OTÁVIO VOL­TOU A ME­XER

“É a ter­cei­ra vez que sou fe­liz a en­trar do ban­co. É uma de­mons­tra­ção de for­ça”, vin­ca o cri­a­ti­vo

Record (Portugal) - - NEWS - AN­TÓ­NIO MENDES E PE­DRO MORAIS

Foi o pri­mei­ro a sal­tar do ban­co de su­plen­tes por or­dem de Sér­gio Con­cei­ção e, tal co­mo ti­nha acon­te­ci­do nos Bar­rei­ros, Otávio te­ve to­que de Mi­das. “A equi­pa fez um bom jo­go. É a ter­cei­ra vez que sou fe­liz... a en­trar. Não me qu­e­ro acos­tu­mar a fi­car no ban­co, mas tam­bém é uma de­mons­tra­ção da for­ça do plan­tel!”, de­fen­deu o mé­dio cri­a­ti­vo, dan­do im­por­tân­cia subs­tan­ti­va à ca­pa­ci­da­de de to­do o plan­tel azul e bran­co.

“Sa­bía­mos da qua­li­da­de do Sp. Bra­ga. Es­ta­va di­fí­cil de en­trar. O trei­na­dor op­tou por mim por­que jo­go mais den­tro. Co­ro­na deu mais verticalidade por fo­ra. Fi­ze­mos um bom se­gun­do tem­po e con­se- gui­mos os três pon­tos, que era o mais im­por­tan­te”, ana­li­sou ain­da so­bre o de­cor­rer dos acon­te­ci­men­tos, no que à es­tra­té­gia ado­ta­da pe­los dra­gões diz res­pei­to. É nes­ta sen­da que Otávio quer per­ma­ne­cer, in­di­vi­du­al e co­le­ti­va­men­te, con­for­me afi­an­çou sem es­pa­ços pa­ra qual­quer ti­po de dú­vi­das: “Ago­ra é man­ter es­ta sé­rie de vitórias pa­ra con­ti­nu­ar­mos no pri­mei­ro lu­gar. É on­de que­re­mos

“O TREI­NA­DOR OP­TOU POR MIM POR­QUE JO­GO MAIS DEN­TRO. CO­RO­NA DEU VERTICALIDADE POR FO­RA”, ESCLARECEU

che­gar no fi­nal. Nes­sa al­tu­ra que­re­mos es­tar em 1º lu­gar.” Otávio vol­tou a ser pe­sa­de­lo pa­ra as hos­tes bra­ca­ren­ses co­mo num du­e­lo, em 2015/16, en­tre Sp. Bra­ga e V. Gui­ma­rães (3-3), no qual mar­cou e as­sis­tiu. O trei­na­dor do Vi­tó­ria era Sér­gio Con­cei­ção. *

AR­MA SE­CRE­TA. Sem­pre que sal­ta do ban­co, bra­si­lei­ro tem aju­da­do aos triun­fos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.