Cer­ve­ja ar­te­sa­nal no In­ter­con­ti­nen­tal SP

Qual Viagem - - HOTÉIS & RESORTS -

As cer­ve­jas ar­te­sa­nais co­me­çam a ga­nhar a aten­ção, e o co­po, dos bra­si­lei­ros e ca­da vez mais en­con­tram­se ró­tu­los di­fe­ren­tes pa­ra de­gus­tar. Da mes­ma for­ma, ca­da vez mais sur­gem es­pa­ços que co­mer­ci­a­li­zam a be­bi­da cheia de es­ti­lo. Em São Paulo, além de ba­res, pubs e ou­tros es­ta­be­le­ci­men­tos que ofe­re­cem uma ver­da­dei­ra ex­pe­ri­ên­cia cer­ve­jei­ra, é pos­sí­vel apre­ciá-la em um ho­tel co­mo o In­ter­con­ti­nen­tal São Paulo. O ho­tel, lo­ca­li­za­do na re­gião da Pau­lis­ta, vem in­ves­tin­do na cer­ve­ja­ria ar­te­sa­nal e in­cluiu em sua car­ta, ró­tu­los co­mo Wäls e Co­lo­ra­do, re­cém-pre­mi­a­das no World Be­er Awards (WBA), prin­ci­pal com­pe­ti­ção do seg­men­to. En­tre os ró­tu­los ofe­re­ci­dos na ex­pe­ri­ên­cia es­tão a Hop Corn, uma IPA, a Bel­gi­an Wit­te, fei­ta de trigo e a Bohe­mi­an Pil­se­ner, me­da­lhis­ta no WBA, to­das da cer­ve­ja­ria mi­nei­ra Wäls; além da Ap­pia e De­moi­sel­le, da Co­lo­ra­do, sen­do a pri­mei­ra uma com­bi­na­ção exó­ti­ca do mel das la­ran­jei­ras, ce­va­da, tri­gos mal­ta­dos e ex­clu­si­va le­ve­du­ra de al­ta fer­men­ta­ção e a ou­tra, uma jun­ção do ca­fé com mal­tes im­por­ta­dos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.