue­tes es­pa­ci­ais da Na­sa. A pou­co me­nos de uma hora de vi­a­gem de Or­lan­do, o tu­ris­ta tem aces­so a di­ver­sos atra­ti­vos co­mo be­las prai­as, o Par­que dos Ma­na­tis – par­que-san­tuá­rio on­de, com um pou­qui­nho de sor­te, se po­de pre­sen­ci­ar a vi­si­ta de gol­fi­nhos e pei­xes-bois e o his­tó­ri­co fa­rol que le­va o no­me da ci­da­de. No Bre­vard Zoo, além da vi­si­ta nor­mal, tam­bém é pos­sí­vel ob­ser­var os ani­mais de den­tro de um cai­a­que que cir­cu­la por um cir­cui­to de águas ao re­dor do zo­o­ló­gi­co. Mas di­fi­cil­men­te ha­ve­rá quem vá a Ca­bo Ca­na­ve­ral e dei­xe de vi­si­tar o Ken­nedy Space Cen­ter Vi­si­tor Com­plex.

A ci­da­de, lo­ca­li­za­da na cos­ta les­te dos Es­ta­dos Uni­dos, tem pou­co mais de dez mil ha­bi­tan­tes e re­ce­be to­dos os anos mi­lhões de tu­ris­tas en­tu­si­as­ma­dos por pro­gra­mas es­pa­ci­ais. O lo­cal é enor­me, a ponto de ser pos­sí­vel fa­zer um tour de ôni­bus pa­ra co­nhe­cer os di­ver­sos pré­di­os e as plataformas de lan­ça­men­to de fo­gue­tes da Na­sa. Há vá­ri­os atra­ti­vos: na Apol­lo/sa­turn V Cen­ter, o vi­si­tan­te te­rá uma pe­dra lu­nar ao al­can­ce das mãos, po­de­rá co­nhe­cer o Sa­tur­no 5 - mai­or fo­gue­te cri­a­do pe­la Na­sa, ti­rar fo­tos e en­ten­der mais so­bre as mis­sões que le­va­ram o ho­mem à Lua. No Roc­ket Gar­den, o vi­si­tan­te po­de­rá co­nhe­cer (e até en­trar) em gi­gan­tes­cos e his­tó­ri­cos fo­gue­tes da Na­sa ex­pos­tos a céu aber­to. O mai­or, o Ti­tan II, tem mais de 33 me­tros de al­tu­ra. Tam­bém se en­con­tra em exi­bi­ção o ôni­bus es­pa­ci­al Atlan­tis - apo­sen­ta­do de­pois de 33 mis­sões.um dos lu­ga­res mais dis­pu­ta­dos do com­ple­xo é o IMAX The­a­tre, on­de se exi­bem fil­mes em 3D, e em IMAX, so­bre as mis­sões es­pa­ci­ais. A aven­tu­ra con­ti­nua em si­mu­la­do­res es­pa­ci­ais, play­ground te­má­ti­cos, ex­po­si­ção de rou­pas e ob­je­tos usa­dos por as­tro­nau­tas. Em Ca­bo Ca­na­ve­ral, a ima­gi­na­ção de­co­la ao pri­mei­ro to­que de te­le­fo­ne.

CRU­ZEI­ROS MA­RÍ­TI­MOS

Em Porto Ca­na­ve­ral, na Cos­ta Es­pa­ci­al da Fló­ri­da, di­ver­sos cru­zei­ros ma­rí­ti­mos con­vi­dam o tu­ris­ta a ex­pe­ri­ên­ci­as pra lá de re­la­xan­tes com o mar. Ao to­do, são se­te ter­mi­nais de cru­zei­ro, den­tre eles, o da Dis­ney, Norwegian e Royal Ca­rib­be­an.

Porto Ca­na­ve­ral re­ce­be a mai­o­ria dos cru­zei­ros na Amé­ri­ca do Nor­te. Di­vi­di­do em du­as áre­as, o lo­cal es­tá cer­ca­do de be­las prai­as, áre­as de cam­ping, res­tau­ran­tes à bei­ra-mar e vista pa­ra o no­vo Ex­plo­ra­ti­on Tower.

Con­si­de­ra­do um dos mais mo­vi­men­ta­dos por­tos do mun­do, Porto Ca­na­ve­ral é re­fe­rên­cia de em­bar­que pa­ra as Baha­mas, Ca­ri­be Ori­en­tal ou Gol­fo do Mé­xi­co.

COCOA BEACH - O PA­RAÍ­SO DOS SUR­FIS­TAS

Na Cos­ta Les­te dos Es­ta­dos Uni­dos, on­das cons­tan­tes, ca­lor o ano in­tei­ro e lo­jas de sur­fe de clas­se mun­di­al fa­zem de Cocoa Beach a ca­pi­tal do sur­fe. A ter­ra de Kelly Sla­ter, sur­fis­ta 11 ve­zes cam­peão mun­di­al tem até o Mu­seu do Sur­fe, com di­rei­to a es­tá­tua do es­por­tis­ta.

A praia ofe­re­ce um mun­do de atra­ções aquá­ti­cas co­mo au­las de sur­fe e cai­a­que. Na ci­da­de, o fa­mo­so Ron Jon Surf Shop é aber­to 24 ho­ras du­ran­te to­dos os di­as da se­ma­na, jun­ta­men­te com o mai­or com­ple­xo de sur­fe do mun­do, o Cocoa Beach Surf Co, on­de es­tão as úl­ti­mas no­vi­da­des em pran­chas, equi­pa­men­tos e mo­da sur­fe, além de au­las pa­ra ini­ci­an­tes ou apri­mo­ra­men­to.

Cheia de res­tau­ran­tes, lo­jas e ba­res, Cocoa Beach re­a­li­za fes­ti­vais e fei­ras de rua o ano to­do. Tem ar­te­sa­na­to lo­cal, ar­tes, gas­tro­no­mia, ex­po­si­ção de car­ros an­ti­gos e mui­ta mú­si­ca. A Or­ques­tra Sinfô­ni­ca de Bre­vard se apre­sen­ta gra­tui­ta­men­te nos par­ques do Con­da­do. Por fim, a va­ri­e­da­de gas­tronô­mi­ca é re­ple­ta de pei­xes e fru­tos do mar fres­cos (tem até ca­ma­rão de água do­ce re­ti­ra­do na re­gião) e cer­ve­ja­ri­as ar­te­sa­nais.

Pa­ra quem gos­ta de praia, sur­fe, boa gas­tro­no­mia e, de que­bra, al­gu­mas com­pri­nhas, Cocoa Beach é, sem dú­vi­da, o pa­raí­so.

IN­FOR­MA­ÇÕES TU­RÍS­TI­CAS

vi­sits­pa­ce­co­ast.com fa­ce­bo­ok.com/vi­sits­pa­ce­co­ast twit­ter.com/flas­pa­ce­co­ast Es­cri­tó­rio de tu­ris­mo de Space Coast: (877) 572-3224 In­for­ma­ções so­bre lan­ça­men­tos de fo­gue­tes: spa­ce­co­as­tlaun­ches.com

Fo­gue­tes, cru­zei­ros ma­rí­ti­mos e be­las prai­as. Os di­ver­sos atra­ti­vos de Ca­bo Ca­na­ve­ral atra­em mi­lhões tu­ris­tas to­dos anos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.