Diario de Noticias - DN + Dinheiro Vivo

Por­to quer mar­car pre­sen­ça na ex­po­si­ção uni­ver­sal Ex­po Du­bai

- Porto · Futebol Clube do Porto · Dubai · Portugal · London · Paris · The Crystal Palace · United Arab Emirates · Expo 2020

AEP pa­ra 2021 se­ja a nor­ma­li­za­ção da ati­vi­da­de in­ter­na­ci­o­nal, com o re­gres­so às gran­des fei­ras mun­di­ais – que Pau­lo Vaz acre­di­ta que po­de­rá acon­te­cer já no pri­mei­ro tri­mes­tre do pró­xi­mo ano –, es­tá tam­bém a de­sen­vol­ver de for­ma com­ple­men­tar a ver­ten­te di­gi­tal. “Te­mos de apro­vei­tar aqui­lo que a pan­de­mia nos obri­gou a de­sen­vol­ver, co­mo um ele­men­to adi­ci­o­nal que com­ple­men­ta a nos­sa ati­vi­da­de”.

So­bre a Ex­po­nor, uma das áre­as que tem sob a sua al­ça­da, Pau­lo Vaz ga­ran­te que “con­ti­nua sem con­di­ções” pa­ra re­to­mar a ati­vi­da­de. “Re­a­li­za­mos fei­ras de gran­de di­men­são que não são com­pa­gi­ná­veis com as re­gras que ho­je são im­pos­tas pa­ra ter ma­ni­fes­ta­ções des­ta na­tu­re­za. A EMAF (fei­ra de má­qui­nas, equi­pa­men­tos e ser­vi­ços), que adiá­mos pa­ra o ano, tem cer­ca de 10 a 12 mil pes­so­as pre­sen­tes em per­ma­nên­cia no es­pa­ço. Não é pos­sí­vel, não é viá­vel”, de­fen­de. Mas Pau­lo Vaz acre­di­ta que, em 2021, com a che­ga­da da va­ci­na e de “tes­tes rá­pi­dos, ba­ra­tos e de uni­ver­sal”, se­rá pos­sí­vel re­a­ti­var a con­fi­an­ça e a eco­no­mia. “Te­mos de es­tar pre­pa­ra­dos pa­ra en­con­trar as so­lu­ções ne­ces­sá­ri­as pa­ra re­a­ti­var even­tos, a par­tir do pró­xi­mo ano, por­que va­mos ter que apren­der a vi­ver com a co­vid-19”, de­fen­de.

O Por­to foi a ter­cei­ra ci­da­de no mun­do a re­ce­ber uma Ex­po­si­ção Uni­ver­sal, em 1865. Uma ini­ci­a­ti­va da As­so­ci­a­ção In­dus­tri­al Por­tu­en­se, ho­je AEP, que pre­ten­der apro­vei­tar a pre­sen­ça de Por­tu­gal na Ex­po Du­bai, no pró­xi­mo ano (um dos mui­tos even­tos que de­ve­ri­am ter acon­te­ci­do em 2020 e que fo­ram adi­a­dos pa­ra 2021 por cau­sa da pa­ne­mia), pa­ra lem­brar es­se fac­to his­tó­ri­co. “Das pri­mei­ras ex­po­si­ções uni­ver­sais [que se fi­ze­ram no mun­do], o Por­to re­ce­beu a quar­ta. Pri­mei­ro foi Lon­dres, de­pois Pa­ris, vol­tou a Lon­dres e de­pois foi o Por­to. E nin­guém se lem­bra dis­so”, diz Pau­lo Vaz.

O ad­mi­nis­tra­dor exe­cu­ti­vo da AEP pa­ra a área de Ne­gó­ci­os re­co­nhe­ce que es­ta op­ção, de aju­dar a di­vul­gar a exis­tên­cia de uma ex­po­si­ção uni­ver­sal no Por­to no sé­cu­lo XIX não é uma de­ci­são que cai­ba à AEP, mas as­su­me que gos­ta­ria de re­co­lher os con­sen­sos ne­ces­sá­ri­os pa­ra o fa­zer. “Não de­pen­de só de nós, tem que ha­ver mui­tos par­cei­ros que es­te­jam en­vol­vi­dos nis­to, mas era um de­sa­fio mui­to in­te­res­san­te pa­ra en­fren­tar”, fri­sa. A des­trui­ção do Pa­lá­cio de Cris­tal, cons­truí­do pa­ra re­ce­ber a Ex­po do Por­to e mais tar­de de­mo­li­do, é uma das ra­zões que po­de aju­dar a ex­pli­car o des­co­nhe­ci­men­to des­te te­ma. E, por is­so, dei­xa um re­ca­do ao atu­al e fu­tu­ros au­tar­cas na re­gião: “Re­cons­truir o Pa­lá­cio de Cris­tal ori­gi­nal fi­ca­ria sim­pá­ti­co a qual­quer pre­si­den­te. Não é im­pos­sí­vel e dig­ni­fi­ca­ria imen­so o país”.

Por­tu­gal é um dos 192 paí­ses que vão mar­car pre­sen­ça na Ex­po 2020

Du­bai, que vai de­cor­rer de 1 de ou­tu­bro de 2021 a 31 de mar­ço de 2022 nos Emi­ra­dos Ára­bes Uni­dos. E a AEP quer ter um pa­pel “par­ti­cu­lar­men­te im­por­tan­te” em dar “vi­si­bi­li­da­de do te­ci­do in­dus­tri­al por­tu­guês”, num es­pa­ço on­de ha­ve­rá “mui­tos mi­lhões de vi­si­tan­tes a olhar pa­ra nós”.

A AICEP re­ce­be, no fi­nal des­te mês, o pa­vi­lhão por­tu­guês que, do pon­to de vis­ta fí­si­co, já es­tá cons­truí­do. De­pois, há to­do o tra­ba­lho de re­cheio e mu­se­o­ló­gi­co, com uma área res­pei­tan­te às “ma­ni­fes­ta­ções de na­tu­re­za cor­po­ra­ti­va” dos vá­ri­os se­to­res, na qual a AEP tem in­te­res­se. “Se­rão se­ma­nas te­má­ti­cas, ex­po­si­ções tem­po­rá­ri­as, con­fe­rên­ci­as, en­con­tros B2B com even­tu­ais cli­en­tes, va­mos olhar pa­ra tu­do is­so com mui­ta aten­ção”, diz Pau­lo Vaz.

 ?? FO­TO: AN­DRÉ ROLO/GLO­BAL IMA­GENS ?? Pau­lo Vaz é ad­mi­nis­tra­dor exe­cu­ti­vo da área de Ne­gó­ci­os da AEP.
FO­TO: AN­DRÉ ROLO/GLO­BAL IMA­GENS Pau­lo Vaz é ad­mi­nis­tra­dor exe­cu­ti­vo da área de Ne­gó­ci­os da AEP.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal