SI­E­NA – Ar­te e ar­qui­te­tu­ra me­di­e­val

Qual Viagem - - ITÁLIA -

Cer­ca­da por be­los vi­nhe­dos da ro­ta dos vi­nhos Chi­an­ti, Si­e­na pos­sui mui­tos mo­nu­men­tos dos tem­pos me­di­e­vais e ru­e­las que mais pa­re­cem um la­bi­rin­to. É cul­tu­ral­men­te ri­ca e sua ar­qui­te­tu­ra é re­co­nhe­ci­da pe­la es­té­ti­ca mar­can­te.

Foi ri­val de Flo­ren­ça nos sé­cu­los 13 a 15, qu­an­do dis­pu­ta­va o po­der po­lí­ti­co da re­gião. Tan­to que um dos seus íco­nes, a tor­re me­di­e­val do Pa­laz­zo Co­mu­na­le - a Pre­fei­tu­ra Mu­ni­ci­pal cons­truí­da em 1342 em es­ti­lo gó­ti­co e or­na­da por lin­dos afres­cos – tem mais de cem me­tros de al­tu­ra, 12 a mais que a do Pa­laz­zo Vec­chio, na ca­pi­tal toscana.

O Pa­laz­zo Co­mu­na­le es­tá na Pi­az­za del Cam­po, o prin­ci­pal pon­to de en­con­tro de mo­ra­do­res e vi­si­tan­tes. Ela é uma das mai­o­res e mais pre­ser­va­das pra­ças me­di­e­vais do con­ti­nen­te. Um dos seus atra­ti­vos é a fa­mo­sa Fon­te Gaia, cu­ja água vem de um an­ti­go aque­du­to cons­truí­do há mais de 500 anos. Com o for­ma­to de um le­que, es­tá cer­ca­da por de­ze­nas de ba­res e res­tau­ran­tes char­mo­sos.

No cen­tro his­tó­ri­co amu­ra­lha­do uma pa­ra­da obri­ga­tó­ria é no Du­o­mo de Si­e­na, con­si­de­ra­do tam­bém um Pa­trimô­nio Mun­di­al pe­la Unes­co. A ca­te­dral foi cons­truí­da em es­ti­lo gó­ti­co-ro­mâ­ni­co en­tre 1136 e 1182 e guar­da obras-pri­mas de va­lo­res ines­ti­má­veis. Na Pi­az­za del Du­o­mo tam­bém es­tá o Mu­seo dell’ope­ra.

A pra­ça prin­ci­pal da ci­da­de é a mo­nu­men­tal Il Cam­po, que da­ta do sé­cu­lo 13 e é on­de até ho­je são re­a­li­za­das cor­ri­das de ca­va­los (Il Pa­lio) mun­di­al­men­te fa­mo­sas. As dis­pu­tas ocor­rem sem­pre nos me­ses de ju­lho e agos­to e cos­tu­mam atrair mi­lha­res de turistas.

Ou­tra atração que me­re­ce uma vi­si­ta é o san­tuá­rio e a ca­sa de San­ta Ca­ta­ri­na, pa­dro­ei­ra de Si­e­na. Em su­as ca­pe­las e claus­tros es­tão pin­tu­ras e es­cul­tu­ras que re­tra­tam a vi­da da San­ta que foi ca­no­ni­za­da em 1461.

Ao la­do, a Fon­te Gaia, que re­ce­be por ca­nais sub­ter­râ­ne­os a água vin­da de um aque­du­to a 25 quilô­me­tros de dis­tân­cia; o in­te­ri­or do Du­o­mo de Si­e­na, a lin­da ca­te­dral em es­ti­lo Ro­ma­nes­co-gó­ti­co; e, abai­xo, a gran­de Pi­az­za del Cam­po, on­de es­tá o Pal­laz­zo Co­mu­na­le.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.