‘LOUCURA’ A CAMINHO NO COMBOIO DA FAMA

Record (Portugal) - - TAÇA DE PORTUGAL - RI­CAR­DO GRANADA

Trans­por­te azul e bran­co es­go­tou em pou­cas ho­ras e vai le­var boa par­te dos mil adeptos até Alvalade

Faltam ain­da al­gu­mas ho­ras pa­ra que a fes­ta da Taça de Portugal se vol­te a re­a­cen­der, mas em Famalicão já não se fa­la de ou­tra coi­sa pa­ra além da des­lo­ca­ção de ama­nhã a Alvalade. De tal for­ma que, por es­tes dias, o lo­cal mais con­cor­ri­do des­ta ci­da­de do dis­tri­to de Bra­ga foi... a se­de do clube, on­de se as­sis­tiu a uma ver­da­dei­ra ‘loucura’: tal co­mo Re­cord tes­te­mu­nhou no lo­cal, em pou­cas ho­ras es­go­ta­ram os cer­ca de 600 in­gres­sos pa­ra o ‘comboio azul e bran­co’, o que levou a direção a re­ser­var mais dois autocarros. Uma en­chen­te que até po­de sur­pre­en­der a mai­or par­te, mas não quem es­tá por den­tro do clube.

RES­POS­TA “ÚNI­CA” DOS LOCAIS LEVOU DIREÇÃO DE JOR­GE SILVA A REQUISITAR OUTROS DOIS AUTOCARROS PA­RA AMA­NHÃ

“Os fa­ma­li­cen­ses dizem sem­pre pre­sen­te qu­an­do cha­ma­dos. O fac­to de o jo­go ser a uma quin­ta­fei­ra con­di­ci­o­nou mui­tos, mas re­ce­be­mos uma res­pos­ta úni­ca. Pou­cos nes­te país têm um amor tão gran­de pelo clube”, con­fi­den­ci­ou ao nos­so jor­nal Jor­ge Silva, pre­si­den­te do Famalicão, que apon­ta pa­ra “pe­los me­nos mil pes­so­as” no rei­no do leão. Uma pro­va de for­ça de um em­ble­ma que con­ta com qua­se se­te mil sócios e que, se­gun­do a es­pe­ran­ça dos res­pon­sá­veis, po­de fun­ci­o­nar co­mo um... pre­nún­cio.

“Os gran­des clu­bes são a sua his­tó­ria, mas também as su­as gen­tes. Fa­ze­mos o nos­so caminho de for­ma tran­qui­la e fir­me, ru­mo ao que pen­so ser a vo­ca­ção na­tu­ral do Famalicão: es­tar en­tre os gran­des. Os in­gre­di­en­tes es­tão cá to­dos”, su­bli­nhou o lí­der.

Mu­da o dis­co e to­ca o mes­mo

O sor­teio da 4ª eli­mi­na­tó­ria di­tou o re­en­con­tro en­tre as du­as equi­pas, pela ter­cei­ra vez nos úl­ti­mos... três anos. Os leões le­va­ram sem­pre a me­lhor nes­ta ‘lei do des­ti­no’, o que de ma­nei­ra al­gu­ma me­no­ri­za a es­pe­ran­ça dos azuis e bran­cos. “Já sa­bía­mos qu­an­do as­sis­ti­mos ao sor­teio! Sem­pre fo­mos mui­to bem tra­ta­dos em Alvalade, tal co­mo sem­pre os re­ce­be­mos bem. Pa­ra os nos­sos atle­tas é um pré­mio e pa­ra os nos­sos adeptos é uma enor­me fes­ta”, vin­cou, antes de dei­xar uma ga­ran­tia, que tem na equi­pa de Jor­ge Jesus o ‘des­ti­na­tá­rio’: “A nos­sa ra­pa­zi­a­da vai to­da de fa­to de ma­ca­co... pa­ra tra­ba­lhar!” *

EN­CHEN­TE. Famalicão es­ta­rá em bom nú­me­ro na des­lo­ca­ção a Alvalade

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.