O que são os codecs?

É o youtuber com mais subs­cri­to­res em Por­tu­gal – e por uma con­si­de­rá­vel di­fe­ren­ça, em re­la­ção ao se­gun­do lu­gar do top.

PC Guia - - ÍNDICE - SirKaz­zio MAS RE­DES SO­CI­AIS FA­CE­BO­OK.COM/SIRKAZ­ZIO INS­TA­GRAM.COM/KAZZIO7 TWIT­TER.COM/SIRKAZ­ZIO

Dos vídeos de Mi­ne­craft até aos vlogs de par­ti­das à na­mo­ra­da e ami­gos, o YouTube já o le­vou além-fron­tei­ras, se­ja nas par­ti­ci­pa­ções ou na na­ci­o­na­li­da­de dos subs­cri­to­res. A me­ta a cru­zar até ao fi­nal de 2017 já es­tá bem de­fi­ni­da: há que ul­tra­pas­sar os seis mi­lhões de subs­cri­to­res no ca­nal prin­ci­pal. Sim, por­que já há tam­bém ca­nal se­cun­dá­rio, o Kaz­zi­oTV, cri­a­do re­cen­te­men­te. «Es­pe­ro que che­gue ao seu pri­mei­ro mi­lhão de se­gui­do­res tam­bém», acre­di­ta SirKaz­zio.

O que te le­vou a co­me­çar a fa­zer vídeos?

Sim­ples­men­te, que­ria al­go pa­ra pas­sar o tem­po nas ho­ras va­gas da uni­ver­si­da­de, al­go que fos­se di­ver­ti­do e que pu­des­se dar al­gu­ma di­ver­são a mais pes­so­as.

Qu­ais são as tu­as ins­pi­ra­ções, fo­ra ou den­tro do YouTube?

Ins­pi­ro-me em vá­ri­os you­tu­bers ho­je em dia, de vá­ri­as par­tes do mun­do, que fa­zem um con­teú­do­co pa­re­ci­do com o meu. É aí que ga­nho as­si­mas mais ideias pa­ra cri­ar vídeos di­fe­ren­tes e ddi­ver­ti­dos pa­ra o ca­nal.

Co­mo é que ex­pli­cas­te à tua fa­mí­lia que eras youtuber? Co­mo é que re­a­gi­ram no prin­cí­pio e o que é que pen­sam ac­tu­al­men­te dis­so?

ElesE­le vi­ram tu­do a acon­te­cer, eu já pas­sa­va ho­ras no com­pu­ta­dor. Só lhes dis­se que es­ta­va a gra­var ví­de­os­víd pa­ra o YouTube, eles não li­ga­ram, só que­ri­amqu que eu es­tu­das­se. Ho­je em dia, sa­bem quequ é o meu tra­ba­lho e gos­tam mui­to de ver.

Qual é o teu prin­ci­pal ob­jec­ti­vo em ca­da vídeo? Com que te pre­o­cu­pas sem­pre que es­tás em fren­te à câ­ma­ra?

O meu prin­ci­pal ob­jec­ti­vo é di­ver­tir o pú­bli­co, não­nã sou de me pre­o­cu­par mui­to com a rou­pa ou as­sim.as O que eu que­ro é fa­zer vídeos que se­jam

en­gra­ça­dos e que di­vir­tam o dia, ou pe­lo me­nos al­guns mi­nu­tos, das pes­so­as que o vêem.

Co­mo é que pla­nei­as a gra­va­ção dos teus vídeos: fa­zes um guião ou im­pro­vi­sas; e de­pois, se­gues um ca­len­dá­rio de pu­bli­ca­ção?

A mai­o­ria das ve­zes im­pro­vi­so, te­nho uma ideia e apli­co, não cos­tu­mo fa­zer guiões, é mui­to ra­ro. Sei sem­pre o que que­ro di­zer so­bre o te­ma que es­tou a fa­lar e pe­lo fac­to de não ter guião, tor­na tu­do mais re­al e aca­bo por di­zer coi­sas que no meio do vídeo me vêm à ca­be­ça e dei­xa tu­do mais en­gra­ça­do. Eu cos­tu­mo ter uma ho­ra fi­xa pa­ra car­re­gar o meu vídeo diá­rio, ou de­pen­den­do do dia, pu­bli­co mais do que um.

Já con­se­gues vi­ver ex­clu­si­va­men­te dos lu­cros do YouTube e/ou das par­ce­ri­as com as mar­cas?

Sim, é o meu tra­ba­lho. As­sim que aca­bei a uni­ver­si­da­de, de­ci­di fo­car-me a 100% no YouTube. Vi­vo e pa­go as mi­nhas con­tas gra­ças aos lu­cros vin­dos de­le.

Tens al­gu­ma his­tó­ria/epi­só­dio que te te­nha mar­ca­do es­pe­ci­al­men­te des­de que és youtuber?

As vi­a­gens são sem­pre as me­lho­res coi­sas de ser you­tuy­ber. Já fui a vá­ri­os paí­ses que nun­ca ti­nha pen­sa­do vi­si­tar, mui­to me­nos gra­ças ao YouTube, co­mo, por exem­plo, Bra­sil, Ho­lan­da ou Es­ta­dos Uni­dos. Vá­ri­os even­tos de paí­ses di­fe­ren­tes con­vi­dam-me pa­ra es­tar pre­sen­te e são sem­pre es­pec­ta­cu­la­res!

O que é que te fal­ta conquistar? Diz-nos um ob­jec­ti­vo não cum­pri­do e que quei­ras atin­gir em 2017!

Con­ti­nu­ar a cres­cer, con­ti­nu­ar a tra­ba­lhar nis­to e con­ti­nu­ar a ale­grar ca­da vez mais pes­so­as. Es­pe­ro que es­te ano o meu ca­nal pos­sa che­gar a seis mi­lhões de se­gui­do­res e o meu ca­nal se­cun­dá­rio, que cri­ei re­cen­te­men­te, cha­ma­do Kaz­zi­oTV, che­gue ao seu pri­mei­ro mi­lhão de se­gui­do­res tam­bém!

VÍDEO MAIS VIS­TO FUI TROLLAR MI­NHA NA­MO­RA­DA E OLHA NO QUE DEU! BIT.LY/2MSZYK4 | CARREGADO A OU­TU­BRO DE 2015 VI­SU­A­LI­ZA­ÇÕES 7,5 MI­LHÕES DES­CRI­ÇÃO UM VÍDEO COM UMA PARTIDA TÃO SIM­PLES, COM UM COPO DE ÁGUA À MISTURA. LU­CROS DO VÍDEO 13 MIL EU­ROS* VA­LOR DO CA­NAL 1,75 MI­LHÕES DE EU­ROS* *es­ti­ma­ti­vas do si­te In­flu­en­cer Mar­ke­ting Hub

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.