Noi­va e bem su­ce­di­da

Bru­na Quin­tas A Sexy Te­en não po­dia es­tar mais sa­tis­fei­ta Aos 20 anos, a ac­triz foi pe­di­da em ca­sa­men­to na bo­da de um fa­mi­li­ar. Con­si­de­ra­da a jo­vem mais sexy do país, bri­lha em du­as sé­ri­es na RTP

TV Guia - - Estrelas - TEX­TO ISA­BEL LARANJO | FO­TOS COFINA ME­DIA

De bem com a vi­da. É as­sim Bru­na Quin­tas, a ra­pa­ri­ga que, aos 20 anos de ida­de, começa a ver sua car­rei­ra, mas tam­bém a sua vi­da pes­so­al, evo­luir e mui­to. Bru­na foi pe­di­da em ca­sa­men­to há du­as se­ma­nas, du­ran­te o en­la­ce de uma pes­soa de fa­mí­lia. O na­mo­ra­do, Ber­nar­do Sil­va, apro­vei­tou o am­bi­en­te da bo­da para lhe en­tre­gar o anel de noi­va­do. “Es­tou mui­to fe­liz por­que as coi­sas es­tão a en­ca­mi­nhar-se to­das e a cor­rer bem”, con­fes­sa Bru­na, à TV Guia, du­ran­te a Ga­la Sexy 20, or­ga­ni­za­da pe­lo jor­nal Cor­reio da Ma­nhã e que te­ve lu­gar no Ca­si­no Es­to­ril.

Nes­sa noi­te, Bru­na tam­bém te­ve pa­pel de des­ta­que. Su­biu ao pal­co após ven­cer a ca­te­go­ria Sexy Te­en, sen­do con­si­de­ra­da a mu­lher mais sexy da sua ge­ra­ção. “Fi­co um bo­ca­di­nho ner­vo­sa com es­tas coi­sas e nem sei mui­to bem o que di­zer... Acho que to­das as mu­lhe­res que es­ta­vam no­me­a­das era mui­to bo­ni­tas e qual­quer uma de nós me­re­cia ga­nhar o pré­mio. Cla­ro, que fi­co mui­to con­ten­te, sa­be sem­pre bem. Mas ga­ran­to que a mi­nha mãe e a mi­nha avó não vo­ta­ram em mim”, brin­ca.

OS MEDOS NO RIO DE JA­NEI­RO

Bru­na Quin­tas fez a sua gran­de es­treia com a sé­rie in­fan­to-ju­ve­nil Mo­ran­gos com Açú­car. Ti­nha 11 anos e mui­tos so­nhos pe­la fren­te. “Gu­ar­do mui­to bo­as me­mó­ri­as. Foi um ano pu­xa­do, can­sa­ti­vo mas co­nhe­ci pes­so­as ex­tra­or­di­ná­ri­as, com quem ainda man­te­nho con­tac­to… Foi mui­to bom!”, re­cor­dou, nu­ma en­tre­vis­ta re­cen­te. Só que os anos pas­sam ve­lo­zes e ho­je Bru­na tem um pa­pel ca­da vez mais des­ta­ca­do na fic­ção na­ci­o­nal. Além da te­le­vi­são tam­bém já fez ci­ne­ma e es­tá sem­pre pron­ta para no­vos de­sa­fi­os. Os es­pec­ta­do­res po­de­rão ago­ra vê-la em du­as sé­ri­es, da RTP1: A Cri­a­ção e País Ir­mão. Nes­ta, com pro­du­ção de Le­o­nel Vi­ei­ra, dá vi­da a Ni­ni. “Uma jo­vem que quer mui­to ser ac­triz e que tem a pos­si­bi­li­da­de de en­trar nu­ma sé­rie”, ex­pli­ca, à TV Guia. A ac­triz in­te­grou o gru­po do elen­co que te­ve de se des­lo­car até ao Rio de Ja­nei­ro, para gra­var al­gu­mas ce­nas. Na “Ci­da­de Ma­ra­vi­lho­sa” to­mou “cui­da­do” para não se por “em si­tu­a­ções de ris­co”.

O Rio es­tá ou­tra vez a vi­ver um pe­río­do con­tur­ba­do nas ru­as, com mui­ta vi­o­lên­cia, al­go que ti­nha acal­ma­do no ano pas­sa­do, por oca­sião dos Jo­gos Olím­pi­cos. “Não va­mos para lá sem saber o que va­mos en­con­trar. E is­so já nos dei­xa com me­do an­tes de ir. De res­to, é uma si­tu­a­ção di­fe­ren­te, não po­de­mos an­dar com te­le­mó­veis à mos­tra, por exem­plo, mas aca­ba­mos por nos ha­bi­tu­ar”. A vi­a­gem ser­viu, tam­bém, para es­trei­tar la­ços com os co­le­gas. “Ao fi­nal do dia não va­mos para ca­sa. Va­mos con­vi­ver, num am­bi­en­te to­tal­men­te di­fe­ren­te e co­nhe­ce­mo-nos de ou­tra for­ma”.

NA INTIMIDADE

“Es­tou mui­to fe­liz por­que as coi­sas es­tão a en­ca­mi­nhar-se to­das e a cor­rer

bem”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.