Car­tões que dão pré­mi­os

Destak - - Atualidade - JOÃO RA­PO­SO jo­ao.ra­po­so@re­or­ga­ni­za.pt

Por es­tes di­as fui con­fron­ta­do com a le­gí­ti­ma per­gun­ta, re­la­ti­va ao be­ne­fí­cio para os ban­cos de dis­po­ni­bi­li­za­rem car­tões de cré­di­to em que de­vol­vem uma per­cen­ta­gem do va­lor da com­pra. Es­ta op­ção de al­guns car­tões de cré­di­to é co­nhe­ci­da por ‘cash­back’, is­to é, “de­vo­lu­ção do di­nhei­ro”. Re­al­men­te, es­ta­mos di­an­te de um ca­so em que o uti­li­za­dor po­de vir a ga­nhar di­nhei­ro com o seu car­tão. Ima­gi­ne que faz uma mé­dia de €300/mês em com­pras com o car­tão de cré­di­to. Se ti­ver 1% de cash­back (em al­guns ca­sos po­de ter até 3%) sig­ni­fi­ca que ga­nhou com o seu car­tão €36, num ano. Mas e os ban­cos, o que ga­nham? Os ban­cos po­dem ga­nhar de du­as for­mas: uma é atra­vés da anui­da­de e en­car­gos com o car­tão que po­de­rão ser su­pe­ri­o­res ao ‘cash­back’; por ou­tro la­do os ban­cos ga­nham na me­di­da em que es­tão a fo­men­tar há­bi­tos so­ci­ais, is­to é, quem mais ga­nha com a mas­si­fi­ca­ção dos car­tões de cré­di­to são os ban­cos. Na ver­da­de, po­de­mos fazer uma ges­tão do car­tão de cré­di­to de for­ma a que os ban­cos não ga­nhem di­nhei­ro con­nos­co – pa­ga­men­to a 100% e apro­vei­tar os des­con­tos que con­si­gam su­pe­rar a anui­da­de do car­tão –, mas os cre­do­res sa­bem per­fei­ta­men­te que mes­mo que a in­ten­ção se­ja de não uti­li­zar car­tão para fra­ci­o­nar com­pras, es­sa ten­ta­ção vai apa­re­cer a qual­quer momento. Con­se­guir que to­dos os portugueses te­nham um car­tão de cré­di­to na mão é dar a pos­si­bi­li­da­de a ca­da um de nós de en­di­vi­dar-se com a uti­li­za­ção des­se va­lor. Re­pa­re que es­se va­lor foi apro­va­do no pas­sa­do, mas na­da im­pe­de de ho­je, es­tan­do com mai­or ou me­nor es­ta­bi­li­da­de de ren­di­men­tos, pos­sa gas­tar on­de qui­ser es­se di­nhei­ro. O car­tão de cré­di­to não é mau em si, mas po­de ser a ori­gem de di­fi­cul­da­des fi­nan­cei­ras. Não dei­xe que os pré­mi­os e be­ne­fí­ci­os as­so­ci­a­dos aos car­tões sejam a por­ta aber­ta para pro­ble­mas fu­tu­ros.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.