QU­E­RE­MOS RES­POS­TAS!

Uma bo­li­nha para ti, uma bo­li­nha para mim. Há sem cre­me, com Nu­tel­la e com mas­sa da al­far­ro­ba, mas tu­do de­pen­de do ven­de­dor re­gis­ta­do, que até as po­de ir com­prar ao su­per­mer­ca­do para de­pois ven­der. É a fa­se «em­bri­o­ná­ria» de uma app cri­a­da pe­la Al­gar­da­ta e

PC Guia - - ON - Por Ri­car­do Du­rand

Qual­quer pes­soa se po­de re­gis­tar co­mo ven­de­dor de bo­li­nhas. E se eu ven­der as que com­pro no Mi­ni­pre­ço a um eu­ro o par?

Sim, qual­quer pes­soa po­de-se re­gis­tar co­mo Ven­de­dor de Bo­li­nhas. A apli­ca­ção foi anun­ci­a­da nu­ma fa­se mui­to em­bri­o­ná­ria, no se­gui­men­to do in­te­res­se de­mons­tra­do por uma ca­deia de te­le­vi­são em fa­zer uma pe­ça so­bre es­ta so­lu­ção. Para ser­mos sin­ce­ros, nun­ca es­pe­ra­mos uma acei­ta­ção tão rá­pi­da e alar­ga­da, sen­do ne­ces­sá­rio afi­nar al­gu­mas ares­tas. As­sim, nes­te mo­men­to, per­mi­ti­mos a qual­quer pes­soa re­gis­tar-se co­mo ven­de­dor na pla­ta­for­ma Bo­li­nhas Ven­de­do­res. Es­ta de­ci­são foi to­ma­da por for­ma a ser pos­sí­vel res­pon­der às ne­ces­si­da­des dos cli­en­tes em tem­po útil. No fu­tu­ro pro­gra­ma­mos va­li­dar se os uti­li­za­do­res têm a res­pe­ti­va li­cen­ça de ven­de­dor am­bu­lan­te. As Bo­li­nhas re­ve­lou-se um óti­mo tes­te de mer­ca­do para uma apli­ca­ção de ven­das ge­or­re­fe­ren­ci­a­das. Ago­ra é ne­ces­sá­rio dar res­pos­ta às ne­ces­si­da­des des­te mer­ca­do em par­ti­cu­lar para que se pos­sa ga­ran­tir uma uti­li­za­ção fiá­vel, com ven­de­do­res am­bu­lan­tes cer­ti­fi­ca­dos.

Que con­tro­lo de qua­li­da­de é que a app tem so­bre os ven­de­do­res?

Nes­te mo­men­to es­ta­mos a tra­ba­lhar nu­ma no­va ver­são on­de se­rá pos­sí­vel ve­ri­fi­car a qua­li­da­de do ser­vi­ço. Es­ta se­rá re­a­li­za­da atra­vés do mo­de­lo de re­vi­ews, se­me­lhan­te às pla­ta­for­mas TripAd­vi­sor e Bo­o­king. Nes­te sen­ti­do, es­ta­mos a pon­de­rar per­mi­tir tan­to o cli­en­te ava­li­ar o ven­de­dor e vi­ce-ver­sa. A nos­so ob­je­ti­vo é ga­ran­tir que a pla­ta­for­ma se­ja se­gu­ra, fá­cil de uti­li­zar e útil, tan­to para quem com­pra, co­mo para quem ven­de.

Qu­al é a gran­de van­ta­gem des­ta apli­ca­ção, para o con­su­mi­dor?

A apli­ca­ção Bo­li­nhas per­mi­te ao cli­en­te uma con­sul­ta sim­ples e in­tui­ti­va dos pro­du­tos dis­po­ni­bi­li­za­dos pe­lo ven­de­dor. O com­pra­dor po­de en­co­men­dar de acor­do com a dis­tân­cia do ven­de­dor e os pro­du­tos dis­po­ni­bi­li­za­dos por es­te. Fi­ca ain­da a sa­ber uma es­ti­ma­ti­va do tem­po de es­pe­ra. As­sim, em vez de ter que fi­car aten­to a ver quan­do e se o ven­de­dor vai pas­sar na sua zo­na, po­de­rá ir dar um mer­gu­lho ou fi­car des­con­trai­da­men­te a ler o jor­nal. Na pers­pec­ti­va do ven­de­dor, pos­si­bi­li­ta optimizar o tem­po de­di­ca­do à ven­da, uma vez que já sa­be o que ca­da com­pra­dor pre­ten­de e as res­pe­ti­vas quan­ti­da­des. Com es­ta so­lu­ção, o ven­de­dor irá ven­der mai­o­res quan­ti­da­des, per­cor­ren­do um me­nor nú­me­ro de qui­ló­me­tros.

Quan­do fa­ço um pe­di­do, não sei os pre­ços das coi­sas. Po­de ha­ver aqui problemas quan­do for para pa­gar?

A fun­ci­o­na­li­da­de já es­tá a ser de­sen­vol­vi­da e a pró­xi­ma ver­são da apli­ca­ção já per­mi­ti­rá ao ven­de­dor co­lo­car o pre­ço de ca­da pro­du­to. No en­tan­to, não ti­ve­mos co­nhe­ci­men­to de qual­quer re­cla­ma­ção ou de­sa­gra­do por par­te dos cli­en­tes por não po­de­rem, até ago­ra, sa­ber an­te­ci­pa­da­men­te os pre­ços.

On­de é que quer che­gar com a Bo­li­nhas? Ser o Uber dos snacks de praia?

O nos­so ob­jec­ti­vo fi­nal pas­sa por che­gar a mais mer­ca­dos, mais ti­pos de pro­du­to e uti­li­za­ções. A ba­se do pro­jec­to é a ven­da ge­or­re­fe­ren­ci­a­da, pe­lo que em bre­ve te­re­mos no­vi­da­des que po­de­rão pas­sar pe­lo re­bran­ding da apli­ca­ção, e in­cluir vá­ri­os itens, co­mi­das, be­bi­das e não só. Fi­quem aten­tos! Te­re­mos al­gu­mas sur­pre­sas bre­ve­men­te.

Ig­ná­cio Cor­reia Res­pon­sá­vel da área de de­sen­vol­vi­men­to da Al­gar­da­ta

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.