Ex-atle­ta do SCP apa­nha 23 anos

HO­MI­CÍ­DIO r Val­ter Mo­re­no ma­tou ad­vo­ga­da com pe­lo me­nos 22 fa­ca­das

Correio da Manha - - Portugal - SÉR­GIO A. VI­TO­RI­NO

Val­ter Mo­re­no, pre­pa­ra­dor fí­si­co e an­ti­go atle­ta do Spor­ting Clu­be de Portugal (foi cam­peão ibé­ri­co de atle­tis­mo), foi on­tem con­de­na­do a 23 anos de ca­deia pe­lo ho­mi­cí­dio à fa­ca­da da ad­vo­ga­da Ilídia Ma­ce­do, que ti­nha 36 anos, em abril de 2017, no Fun­chal.

O co­le­ti­vo, pre­si­di­do pe­la juí­za Car­la Me­ne­ses, con­si­de­rou que o ho­mem agiu com “egoís­mo abo­mi­ná­vel” ao ma­tar a ví­ti­ma. Foi con­de­na­do por ho­mi­cí­dio qua­li­fi­ca­do, vi­o­lên­cia do­més­ti­ca con­tra Ilí­cia Ma­ce­do (que foi sub­di­re­to­ra da Lo­ja do Ci­da­dão no Fun­chal), e de re­sis­tên­cia e co­a­ção sob a PSP.

Ilídia Ma­ce­do já ha­via apre­sen­ta­do quei­xas por vi­o­lên­cia do­més­ti­ca. Aban­do­nou a re­la­ção com Val­ter Mo­re­no, 44

FI­LHO ME­NOR DE ILÍDIA MA­CE­DO VAI RE­CE­BER 600 MIL € DE IN­DEM­NI­ZA­ÇÃO

anos, e já de­pois apre­sen­tou duas no­vas quei­xas, no iní­cio de abril do ano pas­sa­do. Val­ter dis­se-lhe mes­mo que ela “ia mor­rer co­mo o pai” [as­sas­si­na­do com um ti­ro na ca­be­ça]. Na ma­dru­ga­da de dia 15 o ho­mem fez­lhe uma es­pe­ra, em­pur­rou-a e a um amigo des­ta e in­va­diu a ca­sa da ad­vo­ga­da. Aca­bou por ma­tar a mu­lher com pe­lo me­nos 22 fa­ca­das, de três fa­cas di­fe­ren­tes.

O cri­me foi de gran­de bru­ta­li­da­de. A ví­ti­ma foi en­con­tra­da nua, le­van­do um dos PSP a di­zer que “já viu vá­ri­os fil­mes de ter­ror, mas na­da com­pa­ra­do com aque­le”. Val­ter Mo­re­no ata­cou os po­lí­ci­as , obri­gan­do um de­les a atin­gi-lo com um ti­ro.

No jul­ga­men­to, que co­me­çou a 24 de maio, o ar­gui­do con­tou uma his­tó­ria de “bei­jos e abra­ços”, afe­tos “cor­res­pon­di­dos” que se trans­for­ma­ram nu­ma lu­ta. “Tu­do se tor­nou cin­zen­to”, ale­gou, as­su­min­do ter per- di­do “o con­tro­lo”. Pen­sou: “Que­ro pa­rar e não con­si­go”.

O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co ti­nha pe­di­do 22 anos de pri­são. O ad­vo­ga­do que re­pre­sen­tou o fi­lho me­nor de Ilídia Ma­ce­do exi­gi­ra a pe­na pe­na má­xi­ma, 25 anos.

Val­ter Mo­re­no vai ter de pa­gar 600 mil eu­ros de in­dem­ni­za­ção ao fi­lho da ví­ti­ma.

Val­ter Mo­re­no ma­tou a ex-com­pa­nhei­ra no Fun­chal. Foi on­tem con­de­na­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.