DEFEITOS ES­PE­CI­AIS

PC Guia - - CONTENTS - RI­CAR­DO DURAND Editor

O Ri­car­do Durand es­cre­ve so­bre pe­que­nas ir­ri­ta­ções.

Fi­nal de Agos­to é a al­tu­ra que eu es­co­lho pa­ra ti­rar fé­ri­as e afas­tar-me uns di­as da con­fu­são da ci­da­de. É pe­na que al­gu­mas coi­sas tam­bém não ti­rem fé­ri­as e que me con­ti­nu­em a cha­te­ar. Até as nu­me­rei pa­ra is­to fi­car uma be­la e or­de­na­da lis­ta de par­voí­ces. 1 - Te­mos de com­bi­nar qual­quer coi­sa: pois te­mos, nem que se­ja em Agos­to de 2037, já com os nos­sos ne­tos e tu­do. Não va­le a pe­na pro­me­ter se não vai cum­prir. Mas o pi­or mes­mo, mes­mo, é «com­bi­nar um ca­fe­zi­nho». É de fu­gir. 2 - Gru­pos de apos­tas des­por­ti­vas no Fa­ce­bo­ok: se é pa­ra jun­ta­rem num bo­le­tim os jo­gos com as odds mais bai­xas, dei­xem es­tar. As­sim, tam­bém eu abro um gru­po e aju­do as pes­so­as a ga­nha­rem dois eu­ros por dia com os meus pal­pi­tes chei­ros de aná­li­ses de­mo­ra­dís­si­mas por trás. 3 - Cor­tar ao meio as ro­tun­das: os be­bés apren­dem a ga­ti­nhar, a di­zer as pri­mei­ras pa­la­vras, a an­dar e, qual se­ria o pas­so mais ló­gi­co a se­guir? Sa­ber fa­zer uma ro­tun­da co­mo de­ve ser. É in­crí­vel co­mo ain­da há quem saia di­rec­ta­men­te da fai­xa de den­tro pa­ra sair qu­an­do lhes ape­te­ce. 4 - Atra­sos: qu­an­do sei que a mi­nha pre­sen­ça a ho­ras de­pen­de de al­go co­me­çar a ho­ras (co­mo a saí­da de um au­to­car­ro cheio de jor­na­lis­tas pa­ra al­gum la­do), eu che­go mais ce­do que a ho­ra que me pe­dem. Mas há umas aven­tes­mas que se de­vem achar mais que os ou­tros e que atra­sam tu­do. Se fos­se pa­ra apa­nhar um avião, tam­bém se­ria as­sim? Che­gar atra­sa­do a al­gum la­do é uma fal­ta de res­pei­to e só tem uma des­cul­pa: a mor­te da pró­pria pes­soa. 5 - Qu­ei­xas to­dos os anos so­bre os pre­ços dos iPho­nes: mas nin­guém se quei­xa do pre­ço da cer­ve­ja nos fes­ti­vais. Dar 4 eu­ros por uma im­pe­ri­al é per­fei­ta­men­te acei­tá­vel, as­sim co­mo gas­tar 50 paus em co­mi­da e be­bi­da nu­ma noi­te. 6 - Ocu­par es­pa­ço mui­to pró­xi­mo na areia: há prai­as que po­di­am ter 50 qui­ló­me­tros de are­al, mas aque­la fa­mí­lia com os pu­tos a ber­rar, lan­chei­ras pa­ra ali­men­tar uma ex­plo­ra­ção pe­cuá­ria e três cha­péus de Sol es­co­lhe sem­pre as­sen­tar ar­rai­ais a pou­cos me­tros de mim. Cin­co mi­nu­tos de­pois já me sin­to um de­les. E com von­ta­de de dar um ti­ro na ca­be­ça, cla­ro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.